Dilma Rousseff advoga mão de obra angolana nas empresas brasileiras implantadas no país

Luanda – A Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, advogou hoje, quinta-feira, em Luanda, a contratação de trabalhadores angolanos pelas empresas brasileiras que operam no país.

“Um dos princípios da nossa cooperação, que gostaria e exijo que sejam aplicados em relação ao Brasil e que as empresas brasileiras que trabalham em Angola têm de contratar, empregar e incentivar trabalhadores angolanos, dirigentes angolanos, engenheiros angolanos, porque é isso que gostamos que façam no nosso país”, sublinho durante o discurso no Parlamento.

Por outro lado, prosseguiu, “as nossas empresas devem privilegiar também parcerias com empresas angolanas, bem como priorizar e aceitar a orientação e os planos dos países nos quais nós estamos a cooperar fraternalmente”.

Insistiu que, assim sendo, as empresas brasileiras têm de respeitar as condições, as regras e as determinações que o Governo legitimamente eleito de Angola estabelece para o país.

Lembrou que a cooperação entre os dois países vem desde a data da Independência e o Brasil tem dado a sua contribuição ao esforço nacional de soberania, de desenvolvimento e de construção da democracia.”Queremos continuar nesse caminho”.

 

 

Fonte: Mulher Negra

+ sobre o tema

Marieta Severo fala de papel na novela, racismo e dos ataques que sua família recebe nas redes

Atriz cita retrocessos na sociedade, celebra ressurgimento do feminismo...

Marina diz em NY que não mudará a economia

Por: CRISTINA FIBE Candidata do PV pede fim de...

Às agressões humanas, a Terra responde com flores

Mais que no âmago de uma crise de proporções...

Lula chega a 47% na Vox Populi; maioria considera prisão injusta

“A prisão de Lula, da forma como ocorreu, parece...

para lembrar

‘Não aguento mais ficar em casa’, diz Lula

Apenas três dias após ter sido submetido à primeira...

Juíza lança “O Negro no Século XXI”

Fonte: Portal Imbuí - "O Negro no Século XXI"....

África, não!

Namíbia, fica no sul da África e foi um...

Lançamento do marco regulatório do pré-sal

Brasília, 31 de agosto de 2009 ...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...

Em 20 anos, 1 milhão de pessoas intencionalmente mortas no Brasil

O assassinato de Mãe Bernadete, com 12 tiros no rosto, não pode ser considerado um caso isolado. O colapso da segurança pública em estados...
-+=