Filho da presidenta da Unegro, Santa Alves, é assassinado

Morreu, na madrugada deste sábado (28), Bruno Alves de Oliveira Feitosa, 26 anos, filho de Santa Alves, presidenta da Unegro em Brasília. O jovem foi esfaqueado enquanto andava com um grupo de amigos, em Sobradinho II. Amigos de Santa Alves, ao se solidarizarem com a ativista, destacam que Bruno foi mais uma vítima do extermínio de jovens negros.

Por Márcia Xavier , no Portal Vermelho 

Para Carlos Scaldaferri, ouvidor nacional na Secretaria Promoção de Políticas da Igualdade Racial (Seppir), “Bruno é mais um jovem negro que é vítima desse sistema perverso no qual a carne negra é sempre a desvalorizada, a sem importância”. Nas redes sociais, onde centenas de amigos e militantes se solidarizaram com Santa Alves, Scaldaferri afirmou que “não deixaremos Bruno ser apenas mais uma estatística, lutaremos mais aguerrido para acabar com esse extermínio da nossa juventude negra.”

A secretária-adjunta da Secretaria nacional da Juventude, Ângela Guimarães, lamentou a morte prematura de Bruno Alves, dizendo ser lamentável “qualquer notícia que resulta deste sistemático extermínio programado a que a juventude negra está submetida no país.”

De acordo com informações da Polícia Civil, Bruno, acompanhado de alguns amigos, estava andando no bairro de Sobradinho II, onde morava com a família, quando avistaram uma pessoa agachada na esquina. Essa pessoa falou algo que não foi compreendido pelo grupo e a partir daí, começou uma confusão. Após o bate-boca, Bruno Feitosa se virou para ir embora, mas foi atacado pelo suspeito e os dois entraram em luta corporal.

Segundo informações das testemunhas, os amigos conseguiraram tirar Bruno da posse do envolvido. No entanto, notaram que o jovem estava sangrando. A vítima foi atingida na altura do tórax. Logo em seguida, o suspeito perseguiu o grupo com uma faca por meio quarteirão, antes de fugir do local do crime. A 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho II) investiga o caso.

O velório de Bruno Alves terá início às 9 horas deste domingo (29) na capela 4, no cemitério Campo da Esperança, de Sobradinho II (S/n, AR-7 Setor Oeste). O sepultamento será às 15 horas.

Do Portal Vermelho
De Brasília, Márcia Xavier

+ sobre o tema

Membro dos Panteras Negras ganha liberdade condicional após 50 anos preso

Sundiata Acoli, de 85 anos, foi condenado à prisão...

Eles são os famosos vítimas de racismo

Ela é a cantora pop do momento e considerada...

para lembrar

Contra o racismo, educação

Algumas notícias relacionadas à temática racial chamaram a nossa...

Homem escapa do Boko Haram e morre por racismo na Itália

Ele tentava defender a esposa, alvo de ataques racistas Do...

Platini admite “verdadeiro problema de racismo” na Europa

O presidente da UEFA admitiu hoje que "existe...

Defensorias públicas, racismo e autorresponsabilidade institucional: um olhar para si

Delegar responsabilidades, transferir culpas, incapacidade de resolver os próprios...
spot_imgspot_img

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...

Criança não é mãe

Não há como escrever isto de forma branda: nesta quarta-feira (12), a Câmara dos Deputados considerou urgente discutir se a lei deve obrigar crianças vítimas de estupro à...
-+=