China diz que é ‘irmã’ da África após comercial extremamente racista de empresa chinesa

Um anúncio de uma marca chinesa de sabão considerado o mais racista já veiculado rendeu tantas críticas que as relações entre a China e a África tiveram de ser reafirmadas. “Bons irmãos”, disse o governo chinês, reforçando que a China respeita todos os povos independentemente de raça.

Por Luiza Belloni Do Brasil Post

O comercial da marca Qiaobi está causando revolta nas redes sociais desde que foi divulgado no YouTube, neste mês. Nele, um homem negro é “lavado” em uma máquina de lavar e sai dela com pele clara.

A propaganda começa com uma chinesa lavando roupas. Um homem negro aparece e olhares são trocados. A mulher, então coloca um tablete de sabão na boca dele e o empurra para dentro da máquina de lavar. Após isso, o homem que sai da máquina está transformado em um asiático de pele clara e a jovem aparece feliz com a mudança.

A propaganda foi transmitida na TV chinesa em abril e não recebeu muita atenção dos espectadores. O vídeo começou a ser alvo de críticas nos últimos dias, depois que a peça foi divulgada no YouTube. Usuários das redes sociais se mostraram perplexos com a discriminação do comercial e o classificaram como “o mais racista” já transmitido na TV.

“Os profissionais de marketing na China não tiveram nenhuma aula sobre racismo?”, perguntou um usuário no Twitter, segundo a CNN. “Se você não vê racismo neste comercial, parabéns, você é o racista”, escreveu outro, rebatendo as pessoas que defenderam a propaganda.

A empresa chegou a deletar o vídeo no canal de YouTube, mas ele acabou viralizando e foi postado em outros canais:

Leita Também 

Marca chinesa pede desculpa por anúncio em que branqueou homem negro 

+ sobre o tema

Por que mandaram matar Marielle Franco? Essa agora, é a pergunta que não se cala…

Seis anos depois e finalmente o assassinato de Marielle...

Mulheres sambistas lançam livro-disco infantil com protagonista negra

Uma menina de 4 anos, chamada de Flor de...

Poesia: Ela gritou Mu-lamb-boooo!

Eita pombagira que riscaseu ponto no chãoJoga o corpo...

para lembrar

Mackenzie expulsa estudante que gravou vídeo armado e ameaçou matar negros

Pedro Baleotti, eleitor de Jair Bolsonaro, divulgou um vídeo...

Meninos vítimas de racismo em hipermercado reconhecem mais um segurança suspeito de agressão

Outro funcionário do Extra já havia sido reconhecido em...

Shopping de área nobre de SP quer apreender crianças de rua e entregar para PM

Estabelecimento no bairro de Higienópolis, uma das regiões mais...

Anulação de provas do Enem gera ataques de xenofobia

OAB-CE vai analisar os comentários para decidir sobre a...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=