Colin Powell acusado de apoiar Obama por solidariedade de ‘raça’

Que um destacado político republicano apoie o candidato presidencial democrata não é inédito – mas é raro. Na claque de Mitt Romney surgiu uma explicação: trata-se afinal de um general negro a apoiar um presidente negro. A derrapagem verbal foi logo desmentida, mas ficou a intenção.

O autor da gaffe foi o governador do Estado de New Hapmshire, John Sununu, que, ao ser entrevistado para o programa da CNN Piers Morgan Tonight, afirmou: “Se você olhar para Colin Powell, terá de perguntar-se se esse apoio [declarado por Powell à candidatura de Obama] se baseia em temas ou se ele tem outro motivo para preferir o presidente Obama”.

A uma insistência do entrevistador Piers Morgan, sobre que outro motivo poderia ser esse, Sununu foi mais específico: “Se você tem alguém da sua mesma raça e está orgulhoso de ele ser presidente, então só posso aplaudir Colin por estar ao lado dele”

No entanto, Powell declarara que o seu apoio a Obama se fundamenta no acordo com a política externa deste e também na convicção de que a actual Administração tem contribuído para a recuperação económica que se considera encaminhada. Fundamenta-se também, segundo Powell, na sua discordância com a política fiscal preconizada por Mitt Romney. Além disso, Powell já na anterior eleição apoiara Obama contra o candidato republicano John McCain.

A derrapagem de Sununu vinha assim juntar-se às de outros activistas da campanha de Romney, como o senador fundamentalista que negou às mulheres vítimas de violação o direito à interrupção de gravidez resultante do crime, com o argumento de que tudo o que acontece é por vontade de Deus. A campanha de Romney logo se demarcou dessas afirmações, limitando quanto possível os danos, mas sem conseguir que elas deixassem de pesar a favor de Obama entre o eleitorado feminino e de limitar os ganhos que Romney aí vem fazendo, segundo sondagens mais recentes.

Sununu, pelo contrário, não esperou que a campanha de Romney viesse desautorizá-lo e antecipou-se, declarando que é amigo de Powell e que não tem a menor dúvida de que o seu apoio a Obama “não se baseia em nada se não na política do presidente”.

Fonte: RTP

+ sobre o tema

SP enquadrou 31 mil negros como traficantes em situações similares às de brancos usuários

Para a polícia de São Paulo, a diferença entre um traficante e...

STF retoma julgamento sobre descriminalização do porte de drogas

O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma nesta quinta-feira (20)...

STF começa a julgar nesta terça (18) supostos mandantes da morte de Marielle

O Supremo Tribunal Federal (STF) inicia, na tarde desta...

PL antiaborto viola padrões internacionais e ameaça vida, diz perita da ONU

O PL antiaborto viola padrões internacionais de direitos humanos...

para lembrar

Desigualdade cai, mas ainda é alta, mostra pesquisa do IBGE

Por Vladimir Platonow A diferença, no Brasil, entre...

O dia em que PN entrou na tenda da cafunagem

percebi que o mal da midiotia atinge agora o...

Partido de Witzel pede a cassação de deputada que denunciou o governador à ONU

Os deputados do PSC, partido do governador Wilson Witzel,...

Uma carta para Pepe Mujica – Por Luana Tolentino

Belo Horizonte, 15 de dezembro de 2016 Querido Pepe Mujica! Espero...

Prefeitura de São José dos Campos retira obra sobre mulheres cientistas das escolas

A prefeitura de São José dos Campos (SP) recolheu a obra Mulheres Sonhadoras, Mulheres Cientistas, composta por dois livros, das escolas e bibliotecas do município. Escritos por...

A direita parlamentar parece ter perdido sua bússola moral

Com o objetivo de adular a extrema direita e constranger o governo, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, facilitou a aprovação de...

Janja defende direito ao aborto legal, diz que projeto é ‘absurdo’ e afirma que Congresso deve garantir acesso ao SUS

A primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja, afirmou que do projeto de lei (PL) 1904, que quer colocar um teto de 22 semanas no acesso ao...
-+=