CEO da Starbucks pede desculpas pela detenção de dois homens negros

Empresa tem vindo a ser acusada de racismo e diversas manifestações têm ocorrido junto às lojas da marca depois de dois homens terem sido detidos

Do Notícias ao Minuto  

Foto© Reuters

O CEO da Starbucks, Kevin Johnson, pediu desculpas aos dois homens detidos numa das lojas da empresa em Filadélfia, nos EUA. O responsável citou um vídeo filmado por clientes que descrevia como “muito difícil de ver”, acrescentando que “as ações nele retratadas não representam os valores e a missão da Starbucks”.

Segundo a BBC, dois homens foram detidos pela polícia depois de terem entrado no estabelecimento e, sem nada pedirem, se terem sentado numa mesa, enquanto esperavam por um amigo.

Este caso levou a acusações de racismo, nas redes sociais, e também à realização de manifestações à porta de estabelecimentos da marca.

Melissa DePino publicou no Twitter um vídeo deste incidente filmado por um amigo que se encontrava no café na quinta-feira, quando ocorreu o incidente.

+ sobre o tema

Esperança de justiça une mães de vítimas da violência policial no Rio

A longa espera por justiça é uma realidade presente...

Primeira mulher trans a liderar bancada no Congresso, Erika Hilton diz que vai negociar ‘de igual para igual’

A deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP) foi aclamada nesta quarta-feira como...

Estrela do Carnaval, ex-passista Maria Lata D’Água morre aos 90 anos em Cachoeira Paulista, SP

A ex-passista Maria Mercedes Chaves Roy – a ‘Maria...

para lembrar

Haitianos gravam vídeo em resposta às críticas de Luciano Huck

“Depois do que vi, acho que a humanidade não...

Atriz Adriana Alves e chef Olivier Anquier respondem a comentários racistas

Frases foram escritas em uma foto do casal, feita...

Famílias de vítimas pedem que Alemanha fecha enclave nazista criado no Chile

Santiago do Chile, 13 jul (EFE).- As famílias de...

Canal Viva: Globo é obrigada pela Justiça a editar suposta cena de racismo em reality

TV Globo foi surpreendida por uma decisão da Justiça,...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=