Combate à discriminação das mulheres é desafio em África

 

Luanda – A deputada do MPLA Júlia Ornelas afirmou nesta quinta-feira, em Luanda, que a eliminação de todas as formas de discriminação contra as mulheres constitui um dos importantes desafios para os movimentos dos direitos humanos em África.

O pronunciamento de Júlia Ornelas foi feito durante intervenção na palestra subordinada ao tema “O Papel da Mulher no Processo Eleitoral e Breves Noções Sobre a Lei Eleitoral”, uma promoção da Secção da OMA dos Órgãos Essenciais e Auxiliares do Presidente da República.

De acordo com a deputada, a participação das mulheres na vida pública do país, assim como a garantia de protecção dos seus direitos é crucial para a formação de estruturas de governação, baseados nos “princípios da democracia e dos direitos humanos”.

“Embora os governos africanos tomem medidas no sentido de responder a ausência de direitos políticos, económicos e sociais das mulheres, o ritmo do movimento em direcção a plena igualdade tem sido caracterizado por uma série de paragens, partidas e, por vezes, sinais confusos”, reforçou a parlamentar.

Por outro lado, Júlia Ornelas reconheceu que o processo eleitoral tem grande importância na estabilidade política, económica e social dos estados que escolheram a democracia como seus modelos de governação.

A deputada recordou que, apesar da União Africana (UA) se tenha comprometido em preencher 50 porcento dos órgãos de decisão por mulheres, a representação feminina nos aparelhos de governo dos estados africanos ainda é considerada baixa.

No Parlamento africano, disse Júlia Ornelas, as mulheres constituem “apenas 17, 3 porcento” dos deputados na África Subsaariana.

Assim, a parlamentar considerou o processo eleitoral como um momento oportuno para aumentar a representação das mulheres nos órgãos decisores do país.

Dados disponíveis colocam actualmente Angola no décimo lugar na lista dos parlamentos mundiais com o maior número de mulheres.

Dos 220 deputados que compõem o Parlamento angolano 88 são mulheres.

 

 

Fonte: Angola Press

+ sobre o tema

Africanos estão entre as maiores vítimas do tráfico humano na Europa

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime,...

Socialistas franceses obtêm vitória no primeiro turno das eleições parlamentares

Hollande precisa ter maioria parlamentar para levar por...

Milhares de indianos pobres marcham por justiça social

Milhares de indianos entre os mais pobres do...

para lembrar

spot_imgspot_img

Um Silva do Brasil e das Áfricas: Alberto da Costa e Silva

Durante muito tempo o continente africano foi visto como um vasto território sem história, aquela com H maiúsculo. Ninguém menos do que Hegel afirmou, ainda no...

Artista afro-cubana recria arte Renascentista com negros como figuras principais

Consideremos as famosas pinturas “A Criação de Adão” de Michelangelo, “O Nascimento de Vênus” de Sandro Botticelli ou “A Última Ceia” de Leonardo da Vinci. Quando...

Com verba cortada, universidades federais não pagarão neste mês bolsas e auxílio que sustenta alunos pobres

Diferentes universidades federais têm anunciado nos últimos dias que, após os cortes realizados pelo governo federal na última sexta-feira, não terão dinheiro para pagar...
-+=