Enem perde 17,5% dos inscritos em SP

Por: ANGELA PINHO

Sem utilização da nota nos vestibulares da USP e da Unicamp, exame tem 170 mil participantes a menos em 2010

No geral do país, porém, Enem bate o terceiro recorde seguido de procura, com cerca de 4,6 milhões de inscritos

Após a USP e a Unicamp terem desistido de usar a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em seus processos seletivos deste ano, a participação dos alunos de São Paulo no exame caiu 17,5%.

No ano passado, 1.003.474 estudantes de todo o Estado se inscreveram para a prova. Neste ano, foram 827.818.

As duas universidades estaduais alegam que o Enem deste ano será realizado muito tarde, em 6 e 7 de novembro, o que impede que a nota no exame seja computada.

As instituições afirmam que isso não significa que em 2011 elas não vão utilizar a nota do exame.

Em 2008, a prova foi marcada para outubro, mas, após a descoberta de que originais haviam vazado, acabou adiada para o início de janeiro, o que levou as duas instituições a desistir de computar a nota do Enem.

As universidades estaduais são responsáveis por cerca de 80% das vagas públicas oferecidas no Estado de São Paulo, que tem a menor presença do país de universidades federais, considerando o número de alunos matriculados no ensino médio (antigo segundo grau).

Unesp, a outra estadual paulista, usará o desempenho do aluno no Enem no cálculo da nota na segunda fase de seu processo seletivo.

Para Tadeu Terra, do sistema de ensino COC, a queda no número de inscritos no Estado neste ano não tira a importância do exame.

“A tendência é que, na hora em que as datas sejam estabilizadas, as universidades de São Paulo voltem a usar o Enem. Mas isso vai depender muito do que o próximo governo propuser para a prova”, disse.

O Ministério da Educação disse ontem que não comentaria o número de inscritos no Enem por Estado.

Ao anunciar a data deste ano, o ministério justificou que a realização da prova em outubro seria mais difícil, já que dois dos finais de semana no mês serão ocupados por eleições.

NO PAÍS, FOI RECORDE
Se a adesão em todo o país for considerada, o exame teve neste ano o terceiro recorde seguido no número de inscritos: 4,6 milhões.
No ano passado, foram 4,4 milhões, mas o adiamento da prova depois que ela vazou acabou causando abstenção também recorde: 39,5%.

 

 

Fonte: Folha de S. Paulo

+ sobre o tema

FNDE lança plataforma Antonieta de Barros, iniciativa para consolidar dados da educação brasileira

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia...

Termina hoje (14) prazo para inscrição no Enem

Termina hoje (14) o prazo para inscrições no Exame...

Estudantes têm até esta sexta-feira (14) para se inscrever no Enem

Termina nesta sexta-feira (14) o prazo para inscrições no Exame...

Harvard lança mais de 100 cursos gratuitos e legendados em português

Os cursos disponíveis são divididos nas áreas a seguir. Artes...

para lembrar

Curso: Espaços culturais – lugares de livre associação

A Comunidade Cultural Quilombaque, movimento político étnico cultural regido...

Fundação Palmares coordenará programa de cooperação internacional Conexão Brasil-África

A Fundação Cultural Palmares (FCP) coordenará a construção da...

Programa vai levar 540 professores de inglês da rede pública para os EUA

Intercâmbio de seis semanas vai aprimorar idioma e práticas...
spot_imgspot_img

Quem se inscreveu no Enem 2024 tem até quarta-feira (19) para pagar taxa

O participante que se inscreveu no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 têm até a próxima quarta-feira (19) para pagar a taxa de...

FNDE lança plataforma Antonieta de Barros, iniciativa para consolidar dados da educação brasileira

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC), lançará na próxima terça-feira, 18, a plataforma Antonieta de...

Termina hoje (14) prazo para inscrição no Enem

Termina hoje (14) o prazo para inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os interessados devem acessar a Página do Participante e utilizar o cadastro...
-+=