terça-feira, outubro 4, 2022
InícioSem categoriaArísia Barros recebe homenagem da Câmara de Vereadores de Piracicaba

Arísia Barros recebe homenagem da Câmara de Vereadores de Piracicaba

A coordenadora do Projeto Raízes de Áfricas representante do movimento social negro alagoano, professora Arísia Barros recebe no próximo dia 04 de novembro (quinta-feira) homenagem do legislativo municipal com a entrega da Moção de Aplauso pela Câmara Municipal de Piracicaba, São Paulo.

A moção aprovada na reunião ordinária de dia 18 de outubro é uma iniciativa dos vereadores piracicabanos, João Manoel dos Santos (PTB) e Bruno Prata (PSDB) e tem como objetivo parabenizar a idealizadora do I Ciclo Nacional de Conversas Negras: “Agosto Negro ou o Que a História Oficial Ainda Não Conta”, realizado em Maceió, Alagoas, no período de 24 a 26 de agosto, na Federação das Indústrias do Estado de Alagoas, parceira na realização.

O Ato Solene que terá transmissão ao vivo pela TV Câmara, canal 08 da Net e pela rede mundial de computadores, no site www.camarapiracicaba.org.br, será realizado, no expediente da reunião ordinária, às 19h30, com a leitura do texto da Moção, ou seja, o conteúdo da Carta de Maceió, acrescido do reconhecimento e felicitações da Câmara de Vereadores pela idealização e realização do I Ciclo Nacional de Conversas Negras que reuniu em Alagoas, diversos estados e ganhou projeção nacional e até internacional.

A Moção de Aplauso destaca a importância de parcerias, principalmente do setor empresarial, a exemplo da Federação das Indústrias em Alagoas, entre outras, na realização do Primeiro Ciclo Nacional de Conversas Negras.

O I Ciclo O I Ciclo Nacional de Conversas Negras: Agosto Negro ou o Que a História Oficial Ainda Não Conta, foi uma ação conjunta do movimento social alagoano/ Projeto Raízes de Áfricas, Ministério de Educação, Ministério da Igualdade Racial, Federação das Indústrias do Estado de Alagoas, Caixa Econômica Federal, BRASKEM, organismos governamentais e não governamentais, como o Instituto Magna Mater, entre outros e objetivou debater temas estratégicos na contemporaneidade fundamentados nos diversos tratados, convenções e pactos internacionais de defesa dos direitos humanos e de combate a todos os tipos de preconceito, discriminação e racismo dos quais o Brasil é signatário.

O II Ciclo está previsto para acontecer na cidade de Piracicaba, São Paulo, de 25 a 27 de agosto de 2011.

Audiência Pública, em Piracicaba, lança oficialmente a continuidade do I Ciclo de Conversas Negras

Acontece dia 04 de Novembro, das 14h00 às 16h00, Audiência Pública para o lançamento do II Ciclo Nacional de Conversas Negras e abertura oficial das atividades alusivas ao Mês da Consciência Negra, com destaque à adoção de políticas afirmativas implantadas em Piracicaba e suas perspectivas para 2011, Ano Internacional dos Afro descendentes em data instituída pela Assembléia Geral das Nações Unidas – ONU.

A audiência convocada através do requerimento (436/10), de autoria do presidente da Câmara Municipal de Piracicaba, José Aparecido Longatto (PSDB), será realizada no salão nobre Prof. Helly de Campos Melges, Rua Alferes José Caetano, 834, Câmara de Vereadores, em Piracicaba, São Paulo.

Terá transmissão ao vivo pela TV Câmara, canal 08 da Net e pela rede mundial de computadores, no site www.camarapiracicaba.org.br.

Segundo Arísia Barros, idealizadora do I Ciclo “a iniciativa da cidade de Piracicaba em encampar a proposta de continuidade de uma ação nascida em Alagoas, berço do herói negro Zumbi dos Palmares estabelece a certeza que o movimento negro alagoano permanece em movimento. Movimento de agregar novas forças para que ocorra a unidade visando uma ação mais integradora na proposta de visibilizar a promoção das políticas para igualdade racial”.

