Guest Post »

Falsa revista de moda espanhola escondia um guia contra a violência machista

Polícia Local de Dénia identificou 24 vítimas de violência de gênero que nunca haviam denunciado graças as 70 publicações que distribuiu por 18 estabelecimentos frequentados por mulheres  

Por Cristina Vázquez, do El País

A reportagem sobre 10 melhores destinos para viajar escondia conselhos às vítimas de violência de gênero. (Reprodução/El País)

Uma falsa revista feminina camuflava um guia contra os maus-tratos. Esse foi o método nada ortodoxo com que o município de Dénia (Espanha) conseguiu descobrir novos casos de violência machista. Setenta exemplares dessa falsa revista de moda e viagens circularam durante quase dois anos por 18 estabelecimentos frequentados por mulheres do município, o que serviu para que 24 mulheres que nunca haviam denunciado pedissem ajuda.

Não era só mais uma publicação: uma reportagem de como fazer sucesso no Instagram ensinava na realidade a averiguar se eram vigiadas nas redes sociais por seus companheiros e como evitá-lo; outro artigo dedicado aos 10 melhores destinos para viagens aconselhava como sair de casa no caso de perigo; e a entrevista com uma pessoa conhecida escondia na realidade depoimentos de outras vítimas que romperam as correntes. E assim no restante das páginas de uma revista da qual a essas alturas não resta nenhum rastro.

A Polícia Local de Dénia e sua unidade contra a violência de gênero, Artemis, apresentaram nessa semana, pelo dia internacional contra a violência de gênero, os resultados de uma experiência piloto que foi mantida em segredo até hoje pela segurança das vítimas.

Continue lendo aqui

Related posts