Ativistas negros interrompem discurso de Hillary Clinton no sul dos EUA

Ativistas afro-americanos do grupo “Black Lives Matter” (“Vidas Negras Importam”, em tradução livre) interromperam momentaneamente nesta sexta-feira (30) um discurso da pré-candidata do Partido Democrata às eleições presidenciais dos Estados Unidos, Hillary Clinton, em Atlanta, no sul do país.

Do Uol 

A ex-secretária de Estado pronunciava um discurso em uma histórica universidade negra da cidade mais populosa da Geórgia quando os manifestantes a interromperam com os gritos de “vidas negras importam”, um slogan criado para protestar contra a violência policial dirigida aos afro-americanos.

“Sim, (as vidas dos negros) importam, e vou a falar sobre isso em um minuto”, respondeu Hillary aos manifestantes em um primeiro momento, mas, ao ver que os protestos não cessavam, a pré-candidata tentou prosseguir com seu discurso.

As palavras de ordem se repetiram durante aproximadamente 15 minutos e foram respondidas por outras de apoio a Hillary até que os manifestantes foram escoltados para fora da sala.

“Eu me reuni com ativistas do grupo ‘Black Lives Matter'”, disse Hillary, “agradeço sua paixão, mas lamento que não escutem, porque ofereço soluções para as questões que eles estão reivindicando”, acrescentou.

O “Black Lives Matter”, um movimento criado por causa dos incidentes de violência policial contra os negros nos EUA, como as mortes de Michael Brown (Ferguson), Eric Garner (Nova York) e Freddie Gray (Baltimore), está tendo um papel crucial nas primárias democratas para as eleições presidenciais.

Ativistas desse grupo também interromperam e, em alguns casos, chegaram a impedir, discursos de outros pré-candidatos democratas como o senador por Vermont, Bernie Sanders, e o ex-governador de Maryland, Martin O’Malley.

+ sobre o tema

Ato político-cultural em SP lembra morte de Cláudia Ferreira

Organizações de mulheres negras de São Paulo fazem na...

MP denuncia jornalista por crime de racismo

O Ministério Público de Minas Gerais (MP) denunciou, por...

Quando começaremos a punir os crimes de racismo na internet?

Por motivos de economia de caracteres, racismo e injúria...

para lembrar

Copa do Mundo: Árbitros podem suspender jogos em caso de racismo

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, falou sobre assuntos...

Foto de menina negra sobre representatividade recebe milhares de comentários racistas

Garota foi atacada por uma enxurrada de comentários preconceituosos;...

Moscou: A democracia e o nazismo são incompatíveis

A 19 de janeiro à noite, um comício antinazista...
spot_imgspot_img

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...

Criança não é mãe

Não há como escrever isto de forma branda: nesta quarta-feira (12), a Câmara dos Deputados considerou urgente discutir se a lei deve obrigar crianças vítimas de estupro à...
-+=