quinta-feira, junho 30, 2022
InícioQuestão RacialCasos de RacismoCidade Jardim é multado em R$63 mil por racismo

Cidade Jardim é multado em R$63 mil por racismo

O shopping Cidade Jardim, em São Paulo, foi multado em R$ 63 mil por ato de discriminação racial contra o músico cubano Pedro Bandera Izquerdo, em 2010. A multa foi dada pela Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo.

Por  Alexandre Putti no Justificando.com

O shopping ainda pode recorrer da decisão. O caso, no entanto, já rendeu uma condenação na Justiça Cível, que determinou que o shopping pague indenização de R$ 7 mil por danos morais ao músico.

Na ocasião, Bandeira entrou no estabelecimento para realizar um show junto com a cantora Marina de La Riva. Primeiro chegaram os outros músicos que iriam tocam com eles, e como são todos brancos, passaram pela porta sem problema algum.

Pedro Bandera Izquerdo

O músico chegou depois de táxi, na hora em que estava subindo as escadas rolantes, foi abordado por um segurança que o imobilizou e chamou reforço para retira-lo do estabelecimento.

Em entrevista ao “Estadão” Bandeira conta que estava sem instrumento e bagagem, o que fez o segurança duvidar que ele era músico. “Pelo rádio ele disse que estava suspeitando porque eu disse que tinha ido fazer show, mas não tinha instrumentos e cheguei de táxi”, afirma.

O musico só foi liberado após 45 minutos de interrogatório,  como se tivesse cometido um crime.  Bandera comunicou aos seguranças de que denunciaria a situação e teria ouvido que o caso “não daria em nada”.

Ao saber da multa ao shopping, o músico ressaltou a importância de utilizar os canais corretos de denúncias para impedir que novos casos se repitam. “Isso é um crime racial e esta punição é um exemplo de que a Justiça funciona. Espero que isso ajude os estabelecimentos a orientar melhor os funcionários”, diz Bandera.  Já o shopping, de acordo com a assessoria de imprensa, avalia as medidas cabíveis em relação ao caso.

Entenda o caso:

 Shopping Cidade Jardim terá de indenizar músico negro Pedro Bandera

Shopping de SP terá que indenizar músico negro constrangido por seguranças

Artigos Relacionados
-+=