Beyoncé e Jay-Z não descartam adotar crianças africanas

Enviado por / FonteDo Fuxico 

Beyoncé e o marido Jay-Z estão decididos a adotarem um ou dois filhos no futuro. E segundo a revista OK!, o casal de famosos tem interesse em que as crianças venham do Zimbabwe, na África.

Uma fonte da publicação afirmou que a cantora ajuda muitas ONGs africanas, e no ano passado ela e Jay fizeram uma viagem relâmpago a Bulawayo, no Zimbabwe, e se comoveram com a realidade de mais de 1 milhão de crianças e adolescentes que ficaram órfãos por causa da Aids, de acordo com o Zimbabwe Orphanage, o orfanato local, não governamental.

“Se eles decidirem adotar, vai ser ali. Eles sabem o quanto são privilegiados e querem fazer a diferença”, justifica o informante, comentando que, embora não comentem, Beyoncé e Jay-Z doam anualmente muito dinheiro à projetos para ajudar a crianças e adolescentes africanos.

 

+ sobre o tema

Dois momentos com Abdias do Nascimento

A primeira peça escrita por Abdias Nascimento intitula-se Sortilégio....

Em comemoração ao mês da Consciência Negra – AFROntamento

Em referência ao mês da Consciência Negra, acontecerá...

Franceses mudam de rumo domingo

Por Rui Martins Já não há mais supresa –...

para lembrar

Universidade abalada por racismo na África do Sul

Algumas semanas depois de uma estátua de Cecil John...

“Nossa pele preta é o nosso manto de coragem e resistência”

A Revista AzMina perguntou pra seis mulheres negras incríveis:...

Diáspora Black: uma rede contra a discriminação em hospedagens

Criada por quatro empreendedores negros, iniciativa quer combater o...
spot_imgspot_img

Livro sobre Luiz Gama o consagra como o maior advogado negro da abolição

Impossível não ficar mexido, ou sair a mesma pessoa, com a mesma consciência dos fatos narrados, depois da leitura de "Luiz Gama Contra o Império",...

Festival literário propõe amor e diversidade como antídotos ao extremismo

O Festival Literário Internacional de Paracatu - Fliparacatu - vai colocar no centro do debate o amor, a literatura e a diversidade como pilares...

O atleta negro brasileiro que enfrentou o nazismo nas Olimpíadas de 1936

A poucos dias da abertura dos Jogos Olímpicos de Paris, em uma Europa cada vez mais temerosa com a agenda política de forças alinhadas...
-+=