Família Tuma declara 2º voto ao Senado em Netinho

O candidato ao Senado pelo PCdoB-SP, Netinho de Paula, recebeu o apoio da família Tuma em virtude da série de ataques orquestrada nos últimos dias para prejudicar sua candidatura. Romeu Tuma Jr. ligou para Netinho na tarde desta quinta-feira para prestar solidariedade.

Depois de informar que a família está muito esperançosa sobre a recuperação de seu pai, o candidato ao Senado pelo PTB, Romeu Tuma, Tuma Jr. disse estar indignado com a campanha sórdida promovida contra Netinho. “É uma prática comum dessas pessoas: agem no desespero e são capazes de qualquer coisa”, declarou o filho de Romeu Tuma.

 

“Primeiro, a imprensa ‘mata’ meu pai. Agora, a polícia invade a sua casa. Quero que você saiba que o segundo voto de nossa família é seu”, disse ele a Netinho no telefonema.

Netinho desejou pronta recuperação a Tuma e agradeceu o apoio de toda família. O candidato do PCdoB lamentou que ambos tenham vivenciado a agressividade desmedida e a falta de responsabilidade de oponentes e alguns setores da imprensa no decorrer do pleito.

Para Netinho de Paula, a profusão de matérias supostamente isentas contra ele e a campanha de ofensas na web são uma espécie de “bullying” no cenário político. “Esta campanha trouxe à tona um fenômeno novo — o do bullying político, uma perseguição em cadeia que visa a nada mais do que desmoralizar, prejudicar. Foge ao debate político, não discute propostas e é baseada na agressão pessoal.”

Apesar da perseguição que vem sofrendo da grande mídia na reta final da campanha, Netinho cresceu mais três pontos percentuais e lidera a disputa pelo Senado por São Paulo. Segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (30), o candidato do PCdoB subiu de 36% para 39% das intenções de voto.

Marta Suplicy (PT) – que estava numericamente empatada na liderança na última semana – também oscilou para cima. A petista, companheira de chapa de Netinho, foi de 36% para 37%. Como neste ano os eleitores vão escolher dois senadores, Netinho e Marta seriam eleitos se a votação fosse hoje.

 

 

Fonte: Viomundo

+ sobre o tema

Salve Zumbi e João Cândido, o mestre sala dos mares

Por Olívia Santana   Há 15 anos, após uma grande marcha...

Autoritarismo verde e amarelo

“Sobre o autoritarismo brasileiro” é um livro de Lilia...

Lei 13.019: um novo capítulo na história da democracia brasileira

Nota pública da Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais...

Obama recebe hoje propostas para conter violência e uso de armas nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recebe hoje...

para lembrar

Estudo mostra impactos do Bolsa Família na redução da violência

  A redução da desigualdade com o Bolsa Família está...

São Paulo: Grupo apresenta a “Benção do Olodum” e sucessos da carreira

São Paulo: Grupo apresenta a "Benção do Olodum" e...

Carta à hebraica

Ter recebido palestrantes de esquerda não é desculpa para...

Obama mantém vantagem sobre republicano Mitt Romney em estados chave

    Washington - O presidente americano Barack Obama mantém uma...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=