Funcionário de loja arrasta mendigo no centro do Rio de Janeiro e revolta cariocas

– Me solta. Me solta.

– Gente, que absurdo. Não pode fazer isso.

– Leva ele pra casa. Leva pra sua casa, pô.

Comerciantes e clientes do Saara, no centro do Rio de Janeiro, ficaram chocados com a cena registrada no vídeo acima.

Um morador de rua é arrastado por um funcionário de uma loja na associação de comerciantes.

As pessoas que assistem à agressão reagem e argumentam que o mendigo não é “ladrão”. “Ele não está roubando”, diz uma mulher, revoltada.

“Leva ele (sic) pra casa. Leva ele pra sua casa, pô”, retruca o agressor.

O diálogo foi capturado pelo vídeo original, removido do Youtube nesta manhã.

Segundo a GloboNews, o mendigo costuma circular no Saara e ficar sentado na frente de lojas.

O dono do comércio chegou a chamar o Corpo de Bombeiros para pedir a retirada do morador de rua do local.

Esse procedimento também foi incorreto.

Se existe alguma perturbação provocada por morador de rua, os cariocas podem acionar a ouvidoria da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social do Rio de Janeiro.

O telefone é: 1746.

Se houver reclamações, uma equipe de abordagem é enviada para o local.

Entretanto, o morador de rua não é obrigado a deixar a área onde estiver. A liberdade de ir e vir é um direito assegurado pela Constituição a todos os brasileiros, inclusive pedintes e mendigos.

Procurada pelo Brasil Post, a assessoria da Secretaria de Desenvolvimento Social ressalta que o morador de rua não pode ser tirado à força de um espaço público.

A ele será oferecida a opção de ir a albergues ou abrigos municipais.

 

Fonte: Brasil Post

+ sobre o tema

Da proteção à criação: os pós-docs negros da USP nas fronteiras da inovação

Desenvolvimento de produtos, novas tecnologias para a geração de...

Programa Erasmus oferece bolsas integrais na Europa

O Erasmus, programa promovido pela União Europeia para fomento a...

Projeto SETA tem novo financiador e amplia trabalho aprofundando olhar interseccional

O Projeto SETA (Sistema de Educação por uma Transformação Antirracista),...

para lembrar

“Educação é o caminho para combater o preconceito racial”, afirma Renato Janine

Ministro da Educação participou de evento para discutir o...

Ombudsgirl – Roseli Fischmann

Isadora Faber, de 13 anos, aluna de escola pública...

Educadores participam de seminário sobre povos e culturas indígenas

O programa de Informações Sobre os Povos e Culturas...
spot_imgspot_img

Provas do Enem 2024 serão em 3 e 10 de novembro; confira o cronograma

O cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 foi divulgado nesta segunda-feira (13). As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10...

Da proteção à criação: os pós-docs negros da USP nas fronteiras da inovação

Desenvolvimento de produtos, novas tecnologias para a geração de energia, manejo ecologicamente correto na agricultura e prevenção à violência entre jovens nativos digitais. Essas...

Inscrições para ingresso de pessoas acima de 60 anos na UnB segue até 15 de maio; saiba como participar

Estão abertas as inscrições do Processo Seletivo para Pessoas Idosas que desejam ingressar nos cursos de graduação da Universidade de Brasília (UnB) no período...
-+=