Guest Post »

Criola abre 30 vagas para curso com renomadas universidade norte-americana e brasileira sobre Diáspora Africana

Seleção 2020 do curso em Estudos da Diáspora Africana, realizado em parceria com a Universidade da Califórnia (EUA) e com a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (BR) está com inscrições abertas até 28 de fevereiro.

No Criola 

 (Imagem retirada do site Criola  )

A 14a edição do Curso de Atualização: “A Teoria e as Questões Políticas da Diáspora Africana nas Américas”, realizada em parceria com a Universidade da Califórnia e a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, está com inscrições abertas até o dia 28/02.

O curso que já é uma referência em estudos sobre a diáspora africana é totalmente gratuito e tem por objetivo oferecer formação acadêmica e intelectual de alto nível a ativistas, estudantes e intelectuais de todo o país, a partir das análises críticas produzidas pelo feminismo negro no Brasil e em outras comunidades da Diáspora Africana, em especial nos Estados Unidos.

Serão oferecidas 30 vagas. As instituições realizadoras incentivam, sobretudo, a participação de ativistas dos movimentos sociais, movimentos negro e de mulheres negras, bem como de estudantes universitárias (os) em nível de graduação e pós-graduação com temas de estudo/pesquisas relevantes aos temas da Diáspora Africana nas Américas.

Ter no mínimo o domínio em nível intermediário da língua inglesa para leitura e compreensão e disponibilidade de tempo de no mínimo 40 horas semanais para frequentar as aulas e para a leitura da bibliografia, são condições de participação.

O curso será realizado na sede de Criola, localizada na cidade do Rio de Janeiro ou em outro espaço previamente acordado, de segunda a sextas-feiras, de 9h às 17h, no período de 20 de julho à 31 de julho de 2020, com carga horária de aproximadamente 80 horas.

Para saber mais, acesse o edital abaixo:

Edital Curso Diáspora

Para se inscrever, clique aqui, preencha o formulário e anexe o curriculum vitae (três páginas no máximo) com informações sobre formação, ação antirracista e feminista, participação em eventos acadêmicos e/ou ativistas.

Dúvidas e informações serão respondidas, exclusivamente, por e-mail: [email protected]

Related posts