Fim de semana violento com 21 assassinatos em Salvador

Por: Flávio Costa

 

 

 

Mais um final de semana violento em Salvador. Entre 0h de sábado, 6, e 19h de domingo, 7, a Central de Telecomunicações das Polícias Civil e Militar (Centel) registrou, pelo menos, 21 assassinatos na capital e em cidades da região metropolitana (Centel).

 

Entre os registros estão dois duplos homicídios de jovens negros. Apenas um deles foi identificado: Diego Fernando Santos Silva, 21 anos. Na noite de sábado, ele recebeu três tiros na cabeça na Rua Bráulio Pereira, conhecida como Rua do Lixo, bairro do Curuzu.

Outra vítima, que foi encontrada sem documentos, levou dois tiros no crânio. O caso está sob investigação da 2ª CP (Lapinha).

 

O outro duplo homicídio foi descoberto por volta do meio-dia de domingo, quando moradores da comunidade conhecida como Bico Doce, na Nova Palestina, encontraram dois cadáveres jogados às margens da rua principal do bairro.

 

Já em adiantado estado de decomposição, os corpos do do sexo masculino, de cor negra, estavam nus e crivados de balas. Foi necessário a chegada de uma guarnição do Corpo de Bombeiros para retirá-los da ribanceira.

 

Policiais da 8ª CP (CIA) investigam o caso, mas não há pistas para motivações do crime. A perícia não encontrou documentos de identificação.

Agentes da 4ª CP (São Caetano) também não possuem indícios que levem ao autor ou aos autores da morte da dona de casa Guilhermina Fróes, 69 anos. Ela foi estrangulada dentro de casa, na rua 8 de novembro, em Pirajá.

 

Na manhã de domingo, o corpo de Guilhermina foi encontrado na cama, com um pedaço de pano dentro da boca, por vizinhos que notaram que a porta da casa estava arrombada.

 

O quarto estava desarrumado, mas não se sabe o que foi roubado. A filha e o genro moram ao lado, e afirmram não ter ouvido nenhum barulho.

 

Fonte: A tarde

+ sobre o tema

O que pensam 5 mulheres indígenas que são lideranças em suas comunidades

Relatos sobre maternidade, protagonismo feminino e mudanças climáticas fazem...

Racismo e sexismo persistem no mercado de trabalho de Salvador

Segundo o estudo, o rendimento médio da mulher negra...

Urgente: Começou a circular o expresso… Marco Civil!

Enviado para o Portal Geledés Em menos de...

para lembrar

Tragédia de índio Galdino, queimado vivo em Brasília, completa 15 anos

Jovens foram condenados a 14 anos de prisão, mas...

Campanha de vacinação contra a paralisia infantil começa no sábado

A Secretaria municipal de Saúde e Defesa Civil começa...

“Black Money”, o movimento que enfrenta o racismo empresarial no Brasil

Os negros movimentam cerca de R$ 1,7 trilhão por...
spot_imgspot_img

Movimento Negro cobra e Brasil se posiciona na ONU sobre agenda racial

Nesta quarta-feira, 17, durante a sessão do Fórum Político de Alto Nível nas Nações Unidas, em Nova York, Geledés – Instituto da Mulher Negra...

46º Prêmio Vladimir Herzog: inscrições prosseguem até 20 de julho

Termina no próximo sábado, 20 de julho, o prazo para inscrições ao 46º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos (PVH).  A premiação...

Governo federal apresenta ODS 18 sobre igualdade étnico-racial em evento na ONU

O Governo Federal, por meio da Secretaria-Geral da Presidência da República e com apoio do Pnud, realiza nesta terça (16/7) evento paralelo ao Fórum...
-+=