DF amplia políticas para afrodescendentes nos 312 anos da morte de Zumbi

O Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes é um divisor de águas também na administração pública do Distrito Federal. No mês da Consciencia Negra, o GDF apresenta uma programação que destaca desde a produção artistico-cultural até a ampliação de políticas públicas para as populações negra, indigena e cigana de Brasília e Entorno.

As atrações que acontecem de 04 a 25 de nvembro vão de concertos musicais, oficianas temáticas, manigfestações religiosas, seminários de empreendedorismo e selados acordos entre a Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial – SEPIRDF e órgãos públicos e iniciativa privada. Os eventos comporão a 1a. Feira de Economia Criativa e Etnodesenvolvimento do DF, que consiste num projeto de inclusão produtiva, previsto no plano Brasília Sem Miséria e no conceito de economia criativa e solidária.

Do ponto de vista institucional, a intenção do governo é mapear as concentrações afrodescendentes urbanas, comunidades remanescentes de quilombos, povos indígenas e famílias ciganas. A meta é sistematizar as informações desses contingentes e identificar as necessidades básicas e essenciais desses grupos étnicos.

Para fazer essa radiografia social, a programação será desmembrada em módulos no Plano Piloto e nas Cidades Satélites. Nesse período de 21 dias de debates, rodas de conversa, shows, manifestações religiosas e linguagens contemporâneas, o objetivo da SEPIRDF é fazer uma consulta informal de demandas nos seguintes eixos: educação, saúde, juventude, segurança pública, gênero, trabalho, empreendedorismo e renda.

A programação de sexta-feira, dia 04, começa as 16 horas, na Praça Zumbi dos Palmares, zona central do Plano Piloto, com os grupos Mambembrincantes e Ciclone na Moringa. Ás 17:30 acontece a performance Puxada de Rede. No início da noite, as comunidades tradicionais de terreiro realizam uma atividade emblemática para a população negra em geral e para os devotos das entidades de religiões de Matriz Africana em especial. Trata-se da Lavagem de Purificação do busto do herói quilombola.

O ato é um ritual ilustrado por cânticos de diferentes nações africanas e ritos da cultura afrobrasileira, numa manifestação batizada de Roda de Xirê. A cerimonia é para abençoar o Mês da Consciencia Negra do DF e atrair boas energias a SEPIRDF, órgão criado há menos de tres meses para facilitar o acesso dessas parcelas da população aos mecanismos de políticas públicas básicas.

A seqüência do evento ficará a cargo de tres artistas brasilienses de projeção nacional: o happer GOG e as interpretes Tereza Lopes e Ellen Oléria. O encerramento do concerto ficará por conta do cantor e compositor carioca Luiz Melodia.

A abertura oficial do evento se dará ás 19h com a presença do Governador do Distrito Federal Agenelo Queiroz, da Secretária da SEPIRDF, Josefina Serra dos Santos, da Ministra Luiza Bairros e demais autoridades onde será lançada a campanha: DISTRITO FEDERAL SEM RACISMO! Esta campanha selará o PACTO PELA IGUALDADE RACIAL NO DISTRITO FEDERAL. Com ações do Governo para a transversalidade etnico-racial nas policas públicas do Distrito Federal e Entorno.

A comissão organizadora da atividade estima que cerca de duas mil pessoas acompanhem as apresentações das 18 as 23 horas. No sábado, dia 05, estréia o Quilombo Central, no estacionamento do Complexo Cultural da República, das 9 às 23 horas.

O Quilombo Central será concebido em uma cenografia que mescla as tradições afrobrasileiras; como rituais da cultura africana, danças e cantos adaptados do período de escravidão, e; linguagens contemporâneas como skate, hip hop, moda, estética preta e a 1a. Feira de Etnodesenvolvimento e Economia Solidária.

A ideia é que cada espaço se transforme em um mucambo – pequenos conjuntos de choupanas que compõem o todo do quilombo – em frente a Biblioteca. A área reservada à praça de alimentação será destinada a gastronomia africana, com destaque para as conhecidas receitas de bobó, acarajé e muqueca.

