Guest Post »

Festa em Belém celebra dia do hip hop e mês da cultura negra

Coletivos de DJs, grafiteiros e b.boys se reúnem nesta sexta-feira, 16.
Evento começa a partir das 19h, no bairro da Cidade Velha.

black2

O coletivo Black Soul Samba comemora nesta sexta-feira (16), em Belém, o dia mundial do hip hop e o mês da cultura negra com uma festa que contará com a presença de b.boys, grafiteiros e vários DJs convidados. O evento começa a partir das 19h, em uma casa de shows próxima ao Píer das 11 Janelas, no bairro da Cidade Velha.

Nascido no Bronx de Nova York há 39 anos, o Movimento Hip Hop vem ganhando espaço mundial por ser um defensor da cultura negra. A data da sua fundação, 12 de novembro, está ligada ao nascimento da Zulu Nation, criada por ÁfriKa Bambaataa, Kool Herc e Grand Master Flash.

De acordo com o representante oficial da Zulu NationPará, o b.boy Zulu Marcos Hayden, o grande mote e principal diferencial do movimento é fato de pregar a extinção da violência e a cultura de paz. “Nosso lema é ‘Paz, União, Amor e Diversão’, queremos que os adolescentes e jovens da periferia tenham novas possibilidades de vida, principalmente longe das drogas”, afirma Marcos.
Para comemorar o aniversário do movimento, alguns dos maiores representantes da cultura hip hop em Belém, como os MCs da Trilha do Canal, Revolução do Norte, Fator Contrário, Negro Blindado, Conexão Feminina, Ewerton MC e Manifesto Negro; além de grafite com Metal Art Studio e dos b.boys Fwbreackers, FreeStyleCrew, Shakna Crew estarão presentes na festa de hoje.

Serviço: Comemoração do dia mundial do hip hop e mês da consciência negra na Black Soul Samba nesta sexta-feira (16), em uma casa de shows localizada na rua Siqueira Mendes, ao lado do Píer das 11 Janelas, no bairro da Cidade Velha, em Belém. A festa terá a presença dos DJs Tati Cunha, Eric Bordalo e Ras Alvim, além de atrações da coletivo Zulu Nation. Informações: (91) 8413 0861.

 

 

Fonte: G1

Related posts