Fundação Palmares promove encontro preparatório à Conferência Nacional de Cultura Afro-Brasileira

 

 

 

Cerca de 120 representantes da cultura afro-brasileira no Brasil estão reunidos, em Brasília, num evento preparatório à Conferência Nacional de Cultura Afro-Brasileira que será realizada em março, sob a promoção do Ministério da Cultura.

Eles vão apresentar propostas que serão levadas à conferência nacional. Os representantes também avaliarão o trabalho da Fundação Palmares e discutirão a força da herança que a cultura afro exerce sobre a cultura brasileira.

De acordo com o presidente da Fundação Cultural Palmares, Zulu Araújo, a pré-conferência é necessária para que os representantes nacionais da cultura africana cheguem à conferência nacional com suas propostas amadurecidas e consolidadas. Zulu Araújo destacou a importância da cultura negra na vida do país.

“No inicio do ano o IBGE revelou que 56% da população brasileira é afrodescendente. Em todos os lugares há manifestação das nossas origens como música, culinária etc. Isso é fruto da força que a cultura afro-brasileira possui mesmo depois de tudo que passamos no regime escravocrata”, disse.

Fonte: Correio Brasiliense

+ sobre o tema

Revolução burguesa e colonialismo: uma visão marxista para a questão negra

Na transição do feudalismo ao capitalismo, a aristocracia começa...

Boteco da Diversidade retorna à Comedoria do Sesc Pompeia e traz como tema a Afrodiáspora

No próximo sábado, dia 30 de abril, às 20h30, acontece...

Dicas de estilo? Idris Elba tem sobrando para oferecer

Guia prático para os homens entenderem os truques do...

para lembrar

“Não me senti à vontade”, diz Cris Vianna sobre cenas em que aparece seminua em Fina Estampa

Em entrevista exclusiva para o Virgula Famosos, nesta sexta-feira...

Países que tiveram escravos devem reparar vítimas, afirma relatora independente

A relatora especial da ONU sobre formas contemporâneas de...
spot_imgspot_img

Inéditos de Joel Rufino dos Santos trazem de volta a sua grandeza criativa

Quando faleceu, em 2015, Joel Rufino dos Santos deixou pelo menos dois romances inéditos, prontos para publicação. Historiador arguto e professor de grandes méritos, com...

‘Está começando a segunda parte do inferno’, diz líder quilombola do RS

"Está começando a segunda parte do inferno", com esta frase, Jamaica Machado, líder do Quilombo dos Machado, de Porto Alegre, resumiu, com certo desânimo, a nova...

Spcine marca presença no Festival de Cinema de Cannes 2024 com ações especiais

A Spcine participa Marché du Film, evento de mercado do Festival de Cinema de Cannes  2024 e um dos mais renomados e influentes da...
-+=