Evento ‘Novembro Negro’ resgata histórias e evidencia a educação em Siderópolis

Iniciativa trouxe à cidade histórias, dados, lutas, dificuldades e inovações na educação

Do Engeplus

Foto: Eduardo Scussel / Prefeitura Siderópolis

“Eu tive um sonho. Sonhei que meus filhos vão um dia viver em uma nação onde não serão julgados pela cor de sua pele, mas pelo conteúdo de seu caráter”. Esta frase dita por Martin Luther King Jr. evidencia a cultura afro e foi o tema principal do evento “Novembro Negro” realizado nesta sexta-feira, 26, em Siderópolis.

O encontro teve a realização da EEB Sílvio Ferraro e trouxe à cidade histórias, dados, lutas, dificuldades e inovações na educação. O primeiro palestrante é mestre em educação pela Unicamp, Mauricio da Silva, no evento o convidado palestrou sobre o tema: “O Brasil, os Homens e as Mulheres Negras, 130 Anos Depois da Abolição da escravatura”. A segunda palestrante é doutorada em história pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Lucy Cristina Ostteto que conversou com os presentes sobre “Feminismo Negro e Pedagogias decoloniais: aportes para o enfrentamento da diferença colonial”. Já o doutor em letras da Universidade de São Paulo (USP), Deonisio da Silva, palestrou sobre o tema: “Ai de mim, Siderópolis: Sonho e Caminho de um Pós-Imigrante”, fechando a primeira parte do evento.

“Somos inovadores na educação. Elencar este tema com o resgate da cultura afro serve de inspiração e mostra os cuidados básicos que devemos ter em relação às nossas crianças que são o futuro de uma geração”, comentou o prefeito de Siderópolis, Hélio Cesa.

No período vespertino iniciou a segunda parte do evento com o educador social Franklin dos Passos, palestrando sobre o tema: “Já nasci condenado”. A graduanda em psicologia pela UFSC conversou com os presentes sobre a psicologia nas relações étnico-raciais. Para fechar o evento a mestre em história pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Ana Júlia Pacheco, trouxe aos presentes o tema: “A luta antirracista no Brasil: Aspecto Histórico do Movimento Negro”.

“A educação é nossa maior riqueza, é por meio dela, que bons cidadãos são formados, por isso buscamos trabalhar firme e forte para levar uma educação de qualidade para às crianças de Siderópolis”, ressaltou a Secretária de Educação, Rosângela Rossa.

O evento é uma parceria do Governo Municipal de Siderópolis, por meio da Secretaria de Educação, Movimento Negro Cruz e Sousa, Fórum da Mulher Negra e a Academia de Letras e Artes de Siderópolis (Alasi).

Colaboração: Jatene Macedo / Prefeitura Siderópolis

Foto: Eduardo Scussel / Prefeitura Siderópolis

+ sobre o tema

Levantamento mostra que menos de 10% dos monumentos no Rio retratam pessoas negras

A escravidão foi abolida há 135 anos, mas seus...

“Black Panther” chega ao Smithsonian no outono..

Sucesso de bilheteira mundial, “Black Panther” conquista agora um...

Escolhemos 32 músicas que embalaram todo o tipo de amor. Qual é a sua?

Sabemos que faltam muitas músicas e muitos cantores e...

Isaac Silva estreia na SPFW com axé e looks brancos

"Acredite em seu axé". A frase é uma marca...

para lembrar

Mandela: Uma centena de pombas brancas libertadas à porta de hospital

Dois empresários sul-africanos libertaram 100 pombas brancas esta terça-feira...

Estudantes do Rio combatem machismo e racismo com projeto transformador

Com o título Solta esse Black, alunas da Escola Municipal...

Gal Martins: O movimento que faz a diferença

Como Gal Martins levou a linguagem da dança contemporânea...

Entrevista com o ator Edson Cardoso (Jacaré)

“Uma das fontes inesgotável para a criação do personagem...
spot_imgspot_img

Mães e Pais de Santo criam rede de solidariedade para apoiar comunidades de matriz africana afetadas no Sul

Quando a situação das enchentes se agravou no Rio Grande do Sul, Ialorixás e Babalorixás da cidade de Alvorada, região metropolitana de Porto Alegre,...

Mostra Competitiva Adélia Sampaio recebe inscrições de filmes de mulheres negras até 16 de junho

A 6ª edição da Mostra Competitiva de Cinema Negro Adélia Sampaio está com inscrições abertas para filmes dirigidos por mulheres negras de todo o...

Iza anuncia que terá uma menina e o nome será Nala

O primeiro bebê de Iza e Yuri Lima já teve o sexo revelado: será uma menina. A cantora contou a novidade aos fãs na noite desta segunda-feira (13),...
-+=