Guest Post »

Família Cunha tem frota de luxo: Porsches, BMW e cinco SUVs

Frota do casal Cunha tem dois Porsches uma BMW e cinco SUVs. Patrimônio declarado do presidente da Câmara cresceu 214% nos últimos anos. Documentos exibidos em rede nacional nesta sexta-feira (16) comprovam contas do deputado na Suíça

Do Pragmatismo Politico

A PGR (Procuradoria Geral da República) identificou uma frota de carros de luxo que são utilizados pela família do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e que estaria em nome de empresas ligadas a Cunha e à sua mulher, a jornalista Cláudia Cruz. Entre os veículos, avaliados em R$ 940 mil, há dois Porsches, uma BMW e cinco SUVs.

Os dados revelados pela PGR fazem parte do novo pedido de abertura de inquérito feito pelo órgão contra Cunha, Cláudia Cruz, e a filha de Cunha, Danielle Cunha.

Na última quinta-feira (15), o STF (Supremo Tribunal Federal) autorizou a abertura do novo inquérito contra os três para, entre outras coisas, investigar as contas secretas na Suíça atribuídas a Cunha e a Cláudia Cruz.

Segundo a PGR, há indícios de que o dinheiro movimentado pelas contas, que não foram declaradas por Cunha à Justiça Eleitoral, tenha origem no pagamento de propinas do esquema investigado pela operação Lava Jato, que apura irregularidades em contratos de estatais como a Petrobras e a Eletronuclear.

O pedido de abertura de inquérito contra Cunha, Cláudia Cruz e sua filha, utiliza dados do Infoseg, uma rede nacional de informações sobre segurança pública. Segundo os dados apresentados pela PGR, o carro mais caro da frota utilizada pelo casal é um Porsche Cayenne S, ano 2013.

O automóvel é avaliado em R$ 429,4 mil e está em nome de uma das empresas do casal, aJesus.com, firma supostamente especializada em serviços de “promoções e propaganda”. O segundo mais caro é um outro Porsche Cayenne, ano 2006, avaliado em R$ 122,6 mil, registrado em nome Cláudia Cordeiro Cruz.

A PGR alega, também, que entre 2002 e 2014, o patrimônio declarado por Eduardo Cunha à Justiça Eleitoral aumentou 214%, saindo de R$ 522.768,00 em 2002 para R$ 1.649.226,10 em 2014.

Documentos na TV

Autoridades do governo da Suíça enviaram à PGR (Procuradoria Geral da República) cópias do passaporte, assinatura e dados pessoais de Eduardo Cunha que comprovariam que a existência das contas atribuídas a Cunha no país europeu.

Os documentos foram exibidos pelo “Jornal Hoje”, da TV Globo, na tarde desta sexta-feira (16). Eduardo Cunha nega ter contas no exterior.

De acordo com a reportagem, as contas de Cunha na Suíça receberam depósitos de pelo menos 4,8 milhões de francos suíços e US$ 1,3 milhão, equivalentes a R$ 23,8 milhões. Segundo a PGR, há indícios de que a origem dos recursos foi o pagamento de propina no esquema investigado pela operação Lava Jato.

A apresentação de documentos que comprovam a abertura de contas em favor de Cunha e sua família no exterior acontece na mesma semana em que o PSOL e a Rede denunciaram o parlamentar junto ao Conselho de Ética da Câmara.

Cunha é acusado de ter mentido durante seu depoimento à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras, em março deste ano. Na ocasião, Cunha negou ter contas no exterior.

Related posts