Concursos reservam até 20% das vagas para mulheres e preveem cotas

Para integrar os quadros de soldados ou oficiais das corporações, o candidato tem de ter no máximo 30 anos, 11 meses e 29 dias

Por Anahi Zurutuza Do Campo Grande News

Policiais mulheres no 3º Batalhão da PM em Dourados (Foto: Rogério Fernandes/Divulgação)

Do total de vagas oferecidos nos concursos para soldados e oficiais da PM (Polícia Militar) e do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, até 20% são reservadas para mulheres e os editais ainda preveem cotas para negros (20% das vagas) e índios (3%).

Das 388 vagas oferecidas para soldados da PM, 341 são para homens e 47 são para mulheres. Se levadas em conta as cotas, sobram para a ampla concorrência 253 oportunidades para os candidatos e 37 para as candidatas.

Os cotistas negros concorrerão a 68 vagas destinadas ao sexo masculino e 9 ao sexo feminino. Para os cotistas homens e índios ficaram reservados 10 cargos e para as mulheres índias, há 1 vaga.

Já para o quadro de oficiais da PM são 50 vagas, 40 delas para homens. Sobram para a ampla concorrência 31 vagas para homens e 8 para mulheres.

Para cotistas negros e homens estão reservada 8 oportunidades e já para as mulheres negras, 2 vagas. Há apenas 1 vaga para indígena.

Bombeiro mulher resgatando gato durante combate à incêndio (Foto: Alcides Neto/Arquivo)

Corpo de Bombeiros – Das 153 vagas para soldados dos bombeiros, 137 são para homens – 106 delas para a ampla concorrência –, enquanto 16 ficam com as mulheres – 13 delas na disputa geral.

São 27 vagas destinadas a cotistas negros e 3 para as negras. Já para índios são reservadas 4 vagas do total de oportunidades para o sexo masculino.

Para oficiais são 23 vagas, sendo 18 para homens – sendo 4 reservadas para cotistas negros e 1 para indígenas – e cinco para as mulheres – uma será ocupada por negras.

Regras gerais – Para integrar os quadros da PM ou dos bombeiros, o candidato tem de ter no máximo 30 anos, 11 meses e 29 dias até a data do encerramento das inscrições, inicialmente prevista para 25 de junho.

Para ser oficial em qualquer uma das carreiras é exigido bacharelado em direito.

Mais detalhes – Como previsto, o Governo de Mato Grosso do Sul abriu nesta segunda-feira (9) concursos para a Polícia Militar e para o Corpo de Bombeiros. Os editais foram publicados no Diário Oficial do Estado e ocupam 54 páginas – da 31 a 85.

Os salários variam de a R$ 3.352,53 para quem vai integrar o quadro de soldados da PM e dos bombeiros. Já para os oficiais, o governo pagará R$ 7.089,13 depois que os aprovados no concurso e convocados terminarem o curso de formação.

As inscrições estarão abertas a partir das 8h (no horário de Mato Grosso do Sul) do dia 13 de abril e devem ser feitas pela internet até às 16h do dia 25 de junho. A taxa de participação é de R$ 127,60 para quem for entrar na disputa pelas vagas de soldado e R$ 204,16 para os candidatos às vagas de oficiais.

+ sobre o tema

Filha de Mano Brown expõe racismo: “Ninguém passa a mão no seu cabelo”.

Nas úlitmas semana, o caso de racismo envolvendo Titi,...

Advogados criam rede nacional para auxiliar trabalhadoras domésticas

Documentário “Domésticas”, de Gabriel Mascaro, relata dia a dia...

Maitê Lourenço – Se permita

Conversamos com Maitê Lourenço,  fundadora e CEO da BlackRocks...

ONU parabeniza Dilma por sanção de lei que criminaliza o feminicídio

“ONU Mulheres congratula a Presidência da República do Brasil...

para lembrar

Dia Internacional da Mulher Negra ganha evento de beleza

Clube Renascença apresenta ‘Encrespando’, com objetivo de valorizar a...

Após movimentação popular, Itamaraty confirma que vai negar entrada de Julien Blanc no Brasil

Após mobilização popular na internet, nesta quinta-feira (13), o...

As 9 pessoas que você provavelmente vai namorar, de acordo com Simone De Beauvoir

Quando você tenta encaixar os seus "casos" recentes em...

Basta de violência contra a mulher pelas mãos do Estado!

A violência endêmica contra as mulheres na região das...
spot_imgspot_img

Casa Sueli Carneiro abre as portas ao público e apresenta o III Festival Casa Sueli Carneiro, pela primeira vez em formato presencial

RETIRE SEU INGRESSO A Casa Sueli Carneiro, fundada em dezembro de 2020 e atuando em formato on-line desde abril de 2021, é uma entidade criada...

Aborto legal: falhas na rede de apoio penalizam meninas e mulheres

As desigualdades sociais no Brasil podem explicar a razão para que meninas e mulheres busquem apoio para o aborto legal também após 22 semanas...

Referência do feminismo negro, Patricia Hill Collins vem ao Brasil para conferência, curso e lançamento de livro

Referência do feminismo negro, a socióloga estadunidense Patricia Hill Collins participa, nesta quarta-feira (19), de um evento em Salvador, na Universidade do Estado da Bahia (Uneb)....
-+=