Canal australiano declarado culpado por programa racista sobre tribo brasileira

O canal de televisão Channel 7 foi declarado culpado pelo regulador da imprensa na Austrália por racismo e por exibir material impreciso sobre uma tribo indígena brasileira, divulgou, esta segunda-feira, a organização não-governamental Survival International.

Segundo um comunicado de imprensa da organização que defende os direitos indígenas, o programa exibido pela emissora australiana classificou a tribo brasileira dos Suruwaha como “assassinos de crianças”, “relíquias da Idade da Pedra” e alguns dos “piores violadores dos direitos humanos no mundo”.

A Survival International reclamou ao regulador australiano ACMA, depois que o Channel 7 recusou-se a publicar uma correção à emissão, que foi ao ar no programa Sunday Night, em setembro de 2011.

Num julgamento considerado “histórico” pela ONG, a ACMA declarou que o Channel 7 é culpado “pela quebra da sua cláusula de racismo e provocar um intenso desgosto, sério desprezo ou severo ridículo de uma pessoa ou um grupo”.

De acordo com a Survival, “acredita-se que é a primeira vez em que uma emissora foi declarada culpada por esta ofensa séria sob o código de televisão de 2010”.

A ACMA também declarou, segundo a ONG, que “o Channel 7 é culpado por emitir material impreciso”.

 

 

Fonte: JN

+ sobre o tema

População infantil deve ser prioridade na luta por justiça climática

É comum ouvirmos que o debate sobre justiça climática...

Eslovênia elege seu primeiro prefeito negro

Um médico nascido em Gana, na África, foi eleito...

Pesquisa revela que no DF 33% denunciam práticas racistas

Foram ouvidas 1.017 pessoas; 59% dos entrevistados admitiram que...

Universitário é preso em suposta abordagem racista da PM e mobiliza OAB-MG

Uma suposta abordagem policial truculenta e motivada pelo racismo...

para lembrar

Cotistas são quase metade dos candidatos inscritos no Sisu, diz MEC

MEC avalia que notas dos cotistas foram próximas às...

Resistir ao extermínio

Os guetos concebidos pelo nazismo foram territórios dentro dos...
spot_imgspot_img

Universidade, excelência e compromisso social

Em artigo publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, no dia 15 de junho, o professor de literatura geral e comparada da Unicamp, Marcos...

Mobilizações apontam caminho para enfrentar extremismo

As grandes mobilizações que tomaram as ruas das principais capitais do país e obrigaram ao recuo dos parlamentares que pretendiam permitir a condenação de...

Uma pessoa negra foi morta a cada 12 minutos ao longo de 11 anos no Brasil

Uma pessoa negra foi vítima de homicídio a cada 12 minutos no Brasil, do início de janeiro de 2012 até o fim de 2022....
-+=