“Eu sou machista, sim! Vagabunda!”: homem em protesto do MLB ataca mulher da Marcha da Consciência Negra em SP

O MBL e o Vem Pra Rua convocaram uma manifestação em apoio à operação Lava Jato para a mesma data e local que a XIII Marcha da Consciência Negra, na Av. Paulista, em São Paulo. “Vem tirar foto do meu pau”, disse o homem. Assista

Do Revista Fórum

De acordo com o coletivo Jornalistas Livres, manifestantes de um protesto do MBL e do Vem Pra Rua teriam atacado, na tarde deste domingo (20) membros da XIII Marcha da Consciência Negra, na Av. Paulista, em São Paulo. Um vídeo gravado pelo coletivo mostra um homem que, ao se deparar com as pessoas gravando as ofensas, começou a atacar.

“Vem tirar foto do meu pau. Eu tô louco, sim! E sou machista, sim! Vagabunda”, esbravejou o homem, que estava com um chapéu do Brasil, para uma mulher que participava da marcha que ocorre todo ano naquele local. Entre os de verde e amarelo, gritos de apoio ao juiz Sergio Moro.

“Tanto o ‘Vem Pra Rua’ quanto o ‘MBL’ mobilizam desde a parte mais hipócrita da classe média alta, batedores de panelas e jovens desinformados, até setores mais retrógrados que chegam a pedir intervenção militar no país, com participação já comprovadas de fascistas e neo-nazistas. Eles também se destacam pela forma desavergonhada e até violenta com que expõe seu racismo e sua homofobia”, havia alertado um dia antes, em seu blog, o ativista do movimento negro Douglas Belchior.

A XIII Marcha da Consciência Negra foi convocada por entidades, coletivos e movimentos sociais do movimento negro e teve início às 11h em frente ao Masp, na avenida Paulista. Denunciando o racismo, o ato reuniu milhares de homens e mulheres que desceram a rua da Consolação até o Teatro Muncipal, onde a manifestação foi encerrada.

+ sobre o tema

Machismo e racismo continuam desequilibrando a disputa eleitoral

Levantamento do Inesc feito a partir do cruzamento de...

ONU busca mulheres para cargos de direção de operações de paz e missões políticas

Banco de Talentos de Mulheres Experientes, ou Senior Women...

Machismo: por que os médicos não acreditam em mim?

A situação da saúde no Brasil é conhecida pela...

Medalha Theodosina Ribeiro – Conheças as homenageadas 2015

Reconhecer o trabalho e as ações de mulheres que...

para lembrar

Estupro em potencial – para pensar a cultura do estupro

Atualmente, discute-se se existe ou não algo como uma...

Grupo de mulheres pede em Brasília descriminalização do aborto

Elas se reuniram ontem com o presidente do STF,...

Ollie Johnson, cientista político: ‘O racismo segue vivo e perigoso no Brasil e nos EUA’

Professor de Estudos Afroamericanos na Wayne University (Detroit) esteve...

A mulher no noticiário brasileiro durante a Copa do Mundo 2014

Somente 23% das pessoas vistas, ouvidas ou a respeito...
spot_imgspot_img

Homens ganhavam, em 2021, 16,3% a mais que mulheres, diz pesquisa

Os homens eram maioria entre os empregados por empresas e também tinham uma média salarial 16,3% maior que as mulheres em 2021, indica a...

Escolhas desiguais e o papel dos modelos sociais

Modelos femininos em áreas dominadas por homens afetam as escolhas das mulheres? Um estudo realizado em uma universidade americana procurou fornecer suporte empírico para...

Ministério da Gestão lança Observatório sobre servidores federais

O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) lança oficialmente. nesta terça-feira (28/3) o Observatório de Pessoal, um portal de pesquisa de...
-+=