terça-feira, dezembro 1, 2020

    Tag: Eduardo Cunha

    Bomba atômica: JBS delata Temer, Aécio e compra do silêncio de Cunha

    Donos da JBS, o empresário Joesley Batista e seu irmão Wesley foram ao STF fazer uma denúncia explosiva ao ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato; eles têm gravações de Michel Temer dando aval para a compra do silêncio de Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara e deputado cassado, hoje condenado e preso; já o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley; o dinheiro foi entregue a um primo do presidente do PSDB, numa cena devidamente filmada pela Polícia Federal, segundo denúncia feita pela Globo Do Brasil247 Donos da JBS, os empresários Joesley Batista e seu irmão Wesley fizeram nesta quarta-feira 17 uma denúncia explosiva ao ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, segundo o jornal O Globo. Os empresários disseram ter gravações de Michel Temer dando aval para a compra do silêncio de Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara e deputado cassado, ...

    Leia mais
    (Foto: Reprodução/ Twitter)

    Moro, mais uma vez, protege Cunha

    o juiz sérgio moro, cuja batata já está assando – mirai no exemplo de barbosa – , mostrou mais uma vez que sua obsessão é Lula da Silva. Por  Lelê Teles para o Portal Geledés  Reprodução/ Twitter ele e somente ele. moro, veloz como uma raposa ao avançar sobre qualquer pessoa próxima de Lula, demorou um ano para encontrar cláudia cruz em casa e quando o fez… mandou um funcionário público, pago com grana minha, para lhe devolver os passaportes. veja que mimo. ela continua livre, leve e solta, com o zóião arregalado e comprando sapatos de 5 mil lascas. num é de lascar? houve um tempo em que cunha andava por aí frio e sorridente, fazendo negócios escusos às escâncaras – chegou a anunciar a construção de um shopping, na câmara, pra mulher dele bater perna e bater bolsa. todos queriam andar na mesma calçada ...

    Leia mais

    Câmara dos Deputados cassa mandato de Eduardo Cunha

    A Câmara dos Deputados decidiu nesta segunda-feira (12) cassar o mandato do Por Felipe Amorim e Leandro Prazeres Do Uol A Câmara dos Deputados decidiu nesta segunda-feira (12) cassar o mandato do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acusado de ter mentido ao afirmar que não possuía contas no exterior em depoimento na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras no ano passado. Assim, Cunha perde o mandato e fica inelegível até 2027. Ele também perde o foro privilegiado e pode ser julgado pelo juiz Sergio Moro. A cassação foi aprovada por 450 votos a favor, 10 contra e 9 abstenções; 470 deputados participaram da sessão, incluindo o presidente da Casa, que só votaria se houvesse empate. Ao deixar o plenário após a votação, Cunha ouviu gritos de "adeus, Cunha" e "fora". Em seu discurso no plenário antes da votação, Cunha negou ter mentido à CPI e relacionou sua cassação ao processo de impeachment da ...

    Leia mais

    Cunha, desesperado, já ameaça aliados com delação premiada

    Cunha está sob forte pressão, diante da possível escolha de um nome “hostil” para a Presidência da Câmara Do Correio do Brasil A noite insone, após a renúncia no final da tarde passada, levou o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB/RJ) agravou o estado emocional do ex-presidente da Câmara e, nesta manhã, conversou com os poucos aliados que lhe restaram sobre uma possível delação premiada, caso seja pedida a sua prisão preventiva, conforme processo em tramitação no Supremo Tribunal Federal. Deputado da base de Cunha, ouvido pela reportagem do Correio do Brasil, avalia como “bastante possível que ele faça um acordo com a Justiça”, na tentativa de evitar o encarceramento dele, da mulher, Cláudia Cruz, e da filha, Danielle. Cunha está sob forte pressão, diante da possível escolha de um nome “hostil” a Cunha na Presidência da Câmara. Os nome que ele considera viáveis, caso não haja consenso em torno de Rogério ...

