Guest Post »
CEO da Starbucks pede desculpas pela detenção de dois homens negros
Créditos da foto: © Reuters

CEO da Starbucks pede desculpas pela detenção de dois homens negros

Empresa tem vindo a ser acusada de racismo e diversas manifestações têm ocorrido junto às lojas da marca depois de dois homens terem sido detidos

Do Notícias ao Minuto  

Foto© Reuters

O CEO da Starbucks, Kevin Johnson, pediu desculpas aos dois homens detidos numa das lojas da empresa em Filadélfia, nos EUA. O responsável citou um vídeo filmado por clientes que descrevia como “muito difícil de ver”, acrescentando que “as ações nele retratadas não representam os valores e a missão da Starbucks”.

Segundo a BBC, dois homens foram detidos pela polícia depois de terem entrado no estabelecimento e, sem nada pedirem, se terem sentado numa mesa, enquanto esperavam por um amigo.

Este caso levou a acusações de racismo, nas redes sociais, e também à realização de manifestações à porta de estabelecimentos da marca.

Melissa DePino publicou no Twitter um vídeo deste incidente filmado por um amigo que se encontrava no café na quinta-feira, quando ocorreu o incidente.

Artigos relacionados