Anistia Internacional repudia manifestações pró-Regime Militar

A Anistia Internacional repudia qualquer manifestação que tenha por objetivo pedir a volta do Regime Militar que se instalou de 1964 a 1985, no Brasil. O Golpe Militar deu início a um período de exceção, marcado por graves violações de direitos humanos, como direito à vida, direito à dignidade humana, à liberdade de associação, à liberdade de expressão, entre outros.

Da Anistia Internacional 

Divulgação/Anistia Internacional

“Em um momento de crise global, em que todos os brasileiros precisam de um governo que enfrente à crise da COVID-19 e garanta o acesso à assistência médica de forma ampla, sem deixar nenhum cidadão para trás, fazer memória do Regime Militar e defender seu retorno é um enorme retrocesso. Expõe o cidadão brasileiro a violações de direitos humanos fundamentais garantidos pela Constituição de 1988. Não podemos esquecer que durante o Regime Militar torturas, estupros, assassinatos, cassações de direitos políticos e desaparecimentos forçados foram praticados por agentes do Estado que tem o dever de proteger toda a população, independente de seu posicionamento político e ideológico. É grave que o presidente Jair Bolsonaro participe de manifestações que exaltam o Regime Militar, pois ele deve dar exemplo de garantias de direitos para todos os brasileiros e brasileiras”, afirma Jurema Werneck, diretora-executiva da Anistia Internacional Brasil.

 

Leia Também:

A Passeata dos 100 mil foi ‘um dia glorioso para os brasileiros’

Como explicar pra minha filha pequena homens defendendo ditadura?

+ sobre o tema

Sabesp vai compensar 750 mil clientes que ficaram sem água

A Sabesp disse ontem que compensará as 750 mil...

Pela primeira vez, convenção democrata quer abordar casamento gay

Pela primeira vez, convenção democrata quer abordar casamento gay   WASHINGTON,...

Filme francês que debocha de clichês racistas bate recorde de bilheteria

Cíntia Cardoso O roteiro é simples. Um casal francês conservador...

Rede criada na França reúne brasileiros que se sentem ameaçados pelo governo Bolsonaro

Grupo criado em Paris reúne acadêmicos, estudantes e representantes...

para lembrar

Dilma diz que vai encarar segundo turno com muita garra e energia

Acompanhada da coordenação de sua campanha...

Dois presos, duas medidas II

Aconteceu novamente. acontece o tempo todo. acontece em todo...

CIA financiou Igreja em marchas pró-golpe militar, diz Frei Betto – Por: Guilherme Balza

  Frei Betto é sempre lembrado quando o assunto...

Decreto prorroga execução do Programa Luz para Todos até o fim de 2011

Decreto publicado nesta quarta-feira no Diário Oficial da...

Mulheres negras representam 62% das vítimas de feminicídio no Brasil, aponta Anistia Internacional

A escalada da violência contra a mulher em todo o Brasil é um dos alertas contidos no novo relatório da Anistia Internacional. A organização...

8 de março e o Dia Internacional da Mulher

Eva Alterman Blay Professora Emérita FFLCH/USP 04/03/2023 E de repente é 8 de março novamente! O que fizemos nos últimos amargos 4 anos, como o comemoramos¿ Tenho múltiplas...

Política social do governo para mulheres fracassa

Por ignorância, incompetência, má-fé — ou tudo isso junto —, o governo de Jair Bolsonaro tem imensa dificuldade de acertar na política social. Por isso, para...
-+=