Brasileira Flávia Piovesan, é eleita para Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA

Flávia Piovesan é formada em direito e faz parte do corpo docente da PUC. Ela assume cargo de três anos em janeiro de 2018.

Do G1

A brasileira Flávia Piovesan, secretária especial de Direitos Humanos do governo brasileiro, foi eleita nesta quarta-feira (20) uma das conselheiras da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Flávia assume a função – por três anos – em janeiro de 2018. Ela é formada em direito na PUC de São Paulo e tem mestrado e doutorado na área. Atualmente, faz parte do corpo docente da PUC-SP e da PUC-PR, além de ser professora de direitos humanos nos cursos de pós-graduação das universidades Pablo de Olavide, em Sevilha (Espanha), e de Buenos Aires (Argentina).

Além de Flávia, também foram eleitos o mexicano Joel Hernandez Garcia e a chilena Antonia Urrejola Noguera. Os recém-eleitos substituirão James Cavallaro (Estados Unidos), Paulo Vannuchi (Brasil) e José de Jesus Orozco Henríquez (México). O também brasileiro Paulo Abrão atua como diretor-executivo da Comissão, que tem ao total sete conselheiros.

A CIDH é o principal órgão de direitos humanos do continente e analisa anualmente milhares de petições de cidadãos e instituições das Américas. Entre suas conquistas mais significativas estão a criação de condições para a gestação da Lei Maria da Penha, que combate a violência contra a mulher no Brasil.

+ sobre o tema

Seminário debate em Curitiba saúde da população negra

A Secretaria de Estado da Saúde promove até este...

Barões da mídia comandam publicidade oficial

Levantamento sobre investimento de empresas estatais em publicidade, publicado...

45% dos ‘filhos do Bolsa Família’ entraram no mercado de trabalho formal

Ao entrar para o Bolsa Família, em 2003, Vera Nuzia...

Mentiras e distorções na guerra publicitária da Cracolândia

Existe crack na Cracolândia, nas ruas da região da...

para lembrar

Mulheres têm de omitir o gênero para que seus trabalhos sejam aceitos

Pesquisa mostra que programadoras têm projetos rejeitados apenas por...

Temer é derrotado na OIT e terá de explicar ‘reforma’ trabalhista

Comissão de Normas da Organização Internacional do Trabalho questiona...

Pena, cadeia e justiça no Brasil

Por: Mauro Santayana Não é de se estranhar...

Lições fundamentais de um baluarte negro sobre racismo e imprensa negra no Brasil

Por: Isabel Clavelin   Numa tarde escaldante do verão do Rio...
spot_imgspot_img

NOTA PÚBLICA | Em repúdio ao PL 1904/24, ao equiparar aborto a homicídio

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns – Comissão Arns vem a público manifestar a sua profunda indignação com a...

Nota pública do CONANDA contrária ao Projeto de Lei 1904/2024

O Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – CONANDA, instância máxima de formulação, deliberação e controle das polícas públicas para a...

Marcelo Paixão, economista e painelista de Geledés, é entrevistado pelo Valor

Nesta segunda-feira, 10, o jornal Valor Econômico, em seu caderno especial G-20, publicou entrevista com Marcelo Paixão, economista e professor doutor da Universidade do...
-+=