Tag: esporte

Naomi Osaka acende a pira olímpica em Tóquio — Foto: REUTERS/Mike Blake

Quem é Naomi Osaka, ativista e estrela do tênis com direito a série e boneca Barbie

A tenista japonesa Naomi Osaka, de 23 anos, é uma das atletas mais populares das Olimpíadas de Tóquio e do mundo do esporte. E não é para menos: primeira japonesa a conquistar um Grand Slam de tênis, Naomi tem usado a fama para levantar questões socais, como desigualdade racial e saúde mental. Filha de imigrantes - sua mãe é japonesa e o pai é haitiano -, Naomi nasceu no Japão, mas migrou aos 3 anos para os Estados Unidos, onde vive até hoje. Apesar disso, ela escolheu representar seu país de origem durante os Jogos de Tóquio. Nesta sexta-feira (23), ela acendeu a pira olímpica e se tornou a primeira tenista a protagonizar o simbólico ato da cerimônia de abertura. Durante o torneio US Open de 2020, onde foi ouro, Naomi usou diferentes máscaras com os nomes de vítimas de racismo nos Estados Unidos. Naomi Osaka acende a pira das Olimpíadas de Tóquio — Foto: ...

Leia mais
Ane Marcelle dos Santos ficou em 33º na primeira fase do individual feminino
Imagem: Miriam Jeske/COB

Tiro com arco: brasileira é a primeira negra da modalidade do país em Olimpíadas

A atleta do tiro com arco Ane Marcelle fez história antes mesmo de estrear nas Olimpíadas de Tóquio. Ela será a primeira mulher negra do Brasil, dentro da modalidade, a participar do maior evento esportivo do planeta. Ao lado de Marcus D´Almeida, ela vai representar o Brasil no Parque de Yumenoshita, localizado no distrito de Yumenoshita, em Koto, leste de Tóquio.Os dois estiveram nos Jogos do Rio de Janeiro de 2016 e vão tentar usar a experiência de cinco anos atrás para fazer bonito em Tóquio.“Estou muito orgulhosa da minha trajetória, de ser a primeira atleta negra do tiro com arco a disputar os Jogos Olímpicos pelo Brasil. Quero fazer bonito aqui como fiz em 2016”, diz a carioca de 27 anos, que tem o melhor resultado do Brasil no tiro com arco da história, a 9ª colocação nos Jogos do Rio.Ane Marcelle se classificou para Tóquio ao conquistar o Campeonato ...

Leia mais
Aydano André Motta Foto: Arquivo pessoal

No jogo da fé, um Jesus onipresente entra em campo

“Pelo amor de Deus, pelo amor que há na fé/Eu respeito seu amém/Você respeita o meu axé.” (Samba-enredo da Grande Rio em 2020). Os indicadores apontam para o céu na celebração dos sucessos em campo — do gol ao título, da vitória à defesa improvável. Os objetivos alcançados se explicam, nas entrevistas, por um único nome: Jesus. O filho do Criador entra em campo todo dia, toda hora, no futebol brasileiro dominado pelos evangélicos, a maioria neopentecostal. Na elite boleira, parece religião única, que alcança as divisões de base dos clubes e influencia a formação dos jogadores. O Datafolha estima que o rebanho evangélico soma 30% dos brasileiros. No futebol, fica muito maior especialmente entre as estrelas — de Neymar “100% Jesus” a Gabigol, de Felipe Melo ao goleiro Fábio, de Cássio a Firmino, de Leandro Castan a Daniel Alves, os novos atletas de Cristo dão goleada tão massacrante que ...

