Centenas de indígenas participam do primeiro dia dos ‘jogos tradicionais’

Os jogos tradicionais representam o momento de maior fascínio dos XI Jogos dos Povos Indígenas. As disputas de arco e flecha e corrida de tora tiveram início na tarde deste domingo, 06, na Arena Central montada na Ilha de Porto Real, no município de Porto Nacional (TO). Centenas de indígenas, representantes de cerca de 30 etnias mostraram força, precisão e técnica em aproximadamente 4 horas de apresentações. A arena ficou lotada por pessoas de várias regiões do Estado que foram conferir a cultura indígena de etnias de todo o Brasil.

Na modalidade de arco e flecha competiram 28 indígenas de etnias variadas e quatro foram classificados para a final. Na terça-feira, 08, será realizada outra etapa classificatória quando serão definidos outros quatro participantes para a etapa final. Os classificados do domingo são: Lenilson Erikcbatsa, Moisés dos Santos Pataxó, Alexandre de Jesus Bororo, Kadjonhoro Xikrim.

De acordo com o coordenador geral dos jogos, Marcos Terena, as disputas acontecem normalmente com etapas eliminatórias e finais, mas nenhum indígena é premiado. “A premiação do atleta indígena é a celebração de compartilhar sua força e técnica com seu companheiro de luta. Esse que é o brilho dos jogos”, explicou. O slogan da competição é “o importante não é ganhar, sim celebrar”.

Além das disputas, o público presente nas arquibancadas pôde conferir diversas apresentações culturais que mostraram a riqueza da tradição indígena. Os XI Jogos dos Povos Indígenas seguem até o próximo sábado, 12.

Ministro do Esporte

A expansão do programa Segundo Tempo no Tocantins foi a motivação de uma homenagem prestada ao ministro do Esporte, Aldo Rebelo, por cerca de 30 crianças beneficiadas no Estado. Faixas e cartazes de agradecimento pelo funcionamento dos 10 núcleos existentes no Tocantins emocionaram o Ministro durante sua visita ao município de Porto Nacional (TO) para prestigiar a abertura dos XI Jogos dos Povos Indígenas neste sábado, 05. O governador Siqueira Campos acompanhou a homenagem e agradeceu a iniciativa das crianças. O secretário estadual da Juventude e dos Esportes, Olyntho Neto, pediu a implantação de mais 150 núcleos no Estado.

No Tocantins, 100% dos convênios realizados para o funcionamento dos 10 núcleos do Segundo Tempo são realizados diretamente com o poder público, sem intermediários. Todas as unidades atendem cerca de 1.100 jovens com atividades esportivas e merenda no contra-turno escolar. O ministro Aldo Rebelo conversou com algumas crianças atendidas em Palmas e conheceu um pouco da realidade local.

O secretário Olyntho Neto acompanhou o Ministro durante sua visita ao Tocantins e aproveitou para conversar sobre a expansão do Segundo Tempo. Também estiveram presentes a ministra-chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros, o senador Vicentinho Alves e demais autoridades federais, estaduais e municipais.

Fonte: O Girassol

+ sobre o tema

Que escriba sou eu?

Tenho uma amiga que afirma que a gente só prova...

Em carta a Dilma, MPL lembra de índios e pede diálogo com movimentos sociais

Convidado para reunião com a presidenta, Passe Livre pediu...

Vox/Band/iG: Dilma cai de 56% para 54%

Candidata petista varia para baixo pela primeira vez dentro...

Movimento negro cobra auxílio emergencial de R$ 600 e vacina para todos pelo SUS

Nesta quinta feira (18), a Coalizão Negra por Direitos,...

para lembrar

LITERATURA: 5º FAN 2009

OMO-OBA: HISTÓRIAS DE PRINCESAS Kiusam Oliveira OS NOVES...

Carta à hebraica

Ter recebido palestrantes de esquerda não é desculpa para...

Sakamoto – Mesmo com proteção, ativista diz que será assassinada

Leonardo Sakamoto A repórter Ana Aranha foi ao Sul...

Produção de Madonna cancela encontro com AfroReggae, diz coordenador

Fonte: Folha OnLine-O coordenador da ONG AfroReggae, José Júnior,...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=