Ao menos 26 mil moradores de rua tiveram auxílio emergencial negado

Enviado por / FonteRevista Fórum

Pelo menos 26 mil brasileiros em situação de rua, inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal, tiveram o acesso ao auxílio emergencial negado. O número representa quase 20% dos 144,5 mil moradores de rua que estão inscritos na plataforma.

Desse total, segundo reportagem do Metrópoles, o auxílio de R$ 600 foi pago a 118,6 mil cidadãos. O número de pessoas em situação de rua e que não receberam o auxílio, no entanto, pode ser ainda maior, já que nem toda essa população está no CadÚnico.

Auxílio Emergencial Negado

Levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) publicado em junho estima que a população em situação de rua chegou a quase 222 mil pessoas em março de 2020.

Uma grande parte dos brasileiros nessa condição, portanto, não estão no CadÚnico. Eles precisariam de um celular, computador ou da ajuda de outra pessoa para solicitar o benefício, já que o acesso ao programa é quase completamente virtual.

+ sobre o tema

Saiba quem são os deputados que propuseram o PL da Gravidez Infantil  

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12), a...

Com PL do aborto, instituições temem mais casos de gravidez em meninas

Entre 1º de janeiro e 13 de maio deste...

‘Criança não é mãe’: manifestantes em todo o Brasil protestam contra PL da Gravidez Infantil

Diversas cidades do país receberam na noite desta quinta-feira...

para lembrar

G20: Brasil debaterá situação econômico-financeira mundial

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai a...

Eutanásia: Um dia para morrer – a discussão no Brasil

Por camila Brittany Maynard disse que se suicidaria hoje, 1°...

Obama lá, e aqui?!

E no Brasil, quando vamos ter um(a) presidente(a) da...

Partido indica mulher negra para presidência

São Paulo (Brasil) – O Comitê Central do...

É sórdido condenar vítima de estupro por aborto

É sórdido e apequena a política o Projeto de Lei que ameaça condenar por homicídio meninas, jovens e mulheres que interromperem gestações, ainda que...

Geledés repudia decisão da Câmara sobre aborto

Geledés – Instituto da Mulher Negra vem a público manifestar sua indignação e repúdio à decisão da Câmara dos Deputados, aprovada nesta terça-feira, 12,...

Mulheres vão às ruas contra PL que equipara aborto a homicídio; confira locais dos atos

Mulheres vão às ruas de diversas partes do país em protesto contra o avanço, na Câmara dos Deputados, do projeto de lei que equipara...
-+=