Leia mais
Sha'Carri Richardson é a esperança americana para o ouro nos 100 metros em Tóquio
Imagem: Patrick Smith/Getty Images

“Furacão” Sha’Carri: quem é a velocista que promete voar na pista em Tóquio

Ela tem apenas 21 anos e pouco mais de 1,50 m de altura. Mas, dentro das pistas, fica gigante. Destaca-se pela performance invejável e por um visual marcante: cabelos coloridos, longos cílios e longas unhas, maquiagem caprichada, tatuagens no pescoço, nos braços, nos ombros, nas pernas. Ela é Sha'Carri Richardson, a principal esperança do atletismo dos EUA para ganhar o ouro nos 100 metros após 25 anos. Sha'Carri mostrou todo o seu potencial na seletiva americana para a Olimpíada de Tóquio, que está sendo disputada na cidade de Eugene. Foi a campeã dos 100 metros e se credenciou para a sua primeira Olimpíada com a marca de 10s86. Antes disso, porém, já havia alcançado um resultado impressionante. No mês de abril, em uma competição na Flórida, venceu a distância em 10s72 —a segunda melhor marca neste ano e o sexto melhor resultado de toda a história nos 100 metros. Apenas ...

Leia mais
Lewis Hamilton, da Mercedes, no GP do Azerbaijão de 2021 — Foto: Maxim Shemetov - Pool/Getty Images

Lewis Hamilton revela plano de se aposentar antes dos 40 anos

O tempo passa para todos, mesmo para as grandes estrelas dos esportes. Até um gênio como Lewis Hamilton vai se aposentar um dia, deixando os fãs com as memórias da sua genialidade. E o heptacampeão já tem uma ideia de quando será essa data. Em entrevista ao Corriere della Sera nesta semana, o piloto da Mercedes afirmou que o seu plano é deixar as pistas antes de chegar aos 40 anos, o que acontecerá no dia 7 de janeiro de 2025. - Sinceramente, espero não estar competindo aos 40 anos. Há tantas coisas que eu gostaria de fazer. Mas a vida evolui tão rápido que te faz mudar. Por exemplo, eu não esperava ter tanta diversão como estou fazendo nesta temporada - disse o piloto. Hamilton já conquistou sete títulos na carreira e luta pelo oitavo na atual temporada. Nesse momento ele se encontra quatro pontos atrás de Max Verstappen, ...

Leia mais
Osaka durante partida da primeira rodada em Roland Garros, no último domingo. (FOTO: CHRISTIAN HARTMANN / REUTERS)

Naomi Osaka reacende debate sobre saúde emocional de atletas

Em 2019, Naomi Osaka (23 anos) já havia conquistado dois dos quatro títulos de Grand Slam que possui e sua projeção midiática tinha adquirido uma dimensão considerável. Perguntada durante uma entrevista para este jornal, respondeu: “Para mim não é difícil dar entrevistas, porque normalmente se trata de alguém que me faz uma pergunta, em vez de eu começar a falar, sem mais. Sinto que cada entrevistador que conheci é como um amigo e tento abordar isso dessa forma. Nunca me sinto incômoda com a imprensa, procuro encarar isso da melhor maneira possível”. Na segunda-feira, a japonesa anunciou que abandonava Roland Garros depois de ter recebido uma penalidade financeira de 15.000 dólares (cerca de 76.350 reais) por ter se recusado a participar da coletiva de imprensa habitual depois de sua vitória na primeira rodada contra Patricia Maria Tig. Antes, no dia 26, havia antecipado que em Paris não falaria com os jornalistas —infringindo o regulamento do circuito, ...

Leia mais
Empresária dos Racionais MC's, Eliane Dias e a filha, Domenica, 21, são sócias na marca de roupas Yebo

Eliane Dias: “Fiz minha filha aprender karatê para nunca apanhar de homem”

Quando Eliane e Domenica Dias, 21, dizem querer algo, ninguém consegue fazê-las mudar de ideia. Esta é só uma das características que mãe e filha compartilham. Juntas, a filha atriz e a mãe empresária dos Racionais MC's, advogada e ativista, abriram em 2020 as portas da Yebo — marca feminina de streetwear que, não por acaso, foi batizada com uma expressão afirmativa africâner — língua falada na África do Sul e na Namíbia — equivalente a "yes" (sim). Essa não é a primeira vez que elas trabalham em família: Eliane gerencia a carreira do marido, Mano Brown, e do grupo Racionais MC's; Domenica já teve uma marca de roupas com o irmão mais velho, Jorge, 24. As duas, que vivem em São Paulo, foram convidada pelas marcas de moda esportiva Nike e Authentic Feet para participar da campanha Geração Zika, que reúne mulheres inspiradoras e pioneiras em suas áreas, falou a Universa sobre os desafios ...

