As Mulheres Negras – Eu vos agradeço

A Benção a minha ancestralidade, aos que vieram antes de mim e aos mais velhos.

Venho pensando a dias como transformar os meus pensamentos, as minhas inquietudes em palavras, sempre me pergunto o porque as pessoas taxarem as mulheres negras que tem postura, ética, senso crítico, opinião de “grosseiras”, “estressadas”, “raivosas”, “intransigentes”? Quando essas mesmas características são colocadas a uma mulher branca, elas são taxadas de “assertivas”, “pessoas com credibilidade”, “postura”, “que tem opinião” etc, quando foi/é que uma mulher negra deixa/deixou de ser assertiva na educação de seus filhos ou na maneira que atua em sua profissão? Quando é/foi que a mulher negra deixa/deixou de ter credibilidade ao trazer dados e informações dentro do expertise dela? Quando é/foi que a mulher negra não tem/teve postura ao se pronunciar? A mulher negra não tem a obrigação de continuar na subserviência, a mulher negra está na base da pirâmide, mas é ela que movimenta toda a sua estrutura, a mulher negra de personalidade herdou de seus ancestrais, herdou de suas mais velhas, a coragem para nunca desistir, tivemos que sobreviver a dores físicas e psicológicas durante o processo escravocrata, tiraram nossos filhos, como continuam a tirar até hoje, roubaram nossas famílias, como continuam a roubar até hoje, somos mulheres que fazemos milagres por onde passamos, mas a sociedade precisa entender que haverá vários tipos de mulheres negras e normalmente aquelas que saem para a luta, que se expõem, que compram como dizem “a briga”, terão posturas de ação, de assertividade, de credibilidade, de opinião, são mulheres que abdicaram muitas vezes dos seus quereres em prol do querer coletivo, são mulheres que sabem exatamente o que querem e como querem, e também sabem o que não querem, parem de nos taxar, apenas nos acompanhem, parem de nos pré julgar, apenas nos deem as mãos, parem de nos isolar, apenas nos incluam, parem de nos calar, apenas ouçam. Essas mulheres negras que sabem o que querem e também o que não querem tem muito a nos ensinar, tem muito a nos dizer, tem muito a nos oferecer.

Eu agradeço por conhecer muitas mulheres negras que sabem o que querem e onde querem chegar, pois elas me inspiram a traçar o mesmo caminho.


** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE. 

+ sobre o tema

Mulheres negras e o direito ao amor: entre escolher e ser escolhida

Conversava com um amigo italiano esses dias e ele...

Alisamento, corte químico, tranças e turbantes: Do processo racista ao coroamento estético-racial

Eu sou Lorena Lacerda (@lorenlacre): mulher, negra, cis, soteropolitana...

Não seja tão dura com você! Um texto de amor em tempos tão difíceis

Nós não estamos vivendo tempos fáceis e normais e,...

Musas Negras: raça, gênero e classe na vida de Gilka da Costa Machado

Em 2018 assistimos ao florescer da maior campanha popular...

para lembrar

Articulações negras importam

Em um cenário marcado por uma crise de caráter...

Lima Barreto, a escrita de um eterno indignado!

O Brasil é um país caracterizado por enormes contradições...

Miss Oginia

o caso do espancamento de Luiza Brunet, agredida covardemente...

A legalidade das ações afirmativas

Após a divulgação do processo seletivo para a contratação de trainee da empresa Magazine Luiza, alguns questionamentos e posicionamentos bastante polarizados acerca da legalidade...

A cultura dos concursos de Miss e os 30 Homens sobre nossos corpos

O concurso de miss, diversas vezes atacados pelas mais diversas gerações de feministas, continua a causar alegrias de entusiastas, comemorações e comentários entre os...

A Espanha é um lugar racista?

vini jr, com a sua coragem e inteligência, deu um drible desconcertante nos racistas espanhóis. ele expôs todos eles para o mundo todo. em um tuíte...
-+=