Azealia Banks é vítima de racismo e agressão por Russell Crowe em festa

A noite do último sábado, 15, não foi nada agradável para Azealia Banks. Apesar disso, a interprete de “Ice Princess” não deixou-se calar pela violência que sofreu na última noite, em uma festa na casa do ator Russell Crowe, famoso por seus papéis em “Uma Mente Brilhante” (2001), “Robin Hood” (2010) e “Noé” (2014).

Por Matheus Navas, do Portal Famosos 

Na sua página oficial do Facebook, Banks denunciou o caso de racismo por parte do ator. “Recapitulando a minha noite, fui em uma festa na suíte do Russell Crowe em que ele me chamou de preta (no sentido pejorativo), me sufocou, me jogou para fora e cuspiu em mim.”, desabafou com seus seguidores.

Indefesa, Azealia também relatou que os homens que estavam presentes no local não se manifestaram diante das ações de Russell e que se sentiu maltratada e sozinha sem ninguém para defende-lá. “A noite passada foi uma das mais difíceis para dormir em um longo tempo. Os homens que estavam lá deixaram isso acontecer comigo. Me sinto péssima hoje. Estou muito pra baixo e me sinto maltratada, sozinha e depressiva agora. E fraca pra caralho. Queria ter alguém para bater nele por mim. Quero morrer.”  – finalizou Banks.

Nos comentários, fãs e seguidores mandam mensagens de apoio e carinho a rapper. Ainda não há informações se Azealia Banks tomou medidas legais contra o ator.

Tradução: Azealia Banks Brasil.

Leia Também:

Precisamos falar sobre o histórico de agressão das estrelas e Hollywood

+ sobre o tema

Representatividade negra importa

Frederick Douglass, W.E.B Du Bois, Rosa Parks, Toni Morrison, Audre Lorde,...

para lembrar

Ator é vítima de racismo durante espetáculo:’Isso não pode ficar impune’

Uma espectadora interrompeu a peça e deu uma banana No...

Grupo antirracismo critica apoio do Liverpool a Suárez

Um grupo que realiza campanhas contra o racismo no...

Minas registra um novo caso de racismo a cada 22 horas e 16 minutos

Expressivo, número de crimes raciais levados aos tribunais está...

Austrália propõe mudar lei, mas aborígenes querem mudança real

Por: Liz Lacerda Alison Golding tinha 10 anos...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=