terça-feira, setembro 21, 2021
InícioÁreas de AtuaçãoEducaçãoEdital de seleção: Fellowship de Pós-Doutorado Wikimedia / InternetLab

Edital de seleção: Fellowship de Pós-Doutorado Wikimedia / InternetLab

InternetLab é a primeira instituição brasileira a ser contemplada pelo fundo criado pela Wikimedia para promover uma representação mais justa e inclusiva étnico-racialmente no conhecimento livre. Para auxiliar no desenvolvimento do projeto, o InternetLab e a Wikimedia lançam processo de seleção para pós-doutorado em ciências humanas.

m agosto de 2021, a Fundação Wikimedia, organização global sem fins lucrativos que apoia a Wikipédia e outros projetos de conhecimento livre, anunciou o lançamento do Fundo de Igualdade no Conhecimento (Knowledge Equity Fund). O fundo foi concebido em junho de 2020, em meio aos protestos sobre a brutalidade policial e a injustiça racial nos Estados Unidos, e busca promover uma representação mais justa e inclusiva nos projetos da Wikimedia. A partir do apoio a organizações que trabalham diretamente para a promoção e proteção dos direitos humanos e do acesso ao conhecimento, o fundo visa ainda preencher lacunas nos estudos sobre desigualdades raciais. 

Em sua primeira concessão, seis destinatários foram contemplados: o InternetLab; o Arab Reporters for Investigative Journalism (ARIJ); o Fundo Borealis Philanthropy de justiça racial no jornalismo; a Howard University School of Law; o Institute for Intellectual Property and Social Justice (IIPSJ); a fundação STEM en Route to Change (SeRCH); e a Media Foundation of West Africa. Nós somos a primeira organização brasileira a ser beneficiada pelo fundo.

No InternetLab, temos trabalhado, desde a nossa fundação, com temáticas relacionadas aos marcadores sociais de gênero, raça, sexualidade e classe social. Ser uma das organizações beneficiadas pelo Fundo de Igualdade no Conhecimento é, para nós, uma oportunidade única para fortalecer pesquisas sobre a desigualdade étnico-racial na internet. A partir de um olhar interseccional, isto é, que considere também outros marcadores sociais nas barreiras encontradas para produção do conhecimento livre online, um de nossos objetivos é contribuir para a  compreensão sobre como se constroem as barreiras enfrentadas por pessoas negras e indígenas para acessar/produzir conhecimento online.

InternetLab e Wikimedia selecionam Fellow de Pós-Doutorado

Para nos ajudar a compreender como a desigualdade étnico-racial se desdobra na forma como o conhecimento livre online se produz e é acessado, parte do projeto financiará um fellow de pós-doutorado que será conduzido pela Wikimedia e pelo InternetLab. A vaga é exclusiva para pessoas que se autodeclaram negras ou indígenas. O InternetLab oferecerá suporte de idioma para participação em reuniões, conferências e outras ocasiões que envolvam o idioma inglês. O(a) candidato(a) selecionado(a) irá disponibilizar 30 horas semanais para desempenhar as atividades do programa. O prazo para candidaturas é 21 de setembro de 2021.

Entre as atividades a serem desenvolvidas pelo(a) fellow estão: participar ativamente da execução da pesquisa; produzir relatórios de pesquisa e documentos de recomendação; publicar textos e artigos de opinião na mídia para disseminar conhecimento sobre questões relacionadas à igualdade racial e à participação no conhecimento; organizar eventos educacionais (almoços, painéis de discussão, conferências etc.) em conjunto com o InternetLab; reunir-se com a equipe da Fundação Wikimedia mensalmente; auxiliar na organização de uma maratona de edição (edit-a-thon) para criação de verbetes na Wikipédia; e coordenar a realização de uma conferência sobre temas relacionados à fellowship.

A Fellowship

O programa tem duração de um ano, com início em outubro de 2021. A finalidade é pesquisar o impacto do racismo sistêmico e do acesso digital em pessoas negras e indígenas no Brasil, a fim de explorar as barreiras à participação online dessas pessoas no conhecimento, e identificar como a desigualdade racial é refletida na disponibilidade de conteúdo online em português e no território brasileiro.

Possíveis questões a serem pesquisadas pelo(a) fellow são: 

  • Quais são as barreiras mais urgentes para a participação e/ou produção de pessoas negras e indígenas no conhecimento online? [por exemplo. acesso e acesso significativo, alfabetização digital, etc]
  • Em que medida a violência online é um obstáculo à participação em espaços de produção de conhecimento digitais?
  • As comunidades negras são afetadas de forma desproporcional pela desinformação?
  • Como a desigualdade racial e étnica se reflete na disponibilidade de conteúdo online que tematize essas questões em português e no Brasil? [por exemplo. intelectuais negros e indígenas; cultura negra e indígena; personalidades históricas negras e indígenas]
  • Como as questões anteriores podem ser articuladas à representação desigual no conhecimento produzido offline? [por exemplo: violência epistêmica; epistemicídio; representação em repositórios de conhecimento ou nas universidades]
  • Quais políticas afetaram a igualdade racial offline ou online no conhecimento no Brasil? Há um continuum entre a baixa representação de pessoas negras e indígenas nos espaços de conhecimento mais tradicionais (como universidades) e os obstáculos encontrados para as pessoas negras e indígenas produzirem conhecimento online?
  • O conhecimento livre, licenciado gratuitamente, pode desempenhar um papel na melhoria da equidade racial no Brasil?
  • Como outros marcadores sociais, como gênero, classe, sexualidade e idade, interagem com essas questões?
RELATED ARTICLES