Como reduzir mortes maternas?

Hipertensão e eventos cardiovasculares são as principais causas de morte

Por Julio Abramczyk, Da Folha de S.Paulo

Imagem de uma mulher grávida com a mão na barriga
(Foto: Imagem retirada do site Pexels.com )

As mortes maternas não deveriam acontecer, mas estão sempre presentes.

Um bom atendimento e um bom controle pré-natal poderiam identificar eventuais problemas de saúde da gestante e também controlar condições crônicas.

Anita Slomski relata na revista médica Jama, da Associação Médica Americana, que nos Estados Unidos morrem cerca de 700 mulheres anualmente até 42 dias depois do parto.

Ana Schuchat, diretora-adjunta do CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças do EUA), destaca que grande parte dessas mortes é evitável e ocorre nas mulheres no período da gravidez associadas às suas gestações.

O Sistema de Vigilância da Mortalidade na Gravidez do CDC registrou 3.410 mortes relacionadas à gravidez entre 2011 e 2015: 30% por eventos cardiovasculares e 60% relacionadas à hipertensão.

De 1 a 42 dias após o parto, mais da metade das mortes ocorreu por acidente vascular cerebral.

O professor Steven Clark, do Baylor College of Medicine, liderou o programa de segurança obstétrica do Hospital Corporation of America, que apresenta elevado número de nascimentos vivos anuais.

A mortalidade materna foi reduzida com dois protocolos: terapia anti-hipertensiva rápida quando a pressão arterial da gestante estiver acima de seu limiar específico e radiografia de tórax de emergência para afastar edema pulmonar quando a gestante apresentar queixa de falta de ar.

+ sobre o tema

13ª Conferência Nacional de Saúde

O sucesso da 13ª Conferência Nacional de Saúde marca...

Mulher negra ainda encontra dificuldades no acesso à saúde

Por Fernando Pivetti - [email protected] Na Faculdade de Direito (FD) da USP,...

para lembrar

Remédios contra Aids prolongam vida, mas ainda causam graves efeitos colaterais

Dificuldade de viver com a doença é ignorada pela...

Candidatos precisam saber a diferença entre “aborto” e “direito ao aborto”

 Eduardo Campos, pré-candidato à Presidência da República pelo PSB,...

A saúde privada oferece assistência de qualidade?

Nota do Brasil Debate A saúde, direito social garantido pelo artigo...

Pobres demais para interessarem ao mercado?

Quatro mil mortos, sobretudo na Guiné, Serra Leoa e...
spot_imgspot_img

Abrir mão da maternidade pode ser ponto de partida para sonhos e ambições

Ao passar dos 35 anos, a babá Anailda Santos, 41, começou a questionar se ainda poderia ter filhos, e, aos 39, percebeu que não era...

Saúde: 307 crianças ianomâmis desnutridas foram resgatadas em 2023

Ao longo do ano de 2023, 307 crianças ianomâmis diagnosticadas com desnutrição grave ou moderada foram resgatadas e recuperadas, segundo o Ministério da Saúde. Há quase...

Anvisa cancela registro de mais de 1,2 mil pomadas de modelar cabelos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) cancelou nesta sexta-feira (29) os registros de 1.266 pomadas sem enxágue, ceras e sprays para modelar, trançar ou...
-+=