    Leia mais

    Janio alerta para a cidadania italiana de Cunha

    Jornalista destaca o fato de a dupla cidadania de Eduardo Cunha não ser objeto de curiosidade nem da imprensa, nem da própria Operação Lava Jato; ao mencionar uma possibilidade de fuga, aparentemente não demonstrada pelo peemedebista, Janio de Freitas diz que "a esquecida ou ignorada cidadania italiana de Eduardo Cosentino da Cunha (...) passa a ter uma importância judicial não prevista, contra uma utilidade previsível por seu detentor"; "O cidadão italiano tem a paz que o cidadão brasileiro perdeu", observa Do Brasil247 O jornalista Janio de Freitas se atenta para um fator importante envolvendo o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ): a cidadania italiana do deputado. A notícia ganha importância diante do fato de que Cunha, prestes a ter o mandato cassado, também pode ver em breve o STF aceitar o pedido de prisão apresentado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra ele. "A esquecida ou ignorada cidadania italiana ...

    Leia mais

    Cunha ameaça Temer: se cair, leva 150 deputados

    O deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está na linha de tiro da procuradoria-geral da República e do Supremo Tribunal Federal, mandou um recado ao interino Michel Temer: se cair, sairá atirando; Cunha disse ainda que leva com ele 150 deputados, um senador e um dos ministros mais próximos a Temer; na semana passada, Cunha temia ser preso; sua esposa Cláudia Cruz se tornou ré, em Curitiba, ao alcance do juiz Sergio Moro, e uma nova denúncia contra ele foi oferecida; em editoriais publicados neste fim de semana, Globo e Estado de S. Paulo cobraram de Temer que não faça nenhum gesto para salvar seu principal aliado Do Brasil247 O deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está na linha de tiro da procuradoria-geral da República e do Supremo Tribunal Federal, mandou um recado ao interino Michel Temer: se cair, sairá atirando e poderá levar com ele cerca de 150 deputados, ...

    Leia mais

    Dinheiro público foi convertido em sapatos para mulher de Cunha, diz procurador

    Força-tarefa da Lava Jato acusa mulher de Eduardo Cunha, Cláudia Cruz, de lavar mais de US$ 1 milhão no exterior Do iG O coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, procurador Deltan Dallagnol, afirmou nesta quinta-feira (9) que "dinheiro público foi convertido em sapatos e em roupas de grife", em referência à lavagem de dinheiro atribuída a Cláudia Cruz, mulher do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Cláudia Cruz é ré em ação penal por lavagem de dinheiro e evasão de divisas por decisão do juiz federal Sérgio Moro, que acolheu denúncia criminal da Procuradoria da República. Na denúncia, a Procuradoria sustenta que "mais de US$ 1 milhão" foram lavados por Cláudia, inclusive por meio da aquisição de artigos de luxo no exterior. O dinheiro, afirmam os procuradores teve origem em propina que Eduardo Cunha teria recebido em uma transação da Petrobras na África. "Essa propina foi recebida pelo Eduardo Cunha numa conta ...

    Leia mais

    Mulher e filha de Cunha dizem que ele abastecia conta na Suíça

    A mulher e a filha do presidente da Câmara afastado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmaram que a conta que estava no nome delas na Suíça era “abastecida” pelo peemedebista. Cláudia Cruz e Danielle Dytz prestaram depoimento no dia 28 de abril à força-tarefa da Lava Jato em Curitiba e negaram irregularidades nos gastos milionários realizados pela família no exterior. Do DCM Durante manifestação no Conselho de Ética da Câmara nesta quarta-feira, 1, a defesa do peemedebista reiterou diversas vezes que não havia provas materiais da existência de contas fora do País atribuídas a Cunha. O relator do caso sugeriu a cassação do peemedebista. Segundo Cláudia, a conta batizada de Kopep “foi aberta única e exclusivamente para custeio dos filhos no exterior”. Ela afirmou à força-tarefa que “não declarou as contas às autoridades brasileiras porque quem era o responsável por isso” era Cunha. A mulher do peemedebista disse ainda que não fazia ...

    Leia mais

    Suíça abre inquérito contra Cunha

    A Suíça abriu um processo penal contra Eduardo Cunha, o presidente da Câmara do Brasil, por suspeita de lavagem de dinheiro e bens apreendidos em seu nome, confirmou o gabinete do Procurador-Geral da Confederação Suíça nesta quinta-feira Por Luis Nassif Do GGN Segundo as autoridades suíças, o processo penal contra Cunha foi aberto "em razão de suspeita de lavagem de dinheiro, posteriormente alargada com corrupção passiva", disse a Procuradoria Geral do país em um comunicado enviado na quinta-feira. Em março de 2015, os promotores suíços anunciaram ter descoberto mais de 300 contas em mais de 30 bancos suíços que eles suspeitam estarem ligados ao enorme escândalo de corrupção e lavagem de dinheiro na empresa estatal de petróleo brasileira. A Suíça congelou cerca de US$ 400 milhões em contas suíças em sua investigação Na mesma época, a Procuradoria suíça abriu um inquérito contra o presidente da Câmara Eduardo Cunha, depois que bancos ...

    Leia mais

    Barbara Gancia diz que Band determinou que ela não falasse de Cunha

    Barbara Gancia: “Fui demitida da Band porque me recusei a pegar leve com Eduardo Cunha” Por Luis Nassif Do GGN Em ato no Sindicato dos Jornalistas contra o golpe e pela democracia, a jornalista Barbara Gancia contou bastidores de sua demissão da Band News FM. “Nos fizeram acreditar que o Lula inventou a luta de classes. Na década de 60 nós já andávamos de carro blindado”, disse. “Fui demitida da Band porque me recusei a pegar leve com o Eduardo Cunha”, afirmou. “Um belo dia recebo uma orientação: você não pode falar do Eduardo Cunha porque ele é primo do Johnny Saad (dono da emissora). Como assim? Eu sou comentarista, jamais podia aceitar uma coisa dessas”.

    Leia mais

    Presidente da Câmara e oposição buscam formas de driblar pontos e adiar a votação do impeachment para um momento “mais adequado”

    Presidente da Câmara e oposição buscam formas de driblar pontos e adiar a votação do impeachment para um momento "mais adequado" no O Tempo Com a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de invalidar o rito adotado até agora pela Câmara, o presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e as siglas de oposição buscam formas de driblar pontos e adiar a votação do impeachment para um momento "mais adequado". Nenhuma votação ocorrerá na segunda e na terça-feira (21 e 22), os dois últimos dias antes das férias parlamentares. A definição do novo calendário ocorrerá só a partir de fevereiro, quando começa novo ano legislativo. Uma primeira ação discutida entre a oposição e Cunha é aprovar um projeto de resolução, já apresentado pelo DEM, incluindo no regimento interno da Câmara a possibilidade de chapas avulsas para compor comissões. Um dos pontos barrados pelo STF foi justamente esse: o fato de a comissão do ...

    Leia mais
    SP - IMPEACHMENT/MANIFESTAÇÕES/PRÓ-DILMA - GERAL - Manifestantes de diversos movimentos sociais e centrais sindicais participam de ato em defesa do mandato da presidenta Dilma Rousseff e pela cassação do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na Avenida Paulista, em São Paulo, na tarde desta quarta-feira (16). O protesto faz parte do "Dia nacional de mobilização em defesa da democracia" e é organizado pelas centrais sindicais CUT, CTB, Intersindical, com apoio de movimentos como MST, MTST, UNE e Conem, além das Frentes Brasil Popular (FBP) e Povo sem Medo (FPsM). 16/12/2015 - Foto: DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO CONTEÚDO

    Milhares vão às ruas contra o impeachment de Dilma Rousseff e favor da queda de Eduardo Cunha

    Milhares de pessoas foram às ruas na tarde desta quarta-feira (16) protestar contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff e pedir a cassação do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. Do Brasil Post  Sob gritos de "Não vai ter golpe!", "Dilma fica" e "Fora Cunha", os manifestantes fecharam a avenida Paulista por volta das 17h40. Apesar das imagens mostrarem as duas vias da avenida tomadas de gente, a Polícia Militar estima o número de manifestantes em apenas 3.000. Os organizadores não tinham um balanço até a publicação desta reportagem. O protesto foi organizado por partidos de esquerda e movimentos sociais. Da avenida Paulista, os manifestantes seguiam em marcha até a praça da República, no centro da capital paulista Grupos feministas que fizeram da Marcha das Mulheres no final de outubro também participaram dos atos desta quarta-feira. SP - ATO/CONTRA/IMPEACHMENT - POLÍTICA - Pessoas realizam um ...

    Leia mais

    PF faz busca e apreensão na residência de Eduardo Cunha

    Polícia Federal está na porta da residência oficial da Câmara dos Deputados, com três carros isolando a área, para cumprir um mandado de busca e apreensão contra o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB); a ação, batizada de Catilinária, foi pedida pela Procuradoria-Geral da República e teve aval do ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki; Cunha é acusado de envolvimento na Lava Jato e tem contra ele um processo de cassação na Comissão de Ética sobre suas contas não declaradas na Suíça; também estão sendo cumpridos mandados em sua residência no Rio; senador Édison Lobão é também alvo da operação, assim como o ministro de Ciência e Tecnologia, Celso Pansera; como presidente da Câmara, Cunha se aliou ao PSDB e ao DEM para tentar derrubar a presidente Dilma Rousseff, por meio de um golpe parlamentar; ao todo, são 53 mandados de busca e apreensão Do Brasil 247  A Polícia Federal está ...

    Leia mais

    Oposição articula troca de Cunha por Jarbas

    Com o fracasso retumbante das manifestações pró-golpe neste domingo 13, a oposição coloca em prática nesta semana um plano que prevê preservar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ao mesmo tempo em que salva o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff; isso porque se chegou a um consenso, entre oposição e mídia, de que o golpe é inviável tendo à frente um parlamentar com tantas acusações de corrupção e de interferência em investigações; estratégia é que Cunha renuncie ao cargo, salvando o mandato, para que depois se convoque novas eleições e seja eleito Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), dando sequência ao processo; acordo já estaria adiantado em Brasília Do Brasil247 Diante do fracasso retumbante das manifestações em defesa do impeachment neste domingo 13, a oposição coloca em prática nesta semana um plano que prevê, ao mesmo tempo, preservar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e salvar o processo de ...

    Leia mais

    Ou o Brasil acaba com Eduardo Cunha ou Eduardo Cunha acaba com o Brasil. Por Paulo Nogueira

    Ou o Brasil acaba com Eduardo Cunha ou Eduardo Cunha acaba com o Brasil. Do DCM É inacreditável, é intolerável, é ultrajante para todos os brasileiros o que ele vem fazendo para rebaixar o país ao nível de uma republiqueta. O depoimento hoje do ex-relator da Comissão de Ética que pode – enfim – determinar sua cassação, Fausto Pinatto, é estarrecedor. Mas não surpreendente, dado que não é o primeiro nessa direção. Pinatto disse que teve medo de morrer. “Fui abordado em aeroporto, o meu motorista foi abordado, recebi alguns recados em aeroporto de pessoas desconhecidas. Sofri todo tipo de pressão que você pode imaginar”, disse em entrevista à imprensa. “Falaram para pensar na minha família, que eu tinha filho pequeno, filha pequena, irmão pequeno.” Pinato afirmou fez um boletim de ocorrência confidencial na Secretaria de Segurança de São Paulo. A família, disse, passou a se locomover num carro blindado. ...

    Leia mais

    Mulheres assumem a linha de frente contra Cunha e contra o impeachment

    Após a abertura do pedido de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff, aceito pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, diversos movimentos sociais têm questionado a legitimidade da ação, entre eles e, sobretudo, o movimento feminista. Do Sputniknews Nesta segunda-feira (7), a Sputnik falou sobre o tema com Talita Tanscheit, doutoranda em Ciência Política do IESP-UERJ e destacada militante da Marcha Mundial das Mulheres. A seguir, você confere a entrevista na íntegra. Sputnik: Fale-nos um pouco sobre o movimento “Mulheres contra Cunha” – como o presidente da Câmara dos Deputados afeta o movimento feminista e qual é seu papel na questão do impeachment?  Talita Tanscheit: Na realidade, o Cunha é um opositor antigo dos direitos das mulheres e das conquistas que a gente vem tendo no Brasil, mas desde que ele assumiu a presidência da Câmara, ele tem posto uma clara agenda de restrição de direitos – e não ...

