Ator Terrence Howard acusa ex-mulher de racismo

De acordo com o ator, Michelle Ghent sempre o chamava de “macaco” e “preto” durante as inúmeras brigas do casal

O ator Terrence Howard alega que sua ex-mulher — de quem pediu separação em janeiro de 2011 depois de um ano de casados — seja racista. De acordo com o ator, Michelle Ghent sempre o chamava de “macaco” e “preto” durante as inúmeras brigas do casal. A informação é do site TMZ.

O casal está no meio de um divórcio turbulento, com um acusando o outro de atos de violência e ódio. Esta semana, Howard anexou declarações ao processo em que diz que a ex-mulher mudou de “amável” para “monstro”, tendo inclusive o ameaçado de morte uma vez.

Nos documentos, Terrence ressalta que Michelle não é negra e não exitava em se utilizar da raça para humilhá-lo.

No começo de dezembro, o ator foi acusado de agressão e obrigado a manter distância da ex-mulher até 17 de janeiro de 2012, quando uma nova audiência será realizada.

Em setembro deste ano, vazou na internet uma ameaça que Howard fez por telefone a uma estranha que havia passado trotes para sua então mulher. “Se você ligar para a minha mulher de novo eu vou até a sua casa e vou cortar sua garganta. Vou dizer apenas uma vez. Se você ligar para minha mulher de novo, vou te matar”, disse o ator.

Terrence Howard atua na série “Law & Order”, participou de “Homem de Ferro” e já foi indicado ao Oscar de melhor ator pelo filme “Ritmo de um Sonho”.

Fonte: A Crítica

+ sobre o tema

Governo deixou cota para negros sem defesa no TJ

RIO - A votação realizada no Órgão Especial do...

Racismo no Orkut vai parar na Justiça

MP Federal de Jales entrou com ação em que...

Mackenzie volta a expulsar aluno que falou em morte de ‘negraiada’ nas eleições

Desligamento de estudante estava suspenso desde janeiro por decisão...

para lembrar

Neonazistas brasileiros saem da toca?

Antropóloga aponta principais características dos grupos neonazistas no Brasil,...

Caminhos da Reportagem recebe Menção Honrosa do Prêmio Vladimir Herzog

“A Pele Negra”, episódio do programa Caminhos da Reportagem,...

Bebê que ganhou na Justiça direito a nome africano é registrado na Baixada

Agora é oficial. Makeda Foluke de Paula da Silva....

A cada 60 horas, uma ocorrência de racismo é registrada em Minas Gerais

  Valquiria Lopes Foram 147 ocorrências de racismo...
spot_imgspot_img

Universidade, excelência e compromisso social

Em artigo publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, no dia 15 de junho, o professor de literatura geral e comparada da Unicamp, Marcos...

Mobilizações apontam caminho para enfrentar extremismo

As grandes mobilizações que tomaram as ruas das principais capitais do país e obrigaram ao recuo dos parlamentares que pretendiam permitir a condenação de...

Uma pessoa negra foi morta a cada 12 minutos ao longo de 11 anos no Brasil

Uma pessoa negra foi vítima de homicídio a cada 12 minutos no Brasil, do início de janeiro de 2012 até o fim de 2022....
-+=