Chico: “tudo bem, perdi”

Cantor e compositor explicou sua posição sobre o movimento Procure Saber, que defende autorização prévia para a publicação de biografias; “entendo que alguns artistas, algum cidadão, queira preservar a sua intimidade, não acho que isso seja uma aberração, acho que é um direito”, disse ele; “agora, se a lei tá errada, se eu tô errado, tudo bem, perdi”; lição de humildade

Em Paris, onde escreve um novo romance, o cantor e compositor Chico Buarque falou ao jornalista Lucas Neves, colaborador da Folha na França, a quem explicou sua posição sobre o movimento Procure Saber, que defende autorização prévia para a publicação de biografias. “Posso não estar muito bem informado sobre as leis e posso ter me precipitado, mas continuo achando que o cidadão tem o direito de não querer ser biografado”, disse ele (leia aqui a íntegra).

No entanto, Chico Buarque reconhece que perdeu o debate. “Parece que essa ideia está perdendo na mídia. O que a gente pretendia era deixar as coisas como estão, no sentido de se poder preservar a privacidade de qualquer cidadão, não me refiro a artista. É uma discussão que é até bom que seja levada adiante, mas não nos termos em que as coisas estão acontecendo. Já virou batalha num nível muito pessoal – e desigual. Não adianta querer dizer que os artistas são famosos. Nós somos pequenos nessa briga. Repito: posso ter me enganado. Eu julgava que eu estava tendo uma posição sensata”, afirmou. “Entendo que alguns artistas, algum cidadão, queira preservar a sua intimidade. Não acho que isso seja uma aberração. Acho que é um direito.”

O ponto defendido por Chico Buarque é a proteção à intimidade dos artistas, mas ele admite que o debate foi perdido. “Ele [o artista] pode não querer que se fale de um casamento, de algum problema da infância. São problemas que não são levados pelo artista ao público, que ele toma o maior cuidado,quer preservar para si. Acho respeitável. Agora, se a lei tá errada, se eu tô errado, tudo bem. Perdi.”

Chico Buarque fala sobre racismo

 

Fonte: Brasil 247

+ sobre o tema

STF começa a julgar nesta terça (18) supostos mandantes da morte de Marielle

O Supremo Tribunal Federal (STF) inicia, na tarde desta...

PL antiaborto viola padrões internacionais e ameaça vida, diz perita da ONU

O PL antiaborto viola padrões internacionais de direitos humanos...

Prefeitura de São José dos Campos retira obra sobre mulheres cientistas das escolas

A prefeitura de São José dos Campos (SP) recolheu...

A direita parlamentar parece ter perdido sua bússola moral

Com o objetivo de adular a extrema direita e...

para lembrar

Onde andará a boa e velha liberdade? por Ana Maria Gonçalves

Sempre, sempre, sempre que a gente falava nela,...

Promotores fazem confusão entre Engels e Hegel em pedido de prisão de Lula e viram piada na internet

Ao pedirem a prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio...

Sakamoto – PM na USP, Cracolândia e as saudades da ditadura

Um estudante foi agredido por um policial militar, nesta...

Senado aprova criação do vale-cultura de R$ 50 para trabalhador

Por: LUCIANA COBUCCI O plenário do Senado aprovou,...

Janja defende direito ao aborto legal, diz que projeto é ‘absurdo’ e afirma que Congresso deve garantir acesso ao SUS

A primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja, afirmou que do projeto de lei (PL) 1904, que quer colocar um teto de 22 semanas no acesso ao...

Saiba quem são os deputados que propuseram o PL da Gravidez Infantil  

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12), a tramitação em regime de urgência do projeto de lei que equipara aborto acima de 22 semanas...

Com PL do aborto, instituições temem mais casos de gravidez em meninas

Entre 1º de janeiro e 13 de maio deste ano, foram feitas 7.887 denúncias de estupro de vulnerável ao serviço Disque Direitos Humanos (Disque...
-+=