Concurso premia projetos escolares de combate ao racismo

Inscrições devem ser feitas pela internet até 10 de dezembro

Do Ata News

Iniciativa é promovida pelos ministérios da Educação (MEC) e dos Direitos Humanos (MDH) – Foto: Arquivo/Agência Brasil

Vão até 10 de dezembro as inscrições para o concurso que vai premiar projetos escolares de boas práticas em Educação para as Relações Étnico-Raciais. Promovida pelos ministérios da Educação (MEC) e dos Direitos Humanos (MDH), a iniciativa tem o objetivo de reconhecer, identificar e valorizar as propostas que combatam o racismo, cumprindo, assim, um compromisso estabelecido em tratados internacionais sobre o tema.

Poderão apresentar projeto escolas públicas ou privadas da Educação Básica e instituições com programa de formação de professores. As propostas escolhidas pela Comissão Julgadora Final receberão um certificado para cada integrante do projeto vencedor e um certificado para cada escola e instituição formadora. Os vencedores vão participar de oficinas de formação relacionadas à temática do edital e da cerimônia de premiação, a ser realizada em Brasília (DF), com passagem e hospedagem pagas. O regulamento está descrito no edital que lançou o concurso

Bárbara da Silva Rosa, da coordenação geral de educação para as relações étnico-raciais da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) do MEC, lembra que hoje estão vigentes as leis 10.639/2013 e 11.645/2008, que alteram a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. As normas tornaram obrigatória a inclusão de história e cultura afro-brasileira e indígena no currículo oficial da rede de ensino. “Várias escolas já têm atividades desenvolvidas dentro desse escopo há 15 anos, mas precisamos saber quantas escolas estão incluindo a temática e o que estão fazendo”, pondera.

Muitos professores elaboram iniciativas nesse sentido, mas elas não têm visibilidade, ficam apenas no âmbito da escola. Esses trabalhos precisam ser divulgados, reconhecidos e valorizados”, complementa Bárbara.

Gratuitas, as inscrições devem ser feitas por meio de um formulário na internet disponível no site do MEC.

+ sobre o tema

FNDE lança plataforma Antonieta de Barros, iniciativa para consolidar dados da educação brasileira

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia...

Termina hoje (14) prazo para inscrição no Enem

Termina hoje (14) o prazo para inscrições no Exame...

Estudantes têm até esta sexta-feira (14) para se inscrever no Enem

Termina nesta sexta-feira (14) o prazo para inscrições no Exame...

Harvard lança mais de 100 cursos gratuitos e legendados em português

Os cursos disponíveis são divididos nas áreas a seguir. Artes...

para lembrar

Mapeamento identifica projetos de lei que tentam limitar discussão de gênero e sexualidade

Geledés Instituto da Mulher Negra mapeou dezenas de projetos...

Teste de proficiência de programa do MEC permite participação de bolsistas do Prouni

A partir de agora, bolsistas do Prouni podem se...

Número de leitores no Brasil diminui; 75% nunca entrou em uma biblioteca

Número de leitores no Brasil diminui; 75% nunca entrou...

Um trabalho pioneiro sobre gênero e escolarização no Brasil

Um tema recorrente neste blog é a interface entre...
spot_imgspot_img

Quem se inscreveu no Enem 2024 tem até quarta-feira (19) para pagar taxa

O participante que se inscreveu no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 têm até a próxima quarta-feira (19) para pagar a taxa de...

FNDE lança plataforma Antonieta de Barros, iniciativa para consolidar dados da educação brasileira

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC), lançará na próxima terça-feira, 18, a plataforma Antonieta de...

Termina hoje (14) prazo para inscrição no Enem

Termina hoje (14) o prazo para inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os interessados devem acessar a Página do Participante e utilizar o cadastro...
-+=