DOSSIÊ “Violências na Universidade: discriminações e suas manifestações”

CHAMADA PARA ARTIGOS – EDIÇÃO ESPECIAL PRAZO PRORROGADO.

 

Por palavras ou ações físicas, a violência tem se alastrado e proliferado no campo acadêmico brasileiro. Humilhações, discriminações e agressões estão fazendo parte do cotidiano de milhares de alunos e profissionais em universidades brasileiras, quer seja por classe social, cor ou etnia, sexo, gênero ou sexualidade. Até que ponto o preconceito tem afetado direta e indiretamente aqueles que permeiam pelas universidades brasileiras? Até onde a intolerância tem sido à força de ataques covardes e cruéis? Como a universidade brasileira vem se transformando em um público apático perante demonstrações de preconceito social, machismo, racismo e homofobia em pleno século XXI?

A Revista Três Pontos faz saber que está aberta ao recebimento de artigos para avaliação e publicação em sua edição especial, que teóricos e/ou empíricos reflitam sobre as expressões de machismo, racismo, homofobia e outras formas de preconceito enfrentadas em universidades brasileiras. Esse dossiê surge como uma resposta acadêmica as diversas experiências de discriminações e violências existentes em universidades no Brasil. Acreditamos que a produção e divulgação de conhecimento científico é uma forma de intervir na sociedade. A data-limite para envio de trabalhos para esse dossiê é o dia 07/10/2013.

As seguintes normas devem ser observadas:

I- O autor deve estar matriculado em algum curso de graduação ou ser formado há, no máximo, seis meses. Ao enviar o trabalho, deve fornecer também imagem de documento que ateste seu vínculo no ensino superior, como comprovante de matrícula ou diploma.

II- O autor deve especificar no assunto do e-mail que está submetendo seu artigo ao dossiê “Violências na Universidade: discriminações e suas manifestações”.

III – O trabalho deve estar em formato “.doc”; caso o autor o encaminhe em outro formato, o artigo será desconsiderado.

IV- O trabalho deve ser inédito (nunca ter sido publicado), sendo a originalidade do mesmo determinante para sua inclusão no periódico.

V- A norma culta da língua portuguesa deve ser respeitada, e os aspectos mais técnicos e especializados deverão se limitar ao essencial.

VI- A Revista Três Pontos publica trabalhos apenas da área das ciências humanas. Artigos de outras áreas serão desconsiderados.

VII- Os artigos deverão ter entre 4.000 e 8.000 palavras; as resenhas deverão ser sobre livros e não deverão ultrapassar 3.000 palavras; aceitamos também ensaios ligados às áreas sociais e afins. Trabalhos fora destes limites serão desconsiderados.

VIII- Todos os trabalhos submetidos passíveis de serem publicados, que atendam as normas acima, serão submetidos à avaliação de dois pareceristas anônimos. Apenas com o aceite de ambos o trabalho será incluído em nosso periódico.
IX- Os casos omissos serão definidos pelo Conselho Editorial.

Aceitamos trabalhos em forma de artigos, resenhas e ensaios. Todos os trabalhos submetidos deverão ser enviados ao nosso e-mail, [email protected], que também poderá ser acionado para maiores esclarecimentos.

Em caso de dúvidas ou para maiores informações: [email protected]

+ sobre o tema

Futura ministra diz que aborto é questão para o Legislativo

BRASÍLIA - A futura ministra da Secretaria de Políticas...

‘Sexo frágil’ – será?

Para início de conversa esse rótulo está ultrapassado. Em...

BA empossa 1ª transexual no serviço público do Estado

O transexual Paulo César dos Santos, de 25 anos,...

Índias levam bandeiras feministas às aldeias e assumem dianteira do movimento

Nascidas em aldeias indígenas no Acre, Letícia Yawanawá, 49...

para lembrar

Uso do tempo: especialistas discutem bases para melhorar pesquisas sobre impacto econômico e socia

Especialistas discutem bases para melhorar pesquisas sobre o uso...

NOTA PÚBLICA: Eleição da Primeira Presidenta Brasileira

A eleição da Senhora Dilma Rousseff como primeira Presidenta...

Natura estende benefício de berçário para os pais colaboradores

Decisão de ampliar o uso do espaço dentro da...
spot_imgspot_img

Projeto SETA participa do Fórum Global contra Racismo e Discriminação, promovido pela UNESCO

Entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro, o SESC São Paulo receberá a terceira edição do Fórum Global contra o Racismo e...

A guerra contra paridade de gênero nas cortes é obscena

"No estado de São Paulo, nas promoções, seja no critério da antiguidade ou no do merecimento, não há e nunca houve discriminação de gênero. É...

Empresas podem proibir que funcionários usem tranças no trabalho? Garçom denunciou injúria racial em restaurante

O depoimento de um garçom de 25 anos, que denunciou ter sido vítima de injúria racial no restaurante japonês onde trabalha, repercutiu na internet nesta...
-+=