Leia mais
Simone Biles  (Foto: Karim Faafar/ AFP)

Simone Biles amplia dificuldade de movimentos e explica motivo: ‘Porque posso’

Simone Biles, a ginasta mais vitoriosa de todos os tempos, é renomada por movimentos tão difíceis e tão distintivas, que diversas terminaram por receber seu nome. No sábado (22), ela executou um novo movimento considerado tão perigoso que nenhuma mulher o havia tentado até então. A nova manobra que ela dominou é conhecida como Yurchenko duplo carpado. Biles a tentou em competição pela primeira vez no U.S. Classic, seu retorno às disputas após 18 meses. Biles mostrou o salto, um feito assombroso de força, forma física e destemor que tradicionalmente só homens realizavam, um dia antes, em um vídeo de treino que rapidamente ganhou circulação viral. Simone Biles executa o Yurchenko duplo carpado, algo que nem mesmo Natalia Yurchenko tentou em competição - Emilee Chinn - 22.mai.21/AFP O Yurchenko duplo carpado é considerado tão perigoso e desafiador que nenhuma mulher o havia tentado em competição, e ...

Leia mais
FOTO: Rafael Ribeiro/Vasco

Jogadores do Vasco recebem palestra sobre Racismo no Futebol

O Vasco da Gama foi um dos primeiros clubes de futebol no Brasil a abrir seus portões monumentais para os negros e os pobres por causa dessa bandeira social foi obrigado a construir o estádio de São Januário na década de 1920 para jogar o campeonato da Primeira Divisão do Rio de Janeiro. E ali o clube assombrou o mundo com a sua grandeza e a força da sua torcida. O tema “Racismo no Futebol”foi discutido com os jogadores vascaínos na tarde desta quarta feira (05/5), no CT do Almirante, na Cidade de Deus em Jacarepaguá, antes do treinamento do técnico Marcelo Cabo. Um assunto atual e que os jogadores brasileiros geralmente são as maiores vítimas, principalmente na Europa. Coube ao vascaíno professor José Nilton Junior ministrar a palestra e que foi bastante participativa por parte dos atletas. Junior vibrou com a oportunidade. Ouça clicando aqui  

Leia mais
Medida vale para todos os estádios no Paraná — Foto: Matheus Sebenello/NeoPhoto

Deputados aprovam projeto que prevê punição por atos de racismo e homofobia em estádios no Paraná

Deputados estaduais aprovaram o projeto de lei que prevê punição para torcedores, dirigentes e clubes por atos de racismo e homofobia em estádios de futebol no Paraná. Entre as punições, estão previstas advertência, multa e proibição de frequentar jogos de um a quatro anos. A votação em segundo turno na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) foi realizada na segunda-feira. A redação final consta na pauta da sessão de terça-feira (20). Depois, o projeto irá a sanção do governador Ratinho Junior (PSD). Segundo o projeto, que ganhou emendas, também estarão sujeitos a sanções atos de intolerância étnica, religiosa e de xenofobia praticados nos estádios e em um raio de até 5 km dos locais dos jogos. Na cotação atual, as multas para torcedores podem variar de R$ 5,6 mil a R$ 22,4 mil. Para clubes e dirigentes, o valor varia de R$ 56 mil a R$ 112 mil. De acordo com ...

Leia mais
Painel sobre racismo teve participação de Flávia Oliveira, Aline Pellegrino, Diogo Silva e apresentação de Thiago Oliveira — Foto: Reprodução/GE

Pacto pelo Esporte 2021 debate o racismo: “Pouco se avança no combate à impunidade”

O Pacto pelo Esporte 2021 apresentou nesta quinta-feira a mesa de debate “Vidas negras importam: o racismo tem que parar”. Apresentado por Thiago Oliveira, o painel virtual contou com a participação de Aline Pellegrino, coordenadora de competições femininas da CBF, Diogo Silva, campeão pan-americano de taekwondo e membro da comissão de atletas do Comitê Olímpico do Brasil (COB), e Flavia Oliveira, comentarista da Globo. O primeiro tópico discutido pelos integrantes do painel foi a dificuldade que os atletas têm de se posicionar diante de temas sensíveis, como o racismo, por medo de sofrer revide. - Historicamente há um processo de retaliação no Brasil aos atletas que se posicionam contrários às posições dos times e dos clubes. (...) Se uma questão disciplinar pode bloquear o salário de um atleta, imagina se ele começar a se articular, se posicionar e reivindicar direitos. O atleta brasileiro passou a ter medo de reivindicar. (...) ...

Leia mais
Goleiro Aranha, em sua segunda passagem pela Ponte Preta
Imagem: Ale Cabral/AGIF

Aranha reclama de racismo no futebol: ‘Era trocado pelo concorrente branco’

O ex-goleiro Aranha, com passagens por Ponte Preta, Atlético-MG, Santos e Palmeiras, contou que demorou para ganhar uma chance no futebol profissional por conta do racismo. O ex-jogador revelou que a ideia de que "o goleiro negro não é confiável" impregnada em dirrigentes e treinadores o impediu até de fazer testes. "Cresci com o estigma de que goleiro negro não é confiável, de que não vinga. Os diretores e os treinadores da minha juventude tinham esse princípio como uma verdade. Então, já dificultava para arrumar um teste. Depois que arrumava um teste, sempre demorava muito a avaliação e eu acabava trocado por um concorrente branco. Demorei por isso também", disse o ex-goleiro em entrevista ao canal Craque Neto 10, do YouTube. Aranha ainda disse que o fato de ter começado em times menores - como Palmeirinha (SP) e Ecus (SP) - também foi um empecilho antes de deslanchar na carreira, o que só ...

Leia mais
Osaka comemora título do Austraçlian Open após vitória contra Brady (Foto: ASANKA BRENDON RATNAYAKE / REUTERS)

Osaka conquista Australian Open e chega ao 4º título de Grand Slam

A tenista japonesa Naomi Osaka, 23, confirmou o favoritismo sobre a americana Jennifer Brady, 25, e sagrou-se campeã do Australian Open neste sábado (20), ao vencer a decisão por 2 sets a 0 (6/4 e 6/3). Com autoridade, Osaka dá mais um passo importante como protagonista do tênis na atualidade e também como nome destinado a estabelecer grandes marcas no esporte. A atleta mais bem paga do mundo —a Forbes estimou seus rendimentos em US$ 37,4 milhões, ou R$ 201 milhões, em 2020— e voz de destaque nas causas antirracista e de igualdade de gênero também é um fenômeno em quadra. A japonesa já soma quatro títulos em torneios de Grand Slam, em quatro finais disputadas. Esse foi seu segundo na Austrália (também ganhou em 2019). Além disso, acumula dois troféus do US Open (2018 e 2020). Das 7 conquistas da carreira, 4 foram obtidas nos principais palcos do tênis, ...

Leia mais
Nia Dennis — Foto: Jayne Kamin-Oncea/Getty Images

Ginasta viraliza com tributo à excelência negra e encanta de Simone Biles a Michelle Obama

Quase um ano após viralizar com uma apresentação inspirada em Beyoncé, a ginasta americana Nia Dennis foi mais longe com um verdadeiro tributo à excelência negra durante uma competição universitária nos Estados Unidos. Embalada por Kendrick Lamar, Tupac Shakur, Missy Elliott e, claro, Beyoncé, a empolgante rotina de solo rendeu não apenas 9,95 pontos e a vitória à atleta da UCLA (Universidade da Califórnia), como também recordes de visualizações e uma chuva de elogios nas redes sociais. Even Missy Elliott was loving Nia Dennis's latest viral gymnastics routine. Find out why: https://t.co/[email protected] @ucla @MissyElliott — Olympic Channel (@olympicchannel) January 26, 2021 – Essa rotina definitivamente reflete tudo o que sou hoje como mulher e é claro que tinha que incorporar muitas partes da minha cultura – disse Nia após a apresentação. – Eu queria fazer uma festa, porque essa é a minha personalidade. Cada música é de um grande artista negro. ...

Leia mais
Neymar acompanha de perto a discussão entre o árbitro romeno Ovidiu Hategan e o atacante Demba Ba, do Basaksehir (Reuters)

Ato na Champions une negros e brancos em marco da luta antirracista no futebol

A bola parou de rolar, e os olhares do mundo se voltaram à beira do gramado, onde os jogadores discutiam com os árbitros da partida. Aos poucos, as informações foram sendo divulgadas e tomamos conhecimento de mais um caso de racismo no futebol. Desta vez, porém, foi diferente. No jogo entre PSG e Istanbul Basaksehir, o ato de racismo foi praticado por membro do quadro da arbitragem, algo que não é comum. Aquele que deveria zelar pela aplicação da lei e da ordem cometeu um crime que não passou impune graças à indignação de Demba Ba. Com o início da confusão, a primeira reação do árbitro da partida foi expulsar o atleta do Istanbul, numa atitude comum aos árbitros quando percebem um jogador exaltado. Mas numa atitude errada, afinal estava deixando em campo o agressor e expulsando as vítimas de atitudes racistas. Tudo mudou quando os atletas das duas equipes ...

Leia mais
LeBron James Imagem: Kevin C. Cox/Getty Images/AFP

LeBron diz que chance de jogar com o filho foi o melhor aspecto da extensão com os Lakers

Quatro vezes campeão da NBA, quatro vezes MVP da temporada e quatro vezes MVP das finais, o superastro LeBron James acertou na última quarta-feira, uma extensão contratual de dois anos com o Los Angeles Lakers no valor de US$ 85 milhões (R$ 445 milhões). O que significa que o maior jogador do planeta segue na tradicional franquia californiana pelo menos até a temporada 2022-2023. Nessa segunda-feira, o craque afirmou que a melhor parte do novo contrato não é o dinheiro ou o fato de ter a garantia de que vai estar na NBA por pelo menos 20 temporadas, mas sim a possibilidade de ser agente livre no ano em que seu filho pode ter a chance de se inscrever no Draft da NBA. - A melhor coisa disso é que o ano em que serei um agente livre (2023) será no mesmo ano em que meu filho mais velho se ...

Leia mais
Kehinde Andrews, professor da Birmingham City University - Birmingham City University

Se Hamilton não fosse negro, seria muito mais popular, diz professor britânico

Perto de confirmar seu heptacampeonato mundial na F-1, o que pode acontecer no domingo (15), o inglês Lewis Hamilton, 35, teve um 2020 muito marcado também pelo que fez fora das pistas. Neste ano, ele se consolidou como uma das principais vozes ativistas entre os atletas por suas declarações, protestos que liderou antes dos GPs e ao ir às ruas em manifestações do movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam) que eclodiram mundialmente às vésperas do início da temporada da F-1. Na opinião de Kehinde Andrews, professor de Estudos Negros da Birmingham City University, o ativismo que o faz ser tão admirado globalmente também limita seu reconhecimento entre os próprios britânicos. "Há uma grande parte da população que não gosta quando você é “negro demais” e se posiciona. Hamilton poderia ter se posicionado menos para ser mais popular, mas, dando crédito a ele, decidiu ser firme", afirma Andrews em entrevista ...

Leia mais
Os vídeos de KSI no Youtube foram assistidos mais de cinco bilhões de vezes (Foto: KSI / YOUTUBE)

KSI, o estudante que passou a ganhar mais que seus professores jogando Fifa

KSI administra um império de mídia em seu quarto. Como sabem os 20 milhões de assinantes de seu principal canal no YouTube, o quarto é um cubículo branco simples e humilde, em algum lugar no centro de Londres. O chão costuma estar cheio de roupas, tigelas de cereal e embalagens. As persianas estão quase sempre fechadas. As únicas pistas de sua riqueza são uma camisa de Pelé emoldurada na parede e, desde junho deste ano, um disco de prata, em reconhecimento à sua crescente carreira musical. Mas foi neste quarto que ele se tornou uma das maiores estrelas da internet. É onde ele se filma jogando videogame, reagindo a memes e cantando rap. E é onde, nos últimos 12 anos, ele acumulou uma fortuna de 12 milhões de libras (R$ 89 milhões). O nome verdadeiro de KSI é Olajide Olayinka Williams Olatunji, embora seus amigos o chamem de JJ. Ele ...

Leia mais
Lewis Hamilton (Pool/Getty Images)

O maior vencedor da história

Lewis Hamilton virou tudo o que um piloto de Fórmula 1 "deveria ser" ao avesso. E também está redefinindo o livro de recordes da categoria. Em um mundo em que pautas de sustentabilidade ganham espaço em detrimento de corridas de carros, ele, um piloto de F1, consegue um lugar entre as personalidades mais influentes do mundo, segundo a lista da revista norte-americana Time. Se dos anos 70 para os 90, a categoria viu a transformação do culto 'bon vivant', garanhão, que aceitava correr riscos mesmo que isso significasse morrer na pista, o inglês é o avesso de tudo isso. E acaba de se tornar o maior vencedor da história da categoria. Aos 35 anos, Hamilton chega à vitória de número 92 na carreira e está muito perto de conquistar seu sétimo título mundial — igualando-se a Michael Schumacher — sem ter protagonizado grandes episódios que coloquem sua índole sob judice. ...

Leia mais
LeBron James, do Los Angeles Lakers, contra o Portland Trail Blazers no quinto jogo da série nos playoffs da NBA-2020
Imagem: Kevin C. Cox/Getty Images/AFP

LeBron James bate recorde e é selecionado para time da NBA pela 16ª vez

O astro LeBron James estabeleceu uma nova marca na NBA. O jogador foi selecionado para a equipe da temporada da competição pela 16ª vez, superando Kareem Abdul-Jabbar, Kobe Bryant e Tim Duncan, todos com 15 eleições. Ao todo, LeBron soma 13 seleções para o primeiro time, duas para o segundo e uma para o terceiro. No primeiro time da temporada 2019/2020, LeBron foi eleito de forma unânime, assim como Giannis Antetokounmpo, do Milwaukee Bucks. James Harden (Houston Rockets), Anthony Davis (Lakers), Luka Doncic (Dallas Mavericks) completam o quinteto. LeBron James earns his NBA RECORD 16th All-NBA Team [email protected] passes 15-time All-NBA Team selections Kareem Abdul-Jabbar, Kobe Bryant and Tim Duncan. pic.twitter.com/WPyLXq7gFD — NBA (@NBA) September 16, 2020 O segundo time conta com: Kawhi Leonard (Los Angeles Clippers), Nikola Jokic (Denver Nuggets), Damian Lillard (Portland Blazers), Chris Paul (Oklahoma City Thunder) e Pascal Siakan (Toronto Raptors).   Ver essa foto no ...

Leia mais
Página 1 de 7 1 2 7

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

No Content Available

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist