Feminismos vitais

Artigo produzido por Redação de Geledés

O projeto “Enquanto Viver, Luto!”nasce da ideia de que é necessário empatia entre mulheres dediferentes vertentes da lutapor justiça.

Geledés–Instituto da Mulher Negrareuniu num único projeto mulheres que lutavam separadamente, de acordo com a maneira em que são afetadas pela violência –são mães de jovens assassinados pelas polícia, mulheres em situação de violência doméstica e sexual, profissionais do sexo, transexuais, travestis, lésbicas, estudantes universitárias,ativistas do movimento de mulheres negras -para trabalharem juntas, sem hierarquização das dores, onde todas são responsáveis pelo que acontece a cada uma.

Um outro aspectodo projeto é que cada uma é mais que uma, se reconhecem como mulheres que lutam, e não apenas como objeto de suas lutas.

Este portfólio apresentauma ação de Fazemos, incubadora de economia solidária de“Enquanto Viver, Luto!”A ação foi realizadanasruasao lado da Estação da Luz, conhecidas em São Paulo por local de trabalho de profissionais do sexo,no dia 24 de junho de 2021, véspera do Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha e o Dia Nacional de Tereza de Benguela

+ sobre o tema

O PLP 2.0 Aplicativo de Combate a Violência contra Mulher é premiado pela OEA

O aplicativo PLP 2.0 foi um dos premiados pela...

Webinário debate papel desempenhado pelo empreendedorismo social na pandemia

A Folha transmite, na próxima segunda-feira (7), o seminário virtual “Boas...

Prêmio Estratégias de Equidade no Enfrentamento à Evasão Escolar

Geledés Instituto da Mulher Negra, em parceria com o...

para lembrar

#Geledes30anos: 30 anos de trajetória política e social

Geledés Instituto da Mulher Negra, em parceria com o...

Live “Brasil e Durban 20 Anos Depois”

Geledés Instituto da Mulher Negra irá realizar, em seu...

O precário e o próspero nas políticas sociais que alcançam a população negra

Começo a escrever enquanto espero o início do quarto e último painel da terceira sessão do Fórum Permanente de Pessoas Afrodescendentes, nesta semana na...

Brasil finalmente considera mulheres negras em documento para ONU

Finalmente o governo brasileiro inicia um caminho para a presença da população afrodescendente no processo de negociação de gênero na Convenção-Quadro das Nações Unidas...

Instituto Geledés promove evento sobre empoderamento econômico para população negra

O Geledés – Instituto da Mulher Negra realizou nesta quarta-feira (17) evento paralelo ao Fórum Permanente de Pessoas Afrodescendentes que acontece na sede das Nações...
-+=