Participam da audiência representações negras do país, dentre elas José Eduardo da Silva, Assessor Especial de Políticas para Igualdade Racial, da Prefeitura de Goiânia, Ailton Ferreira,Secretário Municipal da Reparação, Salvador, Alessandra Macedo, assessora da Assessoria Especial de Políticas para Igualdade Racial, da Prefeitura de Goiânia,representante do Ministério da Igualdade Racial, entre outras entidades civis e governamentais que militam na área de defesa dos direitos humanos

No requerimento, o presidente José Aparecido Longatto convoca integrantes dos poderes e instituições de Piracicaba : o Procurador Geral do Município, Milton Sérgio Bissoli; o Secretário Municipal de Defesa do Meio Ambiente, Rogério Vidal; o Diretor Presidente do Instituto de Pesquisas e Planejamento de Piracicaba- IPPLAP, Dr. João Chaddad; o Secretário de Governo; o Comandante da Guarda Civil Municipal de Piracicaba, Capitão Silas Romualdo; o Secretário de Turismo, Omir José Lourenço; a Secretária da Ação Cultural, Rosângela Camolese; a Secretária de Desenvolvimento Social, Maria Angélica Guércio; o secretário municipal de Educação; Gabriel Ferrato; o secretário municipal de Saúde, Fernando Cárdenas. Alem de convidar o prefeito municipal de Piracicaba, Dr. Barjas Negri; o Presidente da Associação Comercial e Industrial de Piracicaba – ACIPI; o Presidente do Sindicato Patronal das Indústrias do Estado se São Paulo – SIMESP; o Presidente do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo – CIESP e o Presidente da Federação das Indústrias de São Paulo; o Centro de Documentação, Cultura e Política Negra; UNIMEP, núcleo NECAB; Casa do Hip Hop; Vila África, Projeto Capoeira na Periferia; Pastoral do Negro de Piracicaba, Diretora da Nova Biblioteca, Engenho Central, Museu da Água, Esalq/Cena, Irmandade de São Benedito. Secretaria Estadual da Cultura, Casa das Rosas – Museu Afro, Conselho Estadual do Negro, OAB-Piracicaba, APEOESP, Associação Paulista de Medicina – APM, FOP – Faculdade de Odontologia, Faculdades Anhanguera, Faculdade de Serviço Social, Fundação Municipal de Ensino, FATECs e ETECs, Diretoria Regional de Ensino, Colégio Dom Bosco, Anglo, Liceu, Metropolitano, CLQ Cursinho, Casa de Batuqueiro – Wanderlei Bastos; SIEMACO, SESI, SENAI, SESC – Adriano, CIEE, Clubes: Cristovam Colombo, Coronel Barbosa, Italo, Clube Banco do Brasil, Clube da Caterppilar, Naut Clube, Historiadora Marly Perecin, APAP – Margarete Zenero, Conselho Municipal de Turismo, Conselho Municipal do Idoso, Conselho Municipal do Jovem e Adolescente, Associação dos Aposentados, Escola de Música Ernest Mahle, Órgãos de imprensa: Jornal de Piracicaba, A Gazeta de Piracicaba, A Tribuna Piracicabana, Rádio Difusora, Educativa FM, Rádio Educadora, Onda Livre, site A Província – Cecílio Elias Neto; Gabinetes Vereadores (16), Sindicato dos Municipais, Sindicato dos Metalúrgicos, Diocese, na pessoa do Monsenhor Jamil, Instituto Histórico e Geográfico; Museu Prudente de Morais, na pessoa de Antonia Sachs Mendes (diretora), Museu Martha Wats, Centro de Pesquisa Prof. Amir Maia, sétimo andar edifício Domo; Coral Yawhé, Grupo de Oficinas Literárias de Piracicaba, na pessoa de Ivana Negri; Clube dos Escritores de Piracicaba – Carlos Moraes Júnior; Clube Literário de Piracicaba; Academia Piracicabana de Letras; Sociedade Beneficente Sírio Libanesa; Zanzibar; Conespi (Departamento de Etnia e Raça); OAB-Piracicaba, Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo – Diretoria Regional.

Fonte: Além Temporal

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench