As mulheres e a choupana

Para que você entenda a história, peço para que deixe o máximo que possas fora da roda.
Se possível traga a alma da criança curiosa, daquela que não se preocupa com a lógica.
Senta-se, fique de cócoras, deite-se no chão, fique à vontade.
Já viste um pau de fita? A música é mais ou menos assim.
Cada uma recebe os primeiros raios do sol do jeito que lhe cabe;
Uma pegam a trouxa de roupa e vai a fonte;
Outras esquentam a água para o café e a preparam o de comer aos seus;
Algumas só a água barrenta tem para cozinhar os últimos grãos de feijão
Outras se dirigem para a condução, precisam esquentar a panela dos outros
Outras não chegarão a tempo de pegar seus filhos acordados seja do sono da noite ou da morte
E já se preparam para um novo labor, dia aqui outro acolá

Cada uma na sua luta, trazem a marca comum do parir,
Sejam os seus ou das outras
Todas sabem cantar cantigas que na maioria das vezes não chegam a tempo de nanar os seus
Só que hoje uma delas canta outra música
Esta também é ensaiada todos os dias
E diariamente esperança-se em não executa-la
O canto da morte é o que mais lhe perseguem

A peça esta armada, todos o cenário está a postos
Choupana, velas, lágrimas, corpo, braços entrelaçados
O treino diário não tira o nervosismo da estreia,
Sempre será dolorido velar um filho
Para estas que já parem nascidos mortos não é menos difícil
Todas esperançam criar, crescer, amadurar e florir
Mas não desta vez. Novamente.

Escutem, alguém chega para entrar no coral
A voz destoa,
Por mais que a natureza se esforce para nos igualar na maternidade
Aqui nesta choupana seu timbre não compõe o cantar.
Não este cantar
Nos dê licença
Se não podes cantar o cântico do criar e do zelar, não poderás cantar o do despedir.
Três batidas no couro do tambor, o som nasalizado, monossilábico embala os corações
As almas
No centro está a que mais sofre
No segundo escalão as que lhe acodem
E a terceira faixa as que vigiam
Elas cuidam da porta da choupana
Ali só entra quem o canto cantar sabe
Eu também aprendi a cantar este canto
E você ?

É essa a história!
-E o pau de fita?
Depois desta dança, mas uma figura no pau se forma
Cada um continua com a sua fita, seguindo o ritmo na sua solidão.
-Que linda, elas são coloridas….
Por isso contei esta história a uma criança, ela vê a cor e não rima com dor.


+ sobre o tema

Representatividade negra importa

Frederick Douglass, W.E.B Du Bois, Rosa Parks, Toni Morrison, Audre Lorde,...

para lembrar

Mulheres quebram barreira do preconceito e fazem grafite nas ruas de Salvador

Cada uma delas tem uma historia diferente, mas o...

Mulheres são líderes mais eficientes

Em pesquisa que analisa critérios de liderança, mulheres são...

OMC terá 1ª mulher no comando após disputa entre nigeriana e sul-coreana

Duas mulheres, a nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala e a sul-coreana...
spot_imgspot_img

Direito ao voto feminino no Brasil completa 92 anos

As mulheres são atualmente 52% do eleitorado brasileiro, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Apesar de serem maioria, há menos de um século  elas...

De 2,1 milhões inscritos no concurso público nacional, 56% são mulheres e maioria está na faixa até três mínimos

O Concurso Público Nacional Unificado (CPNU), também chamado de “Enem dos concursos”, teve 2.144.435 inscrições confirmadas, sendo 1.543.560 pagantes e 600.875 isentos. De acordo...

Miss é eliminada por ser mãe. Em que ano estamos?

Elas precisam ser lindas, altas e magras. Além disso, é necessário que tenham entre 17 e 27 anos, não sejam casadas e não tenham...
-+=