    Leia mais

    “Ninguém pode ficar nas mãos de um chantagista”, diz Cláudio Couto

    Para cientista político, apesar do cenário de crise, momento é mais favorável à Dilma Do Jornal do Brasil  Tatiana Farah - Agência Pública - Em entrevista exclusiva à Agência Pública, o cientista político e professor da FGV Claudio Couto avalia que, se a tramitação do pedido fosse iniciada hoje, seria improvável a saída da presidente. Ele afirma que a decisão de partir para o confronto com o deputado, tomada por Dilma e pelo PT, foi uma estratégia acertada para mostrar que o governo não se submeteu a uma chantagem. Como o sr. vê a proposta de impeachment encaminhada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ)? Há vários aspectos a serem considerados. O primeiro é o questionamento da legitimidade do aceite desse processo tendo em vista que Cunha se utiliza do cargo em benefício próprio para se proteger e retaliar seus desafetos. O segundo tipo de questionamento é formal, jurídico também. Hoje, aqui, eu faria uma ...

    Leia mais

    “#MeuAmigoSecreto é o Eduardo Cunha”

    O morador e ativista da Rocinha Davison Coutinho utilizou a hashtag #MeuAmigoSecreto – amplamente utilizada na semana que passou por mulheres que denunciavam comportamentos machistas de conhecidos –, para criticar o presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ): "Meu amigo secreto se passa por representante do povo, mas usa carro importado, tem conta na Suíça e vota sempre contra os o direito dos pobres. Ele acha que lugar de menor é na cadeia e é sempre contra os direitos das mulheres. Diz-se evangélico, mas não sabe nem de longe o mandamento do amor ao próximo" Por Davison Coutinho Do Brasil247 Meu amigo secreto se passa por representante do povo, mas deixa gente morrer nas filas dos hospitais, crianças sem escola, pessoas sem casa, trabalhadores sem emprego, gente sem comida, gente sem teto, sem transporte. Usa carro importado, tem conta na Suíça e vota sempre contra os o direito dos ...

    Leia mais

    7 projetos de lei perigosos que apareceram desde que Cunha assumiu a Câmara

    O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, passou 2015 promovendo pautas conservadoras. Foram tantos os projetos polêmicos que a gente achou melhor enumerar. Por Felipe Germano Do Super 2015 foi o ano de Eduardo Cunha. Não à toa: o político do PMDB é o atual presidente da Câmara dos Deputados, o terceiro nome na linha de sucessão à Presidência do Brasil. Mas os motivos que o tornaram famoso não são dos melhores: atualmente, ele é investigado por possíveis recebimentos de propina e por contas secretas na Suíça que acumulam US$ 2,4 milhões, aproximadamente R$ 9,13 milhões. Opositores e movimentos sociais defendem a abertura de um processo de impeachment contra Cunha.  E é enorme o número de pautas conservadoras que ganharam destaque na Câmara durante seu mandato. Pautas que não ajudaram em nada no desenvolvimento do Brasil como um estado laico e menos machista. 1. PL 5069/2013 - Dificuldade na realização do aborto legal Cunha escreveu esse projeto em 2013, ...

    Leia mais

    Frente Povo sem Medo reúne 60 mil em protesto na Avenida Paulista contra Cunha e ajuste fiscal. Jornais dão 600!

    Do Vi o Mundo Antes do início de caminhada, as duas faixas da Avenida Paulista, diante do Masp, foram tomadas por manifestantes que, depois, seguiram até o Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Fotos: Jornalistas Livres. Organizadores estimaram em 60 mil os presentes ao ato que terminou no Monumento às Bandeiras; jornais falam em 600. Foto: Roberto Parizotti/CUT SEM RETROCESSO Frente Povo sem Medo faz manifestações contra Cunha e o ajuste Alvo dos protesto é o presidente da Câmara. “Ele sozinho não teria força, mas ele representa o ataque a toda perspectiva civilizatória, aos direitos das mulheres e dos trabalhadores”, diz sindicalista por Redação RBA publicado 08/11/2015 17:25, última modificação 08/11/2015 19:16 São Paulo – Diversas manifestações organizadas pela Frente Povo Sem Medo ocorreram neste domingo (8) em várias cidades do país. A frente reúne cerca de 30 organizações sociais e populares. Os manifestantes criticam o ajuste fiscal, falam em “fora Levy” e prometem reação caso programas sociais ...

    Leia mais
    Página 1 de 3 1 2 3

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist