Fundo Brasil vai doar R$ 800 mil a 21 projetos de direitos humanos

Propostas foram escolhidas por meio de um rigoroso processo de seleção e receberão até R$ 40 mil

Cristina Camargo, do Fundo Brasil

O Fundo Brasil de Direitos Humanos vai doar R$ 800 mil para 21 projetos selecionados por meio do edital anual “Combate à violência institucional e à discriminação”. Cada iniciativa receberá até R$ 40 mil. Foram selecionados projetos em todo o país.

Por meio do edital aberto em dezembro do ano passado, a fundação recebeu 626 propostas, submetidas a um amplo processo de seleção que incluiu triagem interna, análise da diretoria e de um comitê formado por especialistas em direitos humanos.

O Comitê de Seleção 2015 foi formado por Beth Cardoso, coordenadora do Programa Mulheres e Agroecologia em Rede do Centro de Tecnologias Alternativas Zona da Mata; Itamar Silva, diretor do Ibase (Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas); Joênia Carvalho Wapichana, assessora jurídica do CIR (Conselho Indígena de Roraima); Letícia Tura, diretora executiva da Fase Nacional; Mônica Oliveira, consultora e ex-diretora de Programas na Seppir (Secretaria de Políticas de Ações Afirmativas); Renato Sérgio, vice-presidente do Conselho de Administração do Fórum Brasileiro de Segurança Pública; e Rivane Arantes, advogada especializada em direitos humanos, educadora e pesquisadora do SOS Corpo.

Após a escolha feita pelo Comitê de Seleção, os projetos foram submetidos ao Conselho Curador do Fundo Brasil, em reunião realizada na sede da fundação no dia 24 de junho.

Segundo Ana Valéria Araújo, coordenadora executiva do Fundo Brasil, o trabalho do Comitê de Seleção faz a diferença na escolha dos projetos. “Pessoas do campo trazem sua expertise e isso faz com que o Fundo Brasil mais acerte do que erre”, disse.

 

Projetos

As propostas foram apresentadas por organizações ou indivíduos que atuam na defesa de direitos humanos em todo país. A fundação prioriza organizações da sociedade civil e defensores de direitos humanos que tenham poucos recursos e dificuldade de acesso a outras fontes.

Para conhecer as iniciativas, clique aqui.

 

Fundo Brasil

O Fundo Brasil funciona como ponte entre as organizações e os investidores, captando recursos e selecionando os projetos de maior impacto em todo o país por meio de uma seleção rigorosa.

Também oferece um novo modelo de investimento social, com o objetivo de fortalecer a autonomia das organizações da sociedade civil. Além do apoio financeiro, oferece monitoramento e capacitação.

 

Números

Em quase dez anos de atuação, o Fundo Brasil já destinou R$ 11,7 milhões a organizações de direitos humanos por meio de nove editais anuais e cinco temáticos. São cerca de 300 projetos apoiados, 17 oficinas de treinamento para representantes de organizações, 100 visitas in loco a projetos apoiados, 22 seminários, shows e outros eventos, sete campanhas e 21 produtos de comunicação.

 

+ sobre o tema

Prefeitura de Jundiaí (SP) abre inscrições para 28 vagas

Fonte: G1 -   A Prefeitura de Jundiaí...

População Negra pede Socorro

Fonte: Direitos Humanos Por Jaqueline Barreto Na sociedade contemporânea,...

ONU pede investigação ‘imediata’ sobre presídio de Manaus

A ONU cobra uma investigação "imparcial e imediata" sobre...

Eleições 2018: 10 ações urgentes contra as desigualdades no Brasil

Oxfam Brasil lista conjunto de medidas de enfrentamento das...

para lembrar

Pedro Silveira Carneiro: E por falar em escravidão médica…

Escravidão médica, exploração, e servidão: uma experiência...

Grupo de advogados repudia esterilização de mulher pobre em São Paulo

Uma mulher em situação de rua levada por meio...

Grupo Pedras Negras – GPN

O Grupo Pedras Negras (GPN) foi um coletivo de...

Padre Júlio Lancellotti: “Existir no Brasil já é uma rebeldia”

Conhecido como rebelde, o Padre Júlio Lancellotti tem usado as redes...
spot_imgspot_img

País tem 300,8 mil pessoas em situação de rua, mais de 80 mil em SP

Um levantamento feito pelo Observatório Brasileiro de Políticas Públicas com a População em Situação de Rua, da Universidade Federal de Minas Gerais (OBPopRua/POLOS-UFMG), revelou...

Câncer de pênis: Brasil é considerado o país com maior número de casos do mundo; veja os 6 sinais mais comuns da doença

O Brasil é considerado o país com maior incidência de câncer de pênis no mundo, em especial nas regiões Norte e Nordeste. Este tumor representa...

Geledés participa da 54ª Assembleia Geral da OEA

Com o tema “Integração e Segurança para o Desenvolvimento Sustentável da Região”, aconteceu entre os dias 26 a 28 de junho, em Assunção, Paraguai,...
-+=