terça-feira, outubro 4, 2022
InícioQuestão RacialAtivistas negros interrompem discurso de Hillary Clinton no sul dos EUA

Ativistas negros interrompem discurso de Hillary Clinton no sul dos EUA

Ativistas afro-americanos do grupo “Black Lives Matter” (“Vidas Negras Importam”, em tradução livre) interromperam momentaneamente nesta sexta-feira (30) um discurso da pré-candidata do Partido Democrata às eleições presidenciais dos Estados Unidos, Hillary Clinton, em Atlanta, no sul do país.

Do Uol 

A ex-secretária de Estado pronunciava um discurso em uma histórica universidade negra da cidade mais populosa da Geórgia quando os manifestantes a interromperam com os gritos de “vidas negras importam”, um slogan criado para protestar contra a violência policial dirigida aos afro-americanos.

“Sim, (as vidas dos negros) importam, e vou a falar sobre isso em um minuto”, respondeu Hillary aos manifestantes em um primeiro momento, mas, ao ver que os protestos não cessavam, a pré-candidata tentou prosseguir com seu discurso.

As palavras de ordem se repetiram durante aproximadamente 15 minutos e foram respondidas por outras de apoio a Hillary até que os manifestantes foram escoltados para fora da sala.

“Eu me reuni com ativistas do grupo ‘Black Lives Matter'”, disse Hillary, “agradeço sua paixão, mas lamento que não escutem, porque ofereço soluções para as questões que eles estão reivindicando”, acrescentou.

O “Black Lives Matter”, um movimento criado por causa dos incidentes de violência policial contra os negros nos EUA, como as mortes de Michael Brown (Ferguson), Eric Garner (Nova York) e Freddie Gray (Baltimore), está tendo um papel crucial nas primárias democratas para as eleições presidenciais.

Ativistas desse grupo também interromperam e, em alguns casos, chegaram a impedir, discursos de outros pré-candidatos democratas como o senador por Vermont, Bernie Sanders, e o ex-governador de Maryland, Martin O’Malley.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench