Filho de Muhammad Ali é retido em aeroporto e escuta: ‘Você é muçulmano?’

Muhammad Ali Jr., filho do ex-pugilista morto em junho de 2016, ficou retido por duas horas no aeroporto internacional de Fort Lauderdale-Hollywood e, segundo o site “TMZ Sports”, pretende entrar com um processo contra o departamento de imigração norte-americano. Isso porque ele suspeita ter sido interrogado apenas por ser muçulmano.

Da UOL

Por meio de seu porta-voz, Chris Mancini, Ali Jr. relatou que voltava da Jamaica no último dia 7 com Khalilah Ali, sua mãe e primeira esposa do ex-pugilista, quando foi parado por agentes da imigração no aeroporto da Florida. Khalilah foi autorizada a passar, porém Ali Jr. foi chamado para questionamento e ficou retido por duas horas.

Durante o interrogatório, Ali Jr. teria sido perguntado duas vezes se ele é muçulmano e onde ele tinha recebido seu nome. O filho do ex-pugilista tem 44 anos e possui passaporte norte-americano – afinal nasceu no país.

Chris Mancini diz que Ali Jr. planeja processar os departamentos de tesouro e segurança nacional norte-americanos por discriminação. O incidente que motivou a decisão ocorreu depois do decreto de Trump que proibiu a entrada de estrangeiros nascidos na Líbia, Sudão, Iêmen, Somália, Síria, Irã e Iraque.

+ sobre o tema

Jovem é reprovada em seleção de lojas Centauro por ser gordinha

Seleção da Centauro disse que a empresa procurava pessoas...

Passíveis de ações civil e criminal, racismo e homofobia são maiores queixas de consumidores

Constrangimento ao consumidor chegou ao terceiro lugar no ranking...

para lembrar

Muhammad Ali: 80 anos da lenda do boxe e ícone do orgulho racial

Considerado um dos maiores lutadores de boxe de todos...

Eu suporto ofensa. O que não suporto é falta de criatividade, por Leonardo Sakamoto

Eu suporto xingamento, ofensa, calúnia. Eu suporto pessoas que me...

‘Jesus é amor’: Que dizem os evangélicos que não irão boicotar o Boticário?

"Absurdo é ver tanto preconceito." "Não vou boicotar o...
spot_imgspot_img

Justiça de SP condena professor da Fatec por xenofobia contra aluna do Nordeste

O colégio recursal do Tribunal de Justiça de SP em Santos confirmou uma decisão que condenou o Centro Paula Souza e um docente da...

Muhammad Ali: 80 anos da lenda do boxe e ícone do orgulho racial

Considerado um dos maiores lutadores de boxe de todos os tempos, Muhammad Ali rompeu as fronteiras do esporte e tornou-se símbolo de resistência à...

Casa da covereadora Carolina Iara sofre atentado a tiros na madrugada

A casa da covereadora Carolina Iara, 28 anos, na zona leste de São Paulo, uma das representantes do mandato coletivo Bancada Feminista, eleito para...
-+=