França faz investigação sobre deputado britânico que participou de festa ‘nazista’ nos Alpes

A França anunciou hoje a abertura de uma investigação sobre o deputado conservador britânico Aidan Burley, que foi filmado ao participar de uma festa com símbolos nazistas nos Alpes franceses. O episódio provocou um escândalo na Inglaterra, onde o deputado de 32 anos foi afastado do seu cargo de chefe de projetos junto à Secretaria dos Transportes.

A investigação preliminar começou nesta quarta-feira. Em um vídeo filmado no início de dezembro por um cliente do restaurante onde aconteceu a festa, pode-se ver um um dos participantes da festa vestido com um uniforme nazista. Em uma foto, o mesmo homem faz a saudação nazista na frente do restaurante.

Segundo a mídia britânica, Aidan Burley declarou, por meio de sua conta no twitter, estar profundamente arrependido e reconheceu que o comportamento de seus convidados foi “inapropriado”.

O restaurante de Val-Thorens (centro-leste) onde foi organizada a festa polêmica anunciou hoje que irá prestar queixa por “incitação ao ódio racial” e “apologia de crime contra a Humanidade”.

Segundo o advogado do estabelecimento, Julien Andrez, os funcionários fizeram com que o homem fantasiado retirasse os símbolos nazistas de seu uniforme.

“Não houve atos durante a refeição que justificassem um recurso à polícia”, acrescentou, contestando a acusação divulgada pela organização SOS Racismo de que cantos nazistas teriam sido entoados.

Fonte: RFI

+ sobre o tema

Relatório da ONU critica violência policial e detenção de opositores

Por outro lado, comitê aponta avanços em relação aos...

“Tem sido incrivelmente corajoso”, destaca Lewis Hamilton sobre Vini Jr.

Conhecido pelo seu ativismo em diversas causas, especialmente o...

Jovem pede para sair “fantasiado” de amiga negra. Teve sua resposta

A proximidade exposta nas redes sociais fica em frangalhos...

Paranaense denuncia amigo por racismo após ‘brincadeira’

Um estudante de Irati, no Paraná, denunciou um...

para lembrar

Violência Policial: A história se repete, até quando?

Morrem mais de 42 mil pessoas assassinadas por ano...

Mbappé desabafa sobre racismo na França: ‘Não posso jogar para pessoas que pensam que sou um macaco’

Principal estrela da França e presente na lista de Didier Deschamps...

Estrangeiros, portugueses e organizações protestam contra a xenofobia na Europa

Fonte: Radioagência NP Uma manifestação contra as políticas de imigração...

Mulher negra não é fantasia de carnaval

"Black face" é ferramenta de opressão e não desculpa...
spot_imgspot_img

SC tem alta de 51% nos casos de injúria racial e lidera denúncias do crime no país

Em Santa Catarina, seis pessoas procuraram a polícia por dia, em média, para denunciar casos de injúria racial em 2023. No ano passado, 2.280 pessoas sofreram ofensas...

O destino dos negros

A semana em que o Estatuto da Igualdade Racial (lei 12.288/2010) completou 14 anos foi repleta de notícias que atestam o quanto o Brasil está longe...

Roda de samba no Centro do Rio registra dupla imitando macacos em evento: ‘não será tolerado’

O PedeTeresa, roda de samba que acontece na Praça Tiradentes, no Centro do Rio, compartilhou um vídeo de uma dupla imitando macacos em um...
-+=