Exposição de selos mostra a história dos negros no Brasil; confira fotos

Um século e meio de história da cultura negra no Brasil retratada por meio de selos. Essa é a exposição Orisun Asa: Celeiro de Brasilidade, em cartaz no Centro Cultural Correios, de Fortaleza, até o dia 10 de agosto. A mostra exibe as lutas, conquistas e dificuldades enfrentadas pelo povo africano ao longo de todos esses anos e faz um convite à reflexão sobre o racismo e perseguições que ainda persistem na nossa sociedade atual.

Oriunda da língua yoruba, a expressão “orisun asa”, que se pronuncia “orissum assá”, significa “nascente ou raiz da cultura” e foi escolhida pelos curadores da mostra para ilustrar o sentimento dos africanos que vieram ao Brasil.

Criando uma dinâmica tridimensional na expografia, a mostra também exibe objetos e cenários que ilustram a história contada nos selos. O visitante tem, assim, um reconhecimento imediato do assunto. A intenção é provocar uma reflexão sobre quem somos e como somos, já que todos somos brasileiros, mestiços e a influenciados pela cultura negra.

Orisun-Asa1

Orisun-Asa2

orisun asa3

Confira imagens:

Serviço Exposição Orisun Asa: Celeiro de Brasilidade
Quando: até 10 de agosto, das 8 às 17h (de segunda à sexta).
Onde: Espaço Cultural Correios Fortaleza (Rua Senador Alencar, 38 – agência central).
Visitação gratuita.
Outras informações: 3255 7262.

 

 

Fonte: Revista Afro 

+ sobre o tema

Uma pitada de Magia Negra – Em cada conto tem um canto.

Estava eu voltando do mercado, carregada de mudas, ervas...

Prêmio Movimentos Criativos contempla jovens negros(as)

Um + Um = Três! Quando somamos o melhor...

O Lima Barreto que nos olha

O que vemos só vale – só vive –...

para lembrar

José Sabóia

José Sabóia do Nascimento (Almadina BA 1949) {gallery}artes/saboia{/gallery}...

Maurício Pestana

Maurício Pestana, publicitário, cartunista, escritor e roteirista, com trabalhos...

Último reduto do macho

No futebol, até mesmo falar publicamente contra a discriminação...

Presidente do Flamengo demite o técnico Andrade e o vice de futebol

  A presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, demitiu...
spot_imgspot_img

Casa onde viveu Lélia Gonzalez recebe placa em sua homenagem

Neste sábado (30), a prefeitura do Rio de Janeiro e o Projeto Negro Muro lançam projeto relacionado à cultura da população negra. Imóveis de...

No Maranhão, o Bumba meu boi é brincadeira afro-indígena

O Bumba Meu Boi é uma das expressões culturais populares brasileiras mais conhecidas no território nacional. No Maranhão, esta manifestação cultural ganha grandes proporções...

“O batuque da caixa estremeceu”: Congado e a relação patrimonial

“Tum, tum-tum”, ouçam, na medida em que leem, o som percussivo que acompanha a seguinte canção congadeira: “Ô embala rei, rainha, eu também quero...
-+=