Caminhoneiros: PF irá investigar se paralisações foram promovidas por patrões

Preocupação do governo cresceu porque o movimento já está sendo sentido nas prateleiras dos supermercados

Ana Carolina Dinardo e Sílvio Ribas

Protesto de caminhoneiros preocupa o varejo: Marcos Teixeira só tem estoques de presunto para dois dias

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, determinou à Polícia Federal que investigue a paralisação nacional dos caminhoneiros. “A suspeita é de que a greve esteja sendo patrocinada pelos patrões”, disse ele ao Correio, lembrando que a legislação brasileira proíbe o locaute, como é denominada a suspensão de atividades promovidas por empresários.

A preocupação do governo cresceu porque os reflexos do movimento já estão sendo sentidos nas prateleiras dos supermercados. Ontem, a paralisação iniciada na madrugada de segunda-feira provocou transtorno em rodovias de nove estados e afetou a distribuição de mercadorias, sobretudo alimentos. Os manifestantes pedem redução no preço dos pedágios e dos combustíveis e mudanças na legislação.

 

Fonte: Correio Braziliense

+ sobre o tema

Obama precisa se justificar perante o Congresso sobre ação militar na Líbia

A Casa Branca enviou, nesta quarta-feira, um dossiê de...

Sobre leite, achocolatado, bananas e vitamina por Marcos Rezende

Antes de eu saber que era meramente comercial,...

O duplo desafio de Obama

- Fonte: O Estado de São Paulo - Conforme...

Candidaturas coletivas podem acabar já em 2024; a quem isso interessa?

As candidaturas coletivas podem deixar de existir já a...

para lembrar

Obama faz discurso de posse político, otimista e focado em desafios

O discurso de posse de Barack Obama foi cheio...

Bolsonaro faz da mentira sua tática política sobre a ditadura

Ao presidente cabe esclarecer suas declarações que violam compromissos...

Para Dilma, interpretação de frase sobre luta é ‘vilania’

Pré-candidata do PT disse que não se referia a...

Fé cega, faca amolada por Cidinha da Silva

Por Cidinha da Silva   Um amigo jovem, revolucionário, indignado com as...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...

Em 20 anos, 1 milhão de pessoas intencionalmente mortas no Brasil

O assassinato de Mãe Bernadete, com 12 tiros no rosto, não pode ser considerado um caso isolado. O colapso da segurança pública em estados...
-+=