EUA: relatório afirma que gays negros são mais vulneráveis ao HIV

“É a pior epidemia em todo o mundo desenvolvido, e uma epidemia que rivaliza com grande parte do mundo em desenvolvimento”. Foi com essas palavras que Phil Wilson, presidente e chefe executivo do Black AIDS Institute, analisou a vulnerabilidade dos gays e bissexuais negros ao HIV nos Estados Unidos.

Getty Images/T.Weidman

Um relatório intitulado Back of the Line: The State of AIDS Among Black Gay Men in America (Atrás da Linha: O Estado da Aids entre Gays Negros na América), lançado às vésperas da 19ª Conferência Internacional de Aids, que se inicia no próximo dia 22, e produzido pela própria Black AIDS Institute, mostra que a prevalência do HIV entre gays negros é duas vezes maior que entre os brancos nos Estados Unidos, segundo a agência de notícias AFP.
Além disso, gays e homens bissexuais negros têm sete vezes mais chances de possuírem HIV sem dignóstico em comparação com gays não negros – e também são menos propensos a estarem vivos três anos depois de serem diagnosticados com Aids quando comparados com gays ou bissexuais brancos ou latinos.

Para Phil Wilson, gays e homens bissexuais negros “ainda estão sendo devastados pelo HIV e pela Aids”. O ativista também atacou os grupos organizados gays tradicionais, que, segundo ele, não têm prestado a devida atenção ao assunto.

No Brasil, pesquisas como as realizadas pela Associação Cultural de Mulheres Negras, Unicamp e fomentadas pelo próprio Ministério da Saúde também têm mostrado uma maior vulnerabilidade da população negra e parda ao HIV, o que, por sua vez, tem relação com a maior vulnerabilidade social desse segmento.

Fonte: A Capa

+ sobre o tema

Sobre transexualidade, feminismo interseccional e sororidade

“Não se nasce mulher, torna-se.” Zaíra Pires para o Blogueiras Negras Creio que...

Site oferece guia sobre ‘como estuprar uma mulher na UFMG’

Texto afirma que 'a mulher mineira é famosa por...

Mulheres de Axé: caminhando pra resistir!

Desde 2008, uma modificação na lei brasileira considera crime...

Mulheres negras são mais vítimas de violência que as brancas

As mulheres negras são mais vítimas de violência que...

para lembrar

Minha transição capilar

Eu tenho 22 anos e lembro da primeira vez...

Jean Wyllys: “Não é fácil lidar com a estupidez”

Jean Wyllys é jornalista, professor universitário e deputado federal. Quando...

Gilmar Mendes determina adoção de medidas para garantir respeito à identidade de gênero no SUS

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, determinou ao Ministério...

“Minha empregada é muito abusada”

O recalque da perda da posse por parte da...
spot_imgspot_img

Zezé Motta recebe Preta Gil, Sheron Menezzes e Aline Wirley no ‘Especial mulher negra’

Artista que acabou de completar 80 anos, Zezé Motta recebe Aline Wirley, Preta Gil e Sheron Menezzes no “Especial mulher negra”, que será exibido...

Julho das Pretas: ‘Temos ainda como horizonte sermos livres das amarras históricas’, diz ativista

No dia 25 de julho será celebrado o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. E em alusão a data, o Julho das Pretas é realizado...

Meninas negras de até 13 anos são maiores vítimas de estupro no Brasil; crime cresceu 91,5% em 13 anos

O número de estupros no Brasil cresceu e atingiu mais um recorde. Em 2023, foram 83.988 casos registrados, um aumento de 6,5% em relação ao ano anterior....
-+=