A instalação será composta por seis tendas de diferentes tamanhos, onde acontecerão debates, rodas de conversa e manifestações espontâneas. O palco para as apresentações musicais ocupará a parte frontal da edificação, voltado para a Esplanada dos Ministérios.

No sábado, as atividades começam as 14 horas com a Feira de Etnodesenvolvimento e Economia Solidária. das 15 às 18 horas ocorrem as Inserções Autogestionadas, que compreendem oficinas, painéis, exposições, seminários e reuniões. No período noturno estão previstas as apresentações de artistas locais e os musicais Elas Cantam Zilah, Cia Bantu e o Samba de Roda da Nega Duda.

Domingo, dia 06, o Quilombo Central abre as 10 horas com a Feira de Etnodesenvolvimento e Economia Solidária. Na parte da tarde, haverá o prosseguimento das Inserções Autogestionadas, recepção às delegações quilombolas de todo o País e shows com artistas locais.

A programação dominical do primeiro final de semana do Mês da Consciência Negra será concluída com a cantora paulistana Daúde. O show de jazz, blues e bossa nova começa às 22 horas.

Mas, o Quilombo Central não se resumirá em instalações artísticas, culturais e de reflexão, também abrigará com um dormitório e uma praça de alimentação, mil e quinhentos quilombolas.

A concentração da MARCHA NACIONAL NA CAMPANHA EM DEFESA DOS DIREITOS QUILOMBOLAS que está marcada para a segunda-feira, dia 07 de novembro, com concentração a partir das 07 horas da manhã, tendo como previsão de quatro mil Quilombolas. Após a marcha a Coordenação Nacional dos Quilombolas – CONAQ estará lançando a campanha: em Defesa dos Direitos Quilombolas , com a presença de autoridades do Governo Federal e do Distrito Federal.

A programação vespertina começa às 14 horas com a 1a. Feira de Etnodesenvolvimento e Economia Solidária e Inserções Autogestionadas. No meio da tarde, acontece a Marcha Nacional Quilombola, antecedendo as participações de artistas locais, às 19 horas.

Os dois últimos espetáculos da noite serão os da performática batuqueira maranhense Rita Ribeiro, ás 21horas e da percursionista e sambista carioca Martinália, as 22 horas.

A programação do Mês da Consciência Negra do Distrito Federal será retomada na quarta-feira, dia 9, as 15 h. O cine Brasília irá exibir a série “Heróis de Todo o Mundo”, projeto a Cor da Cultura e roda de conversa com membros do CIDAM, MEC ,Canal Futura e uma representante do Movimento Negro nacional, com realização da SEPPIR/PR, Fundação Roberto Marinho e apoio da SEPIRDF

No Dia Nacional da Consciência Negra, as atividades acontecem no estacionamento da Administração do Paranoá. Além das Inserções Autogestionadas, debates e feira de AFRO-ECOSOL e shows de artistas locais durante a tarde, a noite se apresentam o grupo Afrojow e a cantora paulistana Paula Lima.

SEPIRDF E SECULTDF LANÇAM EDITAL MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Voltado para a inclusão,valorização e visibilizarão da cultura afrobrasileira produzida por artistas do Distrito Federal e Entorno para as atividades do Mês da Consciência Negra. Nossas Cabeças.

Pensando na inclusão,valorização e visibilizarão da cultura afrobrasileira produzida por artistas locais a sepirdf e secultdf, lançam processo de seleção para a semana consciência Negra

Neste Processo irão ser contemplados 20 artistas locais que que desenvolvam trabalhos artísticos de matriz africana e afro-brasileira.

O período de inscrição dos grupos artísticos é de 25 de outubro até 01 de novembro de 2011 até às 18hs. Preencha a ficha de inscrição abaixo e envie para o e-mail [email protected]

As 20 apresentações estão divididas nas seguintes categorias:

•Dança,•Capoeira,•Música,•Teatro.

O resultado da votação pública será anunciado dia 10 de novembro.

O período de consulta pública, através do site da Secretaria de Cultura do Distrito Federal: e pelo Blog: www:sepir-gdf.blogsport.com

SEPIR DF RECEBE INSCRIÇÕES DE ATIVIDADES AUTOGESTIONADAS PARA ATIVIDADES DO MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA.

Também pode ser encontrado no blog da SEPIRDF, ficha de inscrição para a inscrição de atividades autogestionadas, para o mês da consciência negra do Distrito Federal. Cabe salientar que as inscrições são gratuitas e que as atividades serão um processo do grupo, movimento, rede que a inscrever, cabendo a SEPIRDF apenas ceder um espaço de debates no Quilombo Central, agendar horário e publicizar as atividades inscritas no período estipulado para inscrições , a grade das atividades . Oficinas, debates, seminários, poderão ser inscritos.

PERÍODO DE INSCRIÇÃO: de 27 de Outubro a 30 de Novembro

Ficha de Inscrição: Clique AQUI

ATIVIDADES DESCENTRALIZADAS DO CALENDÁRIO DO MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA:

de 07 a 25 de Novembro –

Cara e Cultura Negra

Locais: Centro de Convenções Ulysses Guimarães, Câmara Legislativa do Distrito Federal, Setor de Diversões Sul, Estações do Metrô, e Praça Zumbi dos Palmares

Realização: apoio: SEPIRDF e SECULTDF

de 17 a 19 de Novembro

Projeto Viva Zumbi –

Local: Praça Zumbi (CONIC)

Oficinas: Xekerês, Percussão em Tronco e Cabaças, Cantigas de Senzalas, Teatro, poesias e dança afro, medicina natural.

Hora: 17h

em 18 de novembro

I Encontro da Conscientização Negra do Gama

Local: Área Especial em frente Centro Cultural Itapuã

em 20 de novembro

Valeu Zumbi- de Palmares para o Mundo

hora: 9h as 18h no Valparaíso

em 20 de novembro

Valeu Zumbi- de Palmares para o Mundo

hora: 9h as 18h no Gama

Clube Tijupá – Etapa B quadra 56/57

de 23 a 25 Novembro

Latinidades – Mulheres Negras no Mercado de trabalho

Local:Pavilhão B, Parque da Cidade

www.afrolatinas.com.br

Realização: Griô Produções apoio: SEPIRDF e SECULTDF

+ sobre o tema

Holanda: Atores negros palcos brancos

"Ainda somos um público branco.  Se você estiver olhando...

Iza e Rincon fazem apresentação memorável em premiação. Assista

Iza ainda recebeu o prêmio de  “Melhor Música” com...

Luciana Oliveira canta Jovelina Pérola Negra no SESC Vila Mariana Dia 21/11

Luciana Oliveira canta Jovelina Pérola Negra no SESC Vila...

Moa do Katendê, morto em 2018, revolucionou cultura afrobrasileira e virou filme

Moa do Katendê já era uma pessoa bem conhecida...

para lembrar

Livro sobre atriz Ruth de Souza é lançado em São Paulo

Autor Julio Claudio da Silva fez tarde de autógrafos...

Taís Araújo encarna personagens masculinos em ensaio fotográfico

Taís Araújo mostrou seu lado camaleão em ensaio para...

A Tristeza dos Orixás

Por Fernando Sepe Foi, não há muito tempo atrás,...
spot_imgspot_img

Nota de Pesar – Darlah Farias

É com profunda tristeza que Geledés - Instituto da Mulher Negra recebe a notícia da passagem de Darlah Farias, uma militante negra e advogada...

Brasileiro dirige único teatro negro da Alemanha

"Ainda tenho um milhão de coisas para fazer", diz Wagner Carvalho, diretor artístico do teatro Ballhaus Naunynstrasse em Berlim, poucas horas antes da estreia da noite. Wagner não...

Bia Ferreira é anunciada no Rototom Sunsplash, em Benicassim (Espanha), um dos mais importantes festivais de Reggae do mundo

A cantora, compositora e multi-instrumentista Bia Ferreira acaba de ser anunciada como uma das atrações do Rototom Sunsplash, um dos mais importantes festivais de reggae do planeta,...
-+=