sexta-feira, janeiro 27, 2023
InícioQuestão RacialCasos de RacismoApós assédios, Kevin Spacey é acusado de racismo por equipe de série

Após assédios, Kevin Spacey é acusado de racismo por equipe de série

Demitido da série House of Cards após as acusações de assédios sexuais cometidos contra atores, Kevin Spacey voltou a ser alvo de denúncias. Em novembro, ele foi fotografado em uma clínica de reabilitação de luxo no Arizona para se tratar do vício em sexo.

Da Revista Quem

Foto: Getty Image

Segundo matéria do Daily Mail, integrantes da equipe de House of Cards acusam Spacey de preconceito racial. De acordo com os depoimentos, ele teria usado a palavra “preto” para se referir a funcionários negros que, a pedido de Spacey, foram proibidos de assistir ao trailer do programa.

A declaração foi de Earl Blue, gerente de uma empresa de segurança que, ao levar o problema à produção da série, ouviu que “é assim mesmo que acontece” e que nada poderia ser feito contra o ator.

Blue ainda afirmou ao Daily Mail que o contrato de 1,1 milhão de dólares não foi renovado com a VIP Protective Services, apesar da insistência dos produtores de House of Cards. Eric Lyles, funcionário de Blue, ainda contou que Spacey se recusou a cumprimentar com apertos de mão todos os funcionários negros da equipe de segurança do set.

ASSÉDIO SEXUAL
Spacey foi acusado de assediar vários homens. Um foi o ator Anthony Rapp, que disse que Spacey, à época com 26 anos, subiu em cima dele, que tinha apenas 14 anos. Spacey disse que não se lembra do ocorrido. Um ator da Broadway também afirmou à emissora BBC que, quando tinha 17 anos, acordou com Spacey deitado sobre sua barriga.

Já o ator mexicano Roberto Cavazos disse que Spacey convidava homens para discutir sua carreira e transformava as reuniões em piqueniques regados a champanhe. Um quarto homem, o diretor Tony Montana, também acusa Spacey de abuso sexual.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench