Carnaval terá observatório da discriminação racial

A próxima sexta-feira abre oficialmente o carnaval no estado com um lançamento que promete consolidar, de fato, a festa como democrática em Pernambuco. Carnaval com Direitos Humanos. Eis uma das principais ações do governo para o enfrentamento às discriminações raciais ocorridas durante os dias de folia. O “Observatório da Discriminação Racial no Carnaval” será lançado em parceria com as Secretarias de Defesa Social e Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Comitê de Promoção da Igualdade Racial e Prefeitura de Olinda.

O secretário de Defesa Social de Pernambuco, Alessandro Carvalho, recebeu o secretário executivo de Promoção da Igualdade Racial, Jorge Arruda, acompanhado de Rildo Veras, assessor Especial para Diversidade, para fomentar a campanha “Observatório da Discriminação Racial no Carnaval”.

Desde 2009, o CEPIR vem realizando esse trabalho junto com a SEDSDH. A atuação vem sendo desenvolvida nas grandes agremiações, com os foliões e nas demais atividades realizadas nas festividades de momo. Serão ações cotidiana, como campanhas, observação e acolhimento de denúncias de tráfico de pessoas negras no carnaval, violências veladas, intolerâncias religiosas (contra Maracatu e Afoxés).

Estatísticas
Em 2013, foram registradas mais 100 denúncias de abuso de poder, intolerância religiosa, discriminação racial e violências simbólicas, ocorridas em quase todos os polos de animação. Para Jorge Arruda, secretário executivo do CEPIR, é de extrema importância que a população se empenhem nesta ação, pois a festividade é um momento em que todos deveriam se confraternizar.

Fonte: Diario de Pernambuco

 

+ sobre o tema

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem...

Candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no Enem

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou que todos...

Liberdade para Ensinar e Aprender: Pesquisa Nacional Analisa Violências Sofridas por Educadores/as no Brasil

O Observatório Nacional da Violência contra Educadoras/es (ONVE), sediado...

para lembrar

Kiriku e a Feiticeira

Kiriku e a Feiticeira. Na África Ocidental, nasce um menino...

Diáspora negra será tema de nono volume da Coleção África da UNESCO

Reunidos na capital da Etiópia, experts em história africana...

Vereador quer incluir ensino da Lei Maria da Penha nas escolas municipais

O ensino da Lei Maria da Penha nas escolas...
spot_imgspot_img

FGV e Fundação Itaú oferecem bolsas de mestrado em comunicação digital e cultura de dados

A FGV-ECMI (Escola de Comunicação, Mídia e Informação da Fundação Getúlio Vargas) vai oferecer 30 bolsas integrais para o mestrado em comunicação digital e...

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas cívico-militares na rede estadual e municipal de ensino foi aprovada na noite desta terça-feira (21) na...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem sido objeto de debate em diversos contextos nacionais e internacionais, mobilizando famílias, a sociedade e...
-+=