Guest Post »
Campanha Nacional pelo Direito à Educação lança novo site e página especial colaborativa contra a PEC 241/2016
Créditos da foto: Reprodução/www.campanha.org.br/pec241

Campanha Nacional pelo Direito à Educação lança novo site e página especial colaborativa contra a PEC 241/2016

O portal www.campanha.org.br é o mais recente instrumento estratégico de incidência política e articulação em rede pela garantia do direito humano à educação

enviado para o Portal Geledés

A Campanha Nacional pelo Direito à Educação lança hoje eu novo site, produzido com o apoio do Instituto C&A. A nova plataforma é um instrumento estratégico de incidência política e articulação em rede pela garantia do direito humano à educação. Em www.campanha.org.br você terá acesso facilitado a um acervo amplo, de qualidade, com textos, vídeos, documentos políticos, publicações e notícias atuais sobre as principais temáticas da educação. O site segue as principais diretrizes de acessibilidade internacionais e permite o compartilhamento de seus conteúdos em diversas redes sociais.

unnamed (11)

A grande novidade é a construção colaborativa em rede de seus conteúdos por meio do lançamento de páginas especiais de acordo com a pauta do momento. Esta é uma estratégia para fortalecer a luta e aumentar o impacto da mobilização e articulação política. Hoje, simultaneamente com o lançamento do novo site, é divulgada a primeira página especial sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241/2016, que estabelece um novo regime fiscal, determinando que nenhum investimento nas áreas sociais pode ser superior ao reajuste inflacionário. Ou seja, ela inviabiliza as metas e estratégias do Plano Nacional de Educação 2014 – 2024 (Lei 13.005/2014)

Colabore, compartilhe e divulgue: www.campanha.org.br/pec241

Conheça as funcionalidades e o acervo do site

Temáticas – Plano Nacional de Educação (Lei 13.005/2014), Custo Aluno-Qualidade, financiamento da educação, recursos petrolíferos para a área (Lei 12.858/2013), Piso Nacional do Magistério (Lei 11.738/2008), valorização dos profissionais da educação, Lei de Cotas (Lei 12.711/2012), Conferências Nacionais de Educação, Fundeb (Lei 11.494/2007), metas internacionais para a educação, gestão democrática, currículo, avaliação, educação inclusiva, diversidades e igualdade de gênero, juventude, participação, planos de educação. O site conta com um amplo acervo de documentos, notícias, e conteúdo audiovisual que trata das principais temáticas da educação no Brasil e no mundo

Vídeo educativos, de mobilização e incidência política – Agora, na sessão de acervo audiovisual é possível acessar a coleção de vídeos em português e inglês realizados pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação, sobre Fundeb, PNE, recursos petrolíferos para a educação e a saúde, e CAQi. O roteiro de todos os vídeos teve foco essencial não só no registro do histórico de sua tramitação e conquistas, mas também em uma abordagem preocupada em detalhar a metodologia de incidência política desenvolvida pela Campanha em cada uma das pautas, de forma a contribuir para a atuação em rede e de advocacy de outros movimentos da sociedade civil brasileira. Também estão disponíveis vídeos para uso em eventos com explicação sobre diferentes temáticas e pautas políticas.

Construção colaborativa, espaço dos Comitês Regionais e compartilhamentos

Os usuários poderão ter acesso à composição dos Comitês Regionais da Campanha numa sessão que conta com um Google Map, destacado na home, que deverá ganhar páginas próprias nos próximos meses, construídas em colaboração com cada Comitê, contando suas ações locais e deixando informações de contato para mais pessoas juntarem-se à rede.

A nova plataforma permite um amplo compartilhamento das páginas, notícias e informações. São cinco redes sociais cadastradas para compartilhamento de todo e qualquer conteúdo – Facebook, Twitter, Google +, Pinterest, Skype -, além da possibilidade direta de envio por e-mail e impressão.  Ainda, o sistema de cadastramento de e-mails para recebimento de nossos comunicados, releases, e posicionamentos públicosestá atualizado e pronto para receber novos destinatários

Construída com licença em Creative Commons CC-BY 4.0 Internacional, é permitido copiar e redistribuir o material em qualquer suporte ou formato, assim como adaptar, remixar, transformar, e criar a partir do material para qualquer fim, desde que dado o crédito apropriado.

Ferramentas inclusivas

O novo site foi desenvolvido com base nas diretrizes internacionais de acessibilidade, no que diz respeito à estrutura e apresentação das páginas, possibilitando navegação e visualização por qualquer pessoa e com qualquer tecnologia, e garantindo acessibilidade, flexibilidade e controle para todo usuário. Assim, a interface foi desenvolvida com flexibilidade para adaptação às diferentes resoluções a partir de 800×600 até 1280×960 e dispõe de recursos para facilitar a leitura do site como visualização em alto contraste e ampliação ou redução no tamanho das letras do conteúdo.

Ainda, é possível encontrar diversos materiais acessíveis: as Lei do Plano Nacional de Educação (Lei 13.005/2014) e dos recursos petrolíferos para a educação e a saúde (Lei 12.858/2013), e os manuais das Semanas de Ação Mundial de 2014, 2015, e 2016 em audiodescrição, legendagem descritiva, janela de Língua Brasileira de Sinais (Libras), e nos formatos .doc, .pdf, e .txt.

Agradecemos às ONGs Mais Diferenças e Escola de Gente, grandes parceiras da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, por todo o apoio para que sejamos cada vez mais inclusivos.

** Este artigo é de autoria de colaboradores ou articulistas do PORTAL GELEDÉS e não representa ideias ou opiniões do veículo. Portal Geledés oferece espaço para vozes diversas da esfera pública, garantindo assim a pluralidade do debate na sociedade.

Artigos relacionados