Ginasta viraliza com tributo à excelência negra e encanta de Simone Biles a Michelle Obama

Enviado por / FonteGlobo Esporte

Quase um ano após viralizar com uma apresentação inspirada em Beyoncé, a ginasta americana Nia Dennis foi mais longe com um verdadeiro tributo à excelência negra durante uma competição universitária nos Estados Unidos. Embalada por Kendrick Lamar, Tupac Shakur, Missy Elliott e, claro, Beyoncé, a empolgante rotina de solo rendeu não apenas 9,95 pontos e a vitória à atleta da UCLA (Universidade da Califórnia), como também recordes de visualizações e uma chuva de elogios nas redes sociais.

– Essa rotina definitivamente reflete tudo o que sou hoje como mulher e é claro que tinha que incorporar muitas partes da minha cultura – disse Nia após a apresentação. – Eu queria fazer uma festa, porque essa é a minha personalidade. Cada música é de um grande artista negro. Eles tiveram um grande impacto na cultura negra e na minha vida. Então estou literalmente celebrando o que eles fizeram e me divertindo.

O vídeo fez sucesso imediato, com 8,6 milhões de visualizações nas primeiras 48 horas após a postagem da UCLA nas redes sociais. Simone Biles, melhor ginasta do mundo, e a ex-primeira dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, foram algumas das celebridades que se renderam a Nia.

“Okay, faça isso mesmo, garota! Isso foi tão divertido de assistir! Continue arrasando!”, Simone Biles

;

“Isso é o que eu chamo de feroz! Você é uma estrela”, Michelle Obama

+ sobre o tema

Estou farta de meu corpo ser mais do que um corpo

Estou nua, em pé diante do espelho do banheiro. Por Danielle...

Um terço das mulheres prefere cachorro a namorado

Donas de cães passam até 219 horas por ano...

Roger Abdelmassih é cassado definitivamente

O registro de médico de Roger Abdelmassih está definitivamente...

para lembrar

“Nada assusta mais do que uma mulher trans negra com um diploma”

Em maio de 2013, Monica Jones, trabalhadora sexual e...

Delegacia de Homicídios da Baixada acredita em crime de ódio

'Tudo indica que tenha sido um crime de ódio,...

Observatório da OAB se mobiliza por candidaturas femininas

Entidades da sociedade civil têm atuado para acompanhar o...

O ano passou, a dor permaneceu, mas a luta continua

Desde que assumi a minha identidade, comecei a ver...
spot_imgspot_img

O mapa da LGBTfobia em São Paulo

970%: este foi o aumento da violência contra pessoas LGBTQIA+ na cidade de São Paulo entre 2015 e 2023, segundo os registros dos serviços de saúde. Trata-se de...

Grupos LGBT do Peru criticam decreto que classifica transexualidade como doença

A comunidade LGBTQIA+ no Peru criticou um decreto do Ministério da Saúde do país sul-americano que qualifica a transexualidade e outras categorias de identidade de gênero...

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